Infecção toxoplásmica causa hipertrofia da parede do cólon de frangos

Toxoplasmic infecction causes hipertrophy of the chicken colon wall

C.F. Braga A.V. Silva D.M.G. Sant'Ana E.J.A. Araújo Sobre os autores

Estudaram-se os efeitos da infecção toxoplásmica sobre a morfometria da parede intestinal, a distribuição de fibras colágenas e a dinâmica de mucinas secretadas no cólon de frangos. Foram utilizados 16 frangos machos de linhagem comercial, com 26 dias de idade. As aves foram distribuídas, aleatoriamente, em três grupos (G). As do G1 não receberam inóculo e se caracterizaram como grupo-controle; nas do G2, foram inoculados cistos teciduais da cepa ME49 de Toxoplasma gondii; e nos G3, oocistos da cepa M7741 de T. gondii. Após 60 dias da inoculação, os animais foram sacrificados para coleta do cólon, o qual foi submetido à rotina de processamento histológico. Em G2 e G3, observou-se hipertrofia da parede do cólon, contudo não houve alteração na proporção do número de células caliciformes e de enterócitos presentes no epitélio intestinal.

aves; toxoplasmose; intestino grosso


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br
Accessibility / Report Error