Alterações histopatológicas da glândula mamária e qualidade do leite de cabras naturalmente infectadas com o CAEV

Histopathological changes in the mammary gland and milk quality of goats naturally infected with CAEV

R.Q. Bezerra Júnior M.F.S. Teixeira G.R. Martins M.R. Abrantes R.P. Dias T.D.F. Aguiar L.A.O. Alves C.A.F. Lopes Júnior J.B.A. Silva J.S.A.M. Evangelista M.G.F. Salles Sobre os autores

Avaliou-se a influência do vírus da CAE nas características físico-químicas de amostras de leite de 54 cabras, sem predileção racial, distribuindo-as em dois grupos: cabras positivas e negativas para o teste de imunodifusão em gel de agarose. As amostras de leite foram submetidas à análise ultrassônica para obtenção de parâmetros físico-químicos - gordura, extrato seco, proteínas, lactose e densidade; realização de microbiologia - bactérias mesófilas (UCF/mL). Foram coletadas amostras de tecido mamário para exame histopatológico e imunohistoquímica. Não houve diferença significativa das características avaliadas entre os dois grupos; no microbiológico, não houve relação direta da presença de mesófilas associada à infecção pelo CAEV. Na histopatologia, observaram-se áreas com infiltração celular de monócitos, polimorfonucleares, plasmócitos, fibrose, ausência de morfologia normal do parênquima mamário, denotando processo inflamatório crônico; e foi confirmada a presença do vírus na glândula pela imunohistoquímica. Os resultados não mostraram relação direta da incidência da CAE como fator negativo no desenvolvimento do rebanho.

CAE; lentivírus; análise físico-química; leite


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br