Accessibility / Report Error

Marcadores prognósticos na piometra canina

A piometra é doença que acomete as fêmeas da espécie canina de meia-idade a idosa durante o diestro. Aspectos hormonais, microbiológicos, hematológicos e bioquímicos são bem descritos. Entretanto, são poucos os estudos que avaliam o papel de cada um desses no prognóstico da piometra canina. O objetivo deste estudo foi identificar marcadores associados ao agravamento clínico de cadelas com piometra. Foram avaliadas prospectivamente 80 cadelas com piometra tratadas cirurgicamente. O grupo 1 foi composto por cadelas que receberam alta até 48 horas de pós-operatório, e o grupo 2 por aquelas que necessitaram de internamento prolongado ou morreram. Os achados hematológicos, bioquímicos e os níveis do lactato sanguíneo foram comparados entre os grupos, e variáveis como multirresistência bacteriana, síndrome da resposta inflamatória sistêmica (SIRS), hiperlactatemia e aumento da creatinina foram analisadas por meio da dispersão de frequências entre os grupos. Entre as variáveis estudadas, a presença de SIRS e a elevação da creatinina sérica >2,5mg/mL foram eficazes em predizer o agravamento da doença e podem ser utilizadas como marcadores prognósticos da piometra canina.

cadela; hiperplasia endometrial; SIRS; multirresistência bacteriana; hiperlactatemia


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@gmail.com