Avaliação histomorfológica da região coronária digital em diferentes fases de desenvolvimento fetal de bovinos da raça Holandesa

R.E. Rabelo V.A.S. Vulcani F.J.F. Sant'ana C.R.O. Lima H.T. Dutra A.S. Rabbers L.A.F. Silva Sobre os autores

A literatura científica carece de descrições morfológicas detalhadas sobre o desenvolvimento histológico e diferenciação celular do casco fetal bovino. Neste estudo, 40 extremidades de membros de fetos bovinos da raça Holandesa foram coletados e divididos em quatro grupos (G1 a G4) com base na estimativa da idade. Desses membros, foram retirados fragmentos da parede e sola, processados e corados por hematoxilina-eosina (HE) para observação em microscopia óptica. No grupo G1, observou-se que a epiderme era bastante delgada, incluindo camadas de queratinócitos e conjuntos de células mesenquimais. No grupo G2, foi observado que a espessura da epiderme, cobrindo as extremidades dos membros, permaneceu variável, e o cório laminar desenvolveu-se na camada germinativa. No grupo G3, notou-se, no epitélio germinal, papilas em desenvolvimento pouco avançado e células da camada córnea no processo inicial de queratinização. No grupo G4, a epiderme apresentava-se bem desenvolvida, com camadas distribuídas de forma homogênea, contendo papilas simétricas e longas e com intensa produção de queratina. Neste trabalho, os eventos celulares mais importantes para a formação do casco fetal em bovinos da raça Holandesa foram descritos pela primeira vez, em diferentes etapas da sua formação.

casco bovino; podologia; desenvolvimento fetal


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br