Comportamento ingestivo de cordeiros em confinamento, alimentados com dieta exclusiva de concentrado com diferentes porcentagens de proteína

Ingestive behavior of feedlot lambs feed with exclusive diet of concentrate with different percentages of protein

O experimento foi realizado com o objetivo de avaliar o comportamento ingestivo de cordeiros em confinamento, alimentados com dieta exclusiva de concentrado com diferentes porcentagens de proteína (14, 16, 18 e 20%). Foram utilizados 24 cordeiros mestiços da raça Santa Inês, não castrados, com aproximadamente 180 dias de idade, peso vivo médio de 25kg, confinados, num delineamento experimental inteiramente ao acaso, com quatro tratamentos e seis repetições. O tempo despendido na atividade de alimentação decresceu linearmente em 0,20 hora/dia para cada 1% de aumento na porcentagem de proteína na dieta; o de ócio aumentou linearmente em 0,25 hora/dia; e o de mastigação total reduziu linearmente em 0,25 hora/dia. A elevação da porcentagem de proteína na dieta elevou linearmente a eficiência de alimentação (kg MS e FDN/hora), em 0,038 e 0,005kg/hora, respectivamente, para as frações MS e FDN. Contudo, os consumos de matéria seca (MS) e fibra em detergente neutro (FDN), a eficiência de ruminação (kg MS e FDN/hora), assim como o período (nº/dia) e o tempo (min) gasto por período de alimentação, ruminação e ócio não foram influenciados pelas diferentes porcentagens de proteína na dieta.

ovelha; alimentação; etologia; ruminação; ócio


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br