Tratamento hipofracionado de radioterapia em felinos portadores de carcinoma epidermóide facial

Hypofractionated radiation therapy for the treatment of feline facial squamous cell carcinoma

Avaliou-se a eficácia do protocolo radioterápico hipofracionado no tratamento de felinos portadores de carcinoma epidermóide facial. Um protocolo hipofracionado de radioterapia foi aplicado em cinco gatos portadores de um ou mais carcinomas epidermóides faciais, em um total de 10 lesões neoplásicas, confirmadas por meio de análise histológica. Duas lesões foram classificadas como T1, quatro como T2, duas como T3 e duas como T4. Os animais foram submetidos a quatro frações radioterápicas de 7,6 a 10gy, com intervalo de uma semana entre elas, utilizando-se um acelerador linear com feixe de elétrons. O acompanhamento dos animais foi realizado semanalmente durante o tratamento e aos 30 e 60 dias após o término da radioterapia. Neste estudo, 40% das lesões resultaram em remissão completa, 40% em remissão parcial e 20% não apresentaram resposta ao tratamento. A taxa de resposta encontrada nessa pesquisa foi baixa, porém o protocolo de hipofracionamento radioterápico foi seguro para gatos com carcinoma epidermóide facial e resultou em efeitos colaterais leves/moderados

gato; radioterapia; hipofracionamento; carcinoma epidermóide


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br