Accessibility / Report Error

Os polimorfismos de genes associados ao perfil de ácidos graxos de ovinos

C. Esteves K.G. Livramento L.V. Paiva A.P. Peconick I.F.F. Garcia C.A.P. Garbossa P.B. Faria Sobre os autores

RESUMO

O presente estudo teve o objetivo de avaliar a ocorrência de polimorfismos nos genes Diacilglicerol aciltransferase (DGTA1 e 2), Ácido graxo sintase (FASN), Estearoil-CoA dessaturase (SCD) e o Domínio da tioesterase do gene FASN (TE-FASN), que possam estar relacionados ao perfil lipídico. No experimento, foram utilizados um total de 84 ovinos de diferentes grupos genéticos. Para avaliação do polimorfismo dos genes, foi utilizada a técnica de polimorfismo de conformação de cadeia simples (PCR-SSCP) e posterior sequenciamento. No gene DGAT-2, foram identificados quatro genótipos com a presença de seis polimorfismos, com dois (c.229T>C; c.255T>C) que resultaram na troca da fenilalanina por leucina. No gene FASN, foram identificados dois genótipos. No gene TE-FASN, foram identificados três genótipos e 17 polimorfismos. Os genes DGAT-1 e SCD não revelaram a ocorrência de polimorfismo. Houve diferença em relação aos ácidos graxos C14:0, C18:0 e ∆9-desaturaseC18 para o gene DGAT-2 e de C18:2ω6t para TE-FASN. Houve diferença entre os grupos genéticos para C10:0, C12:0, C17:0, C18:2ω6t, C18:3ω3, C20:2, total de ω3, ω3/ω6 e índice de aterogenicidade. Há ocorrência de polimorfismo dos genes DGAT-2 e TE-FASN, e estes devem ser mais estudados em ovinos, pois revelaram influência dos genótipos sobre o perfil de ácidos graxos.

Palavras-chave:
diacilglicerol aciltransferase; ácido graxo sintase; estearoil-CoA dessaturase

Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br