Cistotomia laparoscópica na remoção de urólitos em cães: relato de três casos

Descreve-se a remoção de cálculos vesicais por cirurgia laparoscópica em três cães utilizando-se três portais (dois de 10mm e um de 5mm) dispostos na linha média ventral e nas paredes abdominais direita e esquerda. Após a remoção das litíases, realizou-se sutura intracorpórea da parede vesical, em padrão contínuo simples, abrangendo as quatro camadas do órgão e em Lembert contínuo ou interrompido, incorporando a serosa e a muscular. Não houve complicações pós-operatórias. Um dos pacientes apresentou recidiva da doença, condição atribuída ao manejo dietético deficiente no pós-operatório. Esse paciente foi novamente submetido à cistotomia laparoscópica similar sem a ocorrência de complicações. A técnica proposta foi adequada e pode ser utilizada como alternativa para cistotomia por celiotomia no tratamento de litíases vesicais em cães.

cão; laparoscopia; endocirurgia; cirurgia minimamente invasiva; bexiga


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br