Farelo de licuri em dietas para alevinos de tambaqui (Colossoma Macropomum, Cuvier, 1818)

Licuri meal in diets for tambaqui (Colossoma Macropomum, Cuvier, 1818)

D.F.B. Campeche J.F.B. Melo L. Balzana R.C. Souza R.A.C.R. Figueiredo Sobre os autores

A busca de alimentos alternativos para a fabricação de ração para peixes tem se tornado constante. No entanto, é essencial que, além de ter ótimo aproveitamento pela espécie, este alimento esteja disponível ao longo do ano. Deste modo, o objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito da substituição do farelo de milho pelo farelo de licuri sobre o desempenho de alevinos de tambaqui. Três tratamentos de níveis de substituição de milho pelo farelo de licuri (33,33%; 66,66% e 100%) foram avaliados e comprados com a dieta controle. Os alevinos, com peso inicial médio de 3,18±0,5g, foram distribuídos em caixas de água de 250L, contendo cada uma, inicialmente, 16 animais. Os alevinos foram alimentados três vezes ao dia, a uma taxa de 5% da biomassa total, durante o período de 50 dias. A cada 10 dias eram realizadas biometrias. Ao final do experimento, foram avaliados parâmetros de desempenho zootécnico e foi feita avaliação bromatológica da carcaça. Não houve diferença significativa entre os tratamentos, para os parâmetros: peso final, ganho de peso, conversão alimentar, eficiência alimentar, sobrevivência e crescimento, somente para o consumo de ração, que foi significativamente menor quando houve 100% de substituição. Neste tratamento também houve maior porcentagem de proteína bruta e menor teor de extrato etéreo na carcaça.

substituição; milho; nutrição; carcaça; crescimento


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br