Accessibility / Report Error

Controle biológico de tricostrongilídeos (Nematoda: Trichostrongyloidea) gastrintestinais de bovinos pelo fungo Monacrosporium sinense

Biological control of gastrointestinal trichostrongylids (Nematoda: Trichostrongyloidea) of cattle by pellets of Monacrosporium sinense

Avaliou-se a resistência do fungo nematófago Monacrosporium sinense (isolado SF 470) em passar pelo trato gastrintestinal de bovinos e testou-se sua capacidade predatória sobre larvas infectantes de tricostrongilídeos após a passagem. Cem gramas de péletes formulados em matriz de alginato de sódio do isolado fúngico de M. sinense foram administrados, por via oral (VO), a dois bezerros mestiços holandês×zebu de seis meses de idade. Para o controle utilizaram-se dois outros animais, de igual padrão, aos quais foram administrados 100g de péletes, VO, livre do isolado fúngico. Amostras fecais, coletadas nos tempos de 12h, 18h, 24h, 48h, 72h e 96h após os tratamentos, foram acondicionadas em placas de Petri e em coproculturas a 25ºC por 15 dias. Houve redução (P<0,05) no número de larvas infectantes de Cooperia spp. e Haemonchus spp. nos animais tratados em relação ao grupo-controle. A diferença ao final do experimento foi de 69,9% nas placas e 61,3% nas coproculturas. O fungo M. sinense demonstrou ser efetivo no controle de larvas infectantes de Cooperia spp e Haemonchus spp em condições de laboratório.

controle biológico; fungo nematófago; Monacrosporium sinense; Cooperia spp.; Haemonchus spp


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@gmail.com