Avaliação do tratamento com isoniazida em bovinos infectados naturalmente pelo Mycobacterium bovis

Evaluation of the treatment with isoniazid carried out in bovines naturally infected with Mycobacterium bovis

P.M.P.C. Mota P.M.C. Motta F.C.F. Lobato A.P. Lage A.C.C.L. Ribeiro R.C. Leite Sobre os autores

Foi adotado o tratamento intermitente da tuberculose com isoniazida em 240 bovinos de um rebanho naturalmente infectado pelo M. bovis. No início do tratamento 36,6% dos animais foram reagentes positivos e 2,9% inconclusivos. Todos os animais do rebanho receberam isoniazida por via oral em doses de 25mg/kg de peso vivo, administrada três vezes por semana, às segundas, quartas e sextas-feiras, durante 10 meses, perfazendo 120 doses. A cura de 98,9% dos animais tratados foi verificada por meio da dessensibilização alérgica realizada pela tuberculinização e controle bacteriológico de 39 animais abatidos. O tratamento neste rebanho não resultou em seleção de cepas resistentes a isoniazida, comprovada pelo teste de sensibilidade a essa droga, realizado em cultura de M. bovis isolada de um animal não curado.

bovino; tuberculose; tratamento intermitente; isoniazida


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br