Efeitos do polietilenoglicol 3350 e de soluções acidificantes e alcalinizantes sobre o perfil bioquímico de éguas hígidas

Effects of polyethylene glycol 3350 and alkalizing and acidifying solutions on the biochemical profile of healthy mares

Avaliou-se o perfil bioquímico de cinco éguas hígidas tratadas com polietilenoglicol 3350 (PEG); ou com polietilenoglicol 3350+Ringer lactato (PEG+RL); ou com solução isotônica poliônica enteral (SIPE); ou com solução isotônica poliônica enteral associada ao Ringer lactato intravenoso (SIPE+RL); ou com solução de cloreto de sódio a 0,9% (NaCl 0,9%). Os parâmetros avaliados foram: sódio, cloreto, potássio, cálcio ionizado, fósforo, magnésio total, proteínas totais, albumina, creatinina, ureia e osmolaridade calculada no soro de sangue venoso. O tratamento PEG não alterou os parâmetros bioquímicos. O PEG+RL diminuiu o fósforo. O SIPE diminuiu o fósforo e aumentou o cloreto. O SIPE+RL aumentou o sódio, e o NaCl 0,9% ocasionou o aumento do cloreto e a redução da osmolaridade sérica. Concluiu-se que o tratamento PEG associado ao Ringer lactato pode provocar o aparecimento de hipofosfatemia, o SIPE ocasiona hipercloremia, o NaCl 0,9% diminui a osmolaridade sérica e o SIPE+RL provoca hipernatremia.

equino; bioquímica; polietilenoglicol; soluções


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br