Accessibility / Report Error

Comportamento ingestivo de ovinos confinados alimentados com diferentes fontes de concentrado

A.H.H. Minervino C.M. Kaminishikawahara F.B. Soares C.A.S.C. Araújo L.F. Reis F.A.M.L. Rodrigues T.A.F. Vechiato R.N.F. Ferreira R.A. Barrêto-Júnior C.S. Mori E.L. Ortolani Sobre os autores

No presente estudo, avaliaram-se os efeitos da alimentação de diferentes concentrados sobre o comportamento de ovinos. A hipótese é a de que a polpa cítrica estimularia a ruminação e reduziria o risco de ocorrência de urolitíase, podendo substituir outros concentrados. Dez ovinos adultos, mestiços da raça Santa Inês, foram distribuídos em um quadrado latino com cinco tratamentos, sendo quatro destes contendo dietas com 30% de feno de capim coast-cross e 70% dos seguintes concentrados: polpa cítrica peletizada, polpa cítrica farelada, fubá de milho e farelo de trigo, e uma dieta controle com 80% de feno e 20% de ração comercial peletizada. Após 21 dias de adaptação, a cada dieta os animais foram colocados em monitoramento visual, com registro de atividade a cada três minutos, durante 24 horas consecutivas, por meio do qual foi identificado o tempo gasto na ruminação, na ingestão de alimentos e em repouso. A posição dos animais (em pé ou deitados) também foi observada. O período diurno foi considerado entre seis e 18 horas. Para comparação entre os tratamentos, os dados foram avaliados por meio de ANOVA e do teste de Tukey. Para a avaliação circadiana e entre as posições, foi utilizado o teste t de Student. Dietas com polpa cítrica promoveram tempo de ruminação semelhante aos do grupo de controle (601, 590 e 669 min, respectivamente), mas superior ao grupo alimentado com fubá de milho (421min). A produção de saliva estimada no grupo controle (26L/d) foi maior do que nos demais grupos, e os grupos com polpa cítrica tiveram maior produção de saliva do que o grupo com fubá de milho (21L/d). Ovinos em dietas ricas em concentrados descansam mais durante a noite. Em todas as dietas, cerca de 90% da ruminação ocorreu com os animais deitados. A polpa cítrica peletizada e a farelada, e em menor grau o farelo de trigo, promoveram adequadamente a ruminação. Este concentrado pode ser utilizado como medida preventiva visando diminuir a incidência de urolitíase em rebanhos ovinos.

comportamento alimentar; polpa cítrica; ruminação; urolitíase; fubá de milho


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br