Detecção molecular de Neospora caninum em macaco-da-noite (Aotus azarae) de vida livre no estado do Mato Grosso: relato de caso

Molecular detection of Neospora caninum in azara’s night monkey (Aotus azarae) of wildlife in the state of Mato Grosso: Case report

T.L.C. Costa G.A. Iglesias J.M.A. Rosa H.J. Bento L.A.S. Rondelli F. Furlan T.O. Morgado V. Dutra S.H.R. Corrêa Sobre os autores

RESUMO

Estudos indicam, por meio de infecção experimental, que primatas não humanos são susceptíveis à infecção por Neospora caninum. Relata-se um caso de um macaco-da-noite (Aotus azarae infulatus), que apresentou sinais inespecíficos e não respondeu à terapêutica clínica de suporte, evoluindo a óbito, encaminhado em seguida para exame anatomopatológico. Amostras de tecidos foram coletadas e processadas rotineiramente para confecção de lâminas histológicas. Microscopicamente, a principal lesão foi observada no coração e consistia em miocardite necrótica multifocal por protozoário, com a presença de estruturas compatíveis com o estágio de taquizoítos de protozoários dos gêneros Neospora sp. ou Toxoplasma sp. No sistema nervoso central, predominantemente no tronco encefálico, havia estruturas semelhantes às descritas no coração. Os resultados da reação em cadeia pela polimerase (PCR) foram positivos para N. caninum e negativos para Toxoplasma gondii, usando DNA extraído do sangue e dos tecidos. Este relato de caso fornece evidências histológicas e moleculares de que o primata em questão foi susceptível a uma infecção natural, porém estudos devem ser realizados para investigar o real papel dos primatas no ciclo de vida de N. caninum.

Palavras-chave:
primatas; sarcocystidae; biologia molecular; neosporose

Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br