Libido de touros Nelore: efeito da proporção touro: vaca sobre a taxa de gestação

Libido of Nellore bulls: effect of bull:cow ratio on pregnancy rate

Estudou-se a influência da libido de touros sobre as taxas de gestação de vacas aos 30, 60 e 90 dias de estação de monta, e avaliaram-se as correlações entre concentração de testosterona, qualidade seminal e libido. Foram selecionados 12 touros (exame andrológico e teste da libido), distribuídos nos tratamentos: T1 e T2, três com libido baixa e três com libido alta, respectivamente, na proporção touro:vaca de 1:75, e T3 e T4, três com libido baixa e três com libido alta, respectivamente, na proporção de 1:100. Não houve diferença entre touros quanto à concentração de testosterona no soro. Touros com alta libido na proporção 1:75 proporcionaram maior taxa de gestação aos 60 e 90 dias (90,6 e 94,6%, respectivamente) da estação de monta em relação aos de libido baixa na mesma proporção (80,0 e 86,2%, respectivamente). A libido dos touros na proporção 1:100 não influenciou a taxa de gestação. Não se observou efeito da proporção touro:vaca sobre a taxa de gestação e não se observou correlação entre libido, qualidade seminal, circunferência escrotal e concentração sérica de testosterona.

bovino; comportamento sexual; fertilidade; testosterona; zebu


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br