Estudo da sensibilização de cães com dermatite atópica na região central do Rio Grande do Sul

D.T. Pereira V.E.S. Cunha C. Schmidt T. Magnus A. Krause Sobre os autores

RESUMO

A dermatite atópica canina (DAC) é uma dermatose comum, definida como doença de cunho genético que predispõe à inflamação e ao prurido cutâneo, associados à resposta IgE específica na maior parte dos casos. O diagnóstico da DAC é clínico e pode ser posteriormente complementado por testes alérgicos cutâneos e/ou sorológicos. O objetivo desses testes é identificar possíveis alérgenos e, com isso, possibilitar ao clínico a seleção de antígenos candidatos para a imunoterapia alérgeno-específica. No presente estudo, foram testados 58 animais diagnosticados para DAC. Todos os animais foram submetidos ao teste cutâneo intradérmico (TID), e amostras de sangue foram coletadas para a realização de testes sorológicos. Os resultados obtidos demonstraram elevada prevalência de sensibilização aos ácaros domiciliares e ao pólen da gramínea C. dactylon nos cães testados. Com este trabalho, foi possível identificar os principais alérgenos envolvidos na resposta imunológica de cães atópicos residentes na região central do Rio Grande do Sul.

teste intradérmico; teste sorológico; ácaros da poeira domiciliar; ácaros de produtos armazenados; Cynodon dactylon

Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br