Hemograma e proteinograma de cutias (Dasyprocta sp.) hígidas, criadas em cativeiro: influência do sexo e da idade

Haemogram and proteinogram of healthy agouti (Dasyprocta sp.) raised in captivity: influence of gender and age

E.E.A. Ribeiro M.C.S. Batista M.A.M. Carvalho J.A.L. Silva Sobre os autores

Determinaram-se os perfis do hemograma e do proteinograma de 24 cutias (Dasyprocta sp.) saudáveis, criadas em cativeiro, e avaliaram-se a influência de sexo e de idade e a interação sexo-idade. O delineamento foi inteiramente ao acaso em arranjo fatorial 2 x 4 (dois sexos e quatro faixas etárias), com três repetições. Os valores do hemograma e do proteinograma foram: leucócitos totais: 7,24±2,52 (x10³/µl), basófilos: 0,11±0,2 (x10³/µl), eosinófilos: 0,32±0,2 (x10³/µl), segmentados: 2,5±1,22 (x10³/µl), linfócitos: 3,58±1,52 (x10³/µl), monócitos: 0,76±0,47 (x10³/µl), hemácias: 6,51±0,83 (x10(6)/µl), hematócrito: 43,58±3,41%, hemoglobina: 12,71±1,04g/dl, volume corpuscular médio: 67,61±7,52ml, concentração de hemoglobina corpuscular média: 29,19±1,61%, plaquetas: 150,08±63,39 (x10³/ml), proteínas totais: 6,04±1,77g/dl, albumina: 2,07±0,79g/dl e globulinas: 3,97±1,54g/dl. Os parâmetros relativos à série vermelha e ao proteinograma não diferiram quanto ao sexo ou idade, e não houve interação sexo-idade. Os valores de linfócitos foram mais baixos entre os animais mais velhos.

cutia; Dasyprocta sp.; hemograma; proteínas


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br
Accessibility / Report Error