Cistectomia parcial e uretroneocistostomia bilateral para ressecção de carcinoma invasivo de células de transição envolvendo área trigonal de bexiga em cão - relato de caso

J.O. Ribeiro M.C.N. Wittmaack P.R.S. Gomide G.L. Montanhim G. Sembenelli M.G.P.A. Ferreira P.D. Cosentino A.B. de Nardi P.C. Moraes Sobre os autores

RESUMO

Esse estudo tem como objetivo relatar a técnica de cistectomia parcial e reimplantação uretral bilateral para ressecção de carcinoma de células de transição em região trigonal de bexiga e seguimento clínico de cão da raça Bernesse Mountain. A técnica cirúrgica proposta foi considerada viável e opção potencial de tratamento com benefícios na prevenção de obstrução de trato uretral devido a crescimento neoplásico e remoção local de tumor primário que pode limitar ou retardar a disseminação da doença mesmo sem quimioterapia adjuvante. A principal desvantagem relatada em relação à técnica descrita são constrição uretral, cistite intermitente, e relapso local. No entanto, os resultados são aceitáveis levando em consideração a sobrevida a longo prazo de 610 no caso descrito.

Palavras chave:
bexiga urinária; reimplantação ureteral; carcinoma urotelial

Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br
Accessibility / Report Error