Estudo normativo e avaliação da influência da idade no potencial evocado auditivo em cães sem raça definida

Normative study and evaluation of age influence on Brainstem auditory evoked potentials in mixed breed dogs

O objetivo deste trabalho foi realizar estudo normativo dos potenciais evocados auditivos obtidos de 34 cães sem raça definida e avaliar a influência da idade nos resultados obtidos. Os animais foram divididos em dois grupos de diferentes faixas etárias e o potencial evocado auditivo foi realizado com um estímulo de 85dB. O grupo 1 incluiu 16 cães com idades entre um e oito anos e o grupo 2, 18 animais com idades acima de oito anos. O comprimento e o diâmetro da cabeça foram mensurados e não houve diferença estatística entre os dois grupos. No grupo 1, as médias das latências das ondas I, III e V foram: 1,13; 2,64 e 3,45ms; e dos intervalos I-III, III-V e I-V foram 1,51; 0,81 e 2,32ms, respectivamente. No grupo 2, as médias das latências das ondas I, III e V foram 1,15; 2,62 e 3,55ms; e dos intervalos I-III, III-V e I-V foram 1,47; 0,93 e 2,40ms, respectivamente. As latências observadas neste estudo foram semelhantes a estudos prévios realizados por outros autores. Nos grupos etários analisados e nas condições preestabelecidas deste estudo, a idade influenciou a latência da onda V e, consequentemente, modificou os intervalos III-V e I-V, portanto deve-se considerar essa variante na interpretação dos resultados do BAEP em cães.

potencial evocado auditivo; idade; cães


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br