Accessibility / Report Error

Ocorrência de Orthoreovirus, Rotavirus e vírus da anemia das galinhas em frangos de corte da indústria avícola de Minas Gerais

Avaliou-se a ocorrência de Orthoreovirus (ARV) e Rotavirus (AvRV) aviários na avicultura industrial de Minas Gerais. Foram colhidas cinquenta e quatro amostras de fezes de frangos de corte entre um e 45 dias e de frangas de postura de 10 a 13 semanas de idade. Para análise de ARV, o RNA foi imediatamente extraído (Trizol), transcrito em cDNA e avaliado em uma PCR com oligonucleotídeos iniciadores específicos para ARV. Para a investigação de AvRV, os extratos de RNA foram obtidos por fenol-clorofórmio e submetidos à eletroforese em gel de poliacrilamida. Todas as amostras foram também avaliadas para o DNA do vírus da anemia das galinhas (CAV) em uma nested-PCR específica. Em frangos de corte, a positividade encontrada para ARV foi de 5,55% e para AvRV de 9,25%. CAV foi detectado em coinfecção em um plantel com refugagem, claudicação e prostração. Nenhuma amostra de poedeiras foi positiva para ARV ou AvRV. Material de plantel com sinais clínicos foi purificado e inoculado em ovos SPF embrionados, sendo obtidas lesões hemorrágicas e focos brancos na membrana cório-alantóide. O sequenciamento dos produtos de PCR e de embrião agrupou os isolados de ARV com a estirpe S1133, historicamente usada como vacina viva. Os resultados sugerem a continuada circulação da infecção por estirpes assemelhadas a ARV S1133 nas regiões de avicultura industrial. Os índices de detecção de ARV, AvRV e CAV indicam que a intensificação nas regiões produtoras tem resultado em falhas de biosseguridade.

Frango de corte; poedeira; reovirus; rotavirus; vírus da anemia das galinhas; nested-PCR; PAGE


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@gmail.com