Análise econômica da suplementação protéico-energética de novilhos durante o período de transição entre água-seca

Economic analysis of protein and energy supplementation of steers during the transition period between the rainy and dry seasons

F.A. Barbosa D.S. Graça P.H.S. Guimarães F.V. Silva Júnior Sobre os autores

Avaliou-se economicamente o efeito da suplementação protéico-energética em dois níveis de ingestão diária, 0,17% e 0,37% do peso vivo, sobre o desempenho de novilhos, em pastagens de Brachiaria brizantha cv. Marandu utilizando-se 14 animais por tratamento. Os tratamentos foram: SM - suplementação mineral (controle), SUP1 - suplementação protéico-energética com média de ingestão diária de 0,17% do peso vivo e SUP2 - suplementação protéico-energética com média de ingestão diária de 0,37% do peso vivo. Novilhos que receberam a suplementação protéico-energética SUP1 e SUP2 apresentaram maiores ganhos de peso, 0,655 e 0,746kg/animal/dia, respectivamente em relação aos que receberam apenas suplementação mineral, 0,535kg/animal/dia. Os maiores lucros operacionais, observados para os animais dos tratamentos SUP1 e SUP2. 67,12 e 72,08 R$/animal/período, respectivamente, em relação aos do tratamento controle, 66,67 R$/animal/período; os resíduos para remuneração foram de R$59,92, R$55,10 e R$54,85/animal/período, para novilhos que receberam SUP2, SUP1 e SM, respectivamente e sugerem que a suplementação protéico-energética possibilitou maior retorno econômico.

novilho; desempenho; custo; lucro; pasto


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br