Níveis decrescentes de proteína em dietas suplementadas com complexo enzimático para coelhos em crescimento. 1. Desempenho produtivo

Decreasing levels of protein in diets supplemented with enzmatic complex for growing rabbits. 1. Productive performance

J.C.C.A. Dias W.M. Ferreira G.S. Santiago S.S. Valente F.A.P. Colares Sobre os autores

Estudou-se o efeito da redução do nível protéico da dieta, com e sem suplementação enzimática, sobre o desempenho produtivo de coelhos em crescimento. Em um delineamento inteiramente ao acaso, utilizaram-se 54 coelhos da raça Nova Zelândia Branco, de ambos os sexos, desmamados aos 35 dias de idade e divididos em cinco grupos (tratamentos), quatro de 11 e um de 10 coelhos. Os tratamentos constituíram-se de dietas calculadas como isoenergéticas e isoaminoacídicas com 17, 16, 15 e 14% de proteína bruta (PB), suplementadas com 0,05% de um complexo enzimático comercial (Vegpro<FONT FACE="Symbol">Ò</FONT> ), com atividade de protease e de celulase, e uma dieta controle com 17% de PB sem adição de complexo enzimático. Os animais submetidos aos tratamentos com 14 e 15% PB apresentaram melhores resultados no ensaio de crescimento, observando-se influência significativa (P<0,05) do teor de PB sobre o peso vivo final, peso vivo final metabólico, ganho de peso diário, consumo diário de dieta, consumo diário de proteína bruta e conversão alimentar. A redução do nível de proteína bruta da dieta para 14% com suplementação enzimática e corrigida quanto aos aminoácidos mais limitantes para os teores recomendados pela literatura não influenciou negativamente as características estudadas.

Coelho; dieta; proteína; enzima; ganho de peso


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br