Accessibility / Report Error

Efeito da prenhez e correlação do peso e frequência cardíaca com os parâmetros eletrocardiográficos de equinos Mini-horse

RESUMO

Existem estudos sobre eletrocardiograma (ECG) em diversas raças de equinos, o que ressalta a crescente relevância da cardiologia nessa espécie. Porém, poucos autores abordaram a influência da gestação na fisiologia cardíaca da égua, e, especificamente, não há trabalhos sobre a raça Mini-horse, assim como não há correlação do peso vivo (PV) e frequência cardíaca (FC) com os parâmetros eletrocardiográficos nessa raça. O objetivo deste estudo foi estudar a influência da prenhez sobre os parâmetros eletrocardiográficos, além de verificar a correlação do PV e FC com essas variáveis. Utilizaram-se 203 animais dessa raça, hígidos, sendo 143 fêmeas (66 prenhes) e 60 machos. Os exames eletrocardiográficos foram realizados por eletrocardiograma computadorizado (TEB), e os parâmetros foram avaliados em seis derivações do plano frontal (I, II, III, aVR, aVL e aVF) e base-ápice. O PV foi inversamente proporcional à FC, que também mostrou relação inversa com a duração da onda P e os intervalos PR e QT. Na derivação II, a amplitude da onda P foi maior nos animais prenhes do que vazios. No entanto, sugere-se que a influência do estado reprodutivo seja estudada de forma progressiva pelo acompanhamento de todo o período gestacional, visto que as 66 éguas estudadas se apresentavam no terço inicial da prenhez, portanto poucas diferenças foram observadas entre animais prenhes e vazios.

Palavras-chaves:
equinos; cardiologia; frequência cardíaca; gestação; peso corporal

Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@gmail.com