Suplementação de vacas leiteiras com Saccharomyces cerevisiae cepa KA500

Supplementation of dairy cows with Saccharomyces cerevisiae strain KA500

B.M.L. Oliveira L.L. Bitencourt J.R.M. Silva G.S. Dias Júnior I.C.C. Branco R.A.N. Pereira M.N. Pereira Sobre os autores

Avaliaram-se o desempenho e a eficiência digestiva de vacas leiteiras suplementadas com levedura viva, cepa KA500. Vinte vacas da raça Holandesa formaram 10 blocos de dois animais com base na produção diária de leite e foram aleatoriamente alocadas em uma sequência de dois tratamentos, em delineamento de reversão simples, com períodos de 28 dias e mensurações na quarta semana. Os tratamentos foram: 10g de levedura (2x10(10)ufc/g) ou controle. A composição das dietas foi (% da MS): silagem de milho (45,0), feno de tifton (4,1) e concentrado à base de milho, polpa cítrica e farelo de soja (50,9). O consumo de matéria seca foi de 21,3kg com levedura e de 21,8kg no controle (P=0,01), e a produção de leite de 29,6 e 29,3kg, respectivamente (P=0,45). A produção de leite por unidade de consumo foi de 1,37 com levedura e de 1,32 no controle (P=0,05). A suplementação de levedura reduziu a contagem de células somáticas do leite (P=0,02). Não houve efeito da suplementação sobre as variáveis que descreveram a função ruminal ou a digestibilidade dos nutrientes no trato digestivo total. A suplementação com levedura aumentou a eficiência alimentar e reduziu a contagem de células somáticas do leite.

vaca de leite; células somáticas do leite; digestibilidade; eficiência alimentar; levedura


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br