Primeira ocorrência de Triplasta atrocoxalis Ashmead (Hymenoptera: Eucoilidae) em pupas de Cyrtoneurina pararescita Couri (Diptera: Muscidae) em currais de bovinos no Brasil

First occurrence of Triplasta atrocoxalis Ashmead (Hymenoptera: Eucoilidae) in pupae of Cyrtoneurina pararescita Couri (Diptera: Muscidae) of catlle dung in Brazil

Resumo

This work reports, for the first time, the occurrence of Triplasta atrocoxalis (Hymenoptera: Eucoilidae) parasitizing pupae of Cyrtoneurina pararescita (Diptera: Muscidae) in cattle dung in Brazil.

Parasitors; Hymenoptera; Muscidae; cattle dung


Parasitors; Hymenoptera; Muscidae; cattle dung

Parasitóides; Hymenoptera; Muscidae; esterco bovino

COMUNICAÇÃO

(Communication)

Primeira ocorrência de Triplasta atrocoxalis Ashmead (Hymenoptera: Eucoilidae) em pupas de Cyrtoneurina pararescita Couri (Diptera: Muscidae) em currais de bovinos no Brasil

(First occurrence of Triplasta atrocoxalis Ashmead (Hymenoptera: Eucoilidae) in pupae of Cyrtoneurina pararescita Couri (Diptera: Muscidae) of catlle dung in Brazil)

C.H. Marchiori1, C.G. Silva2,A.X. Linhares3

1Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara-GO

Caixa Postal 23-T

75.500-000 – Itumbiara, GO

2Aluno do Curso de Biologia do Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara

3Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP

Recebido para publicação em 4 de agosto de 1999.

Pesquisa@ns.itumbiara.com.br

Várias espécies de parasitóides são agentes responsáveis pela redução de populações de moscas que proliferam em esterco bovino. A avaliação dessas espécies no controle natural de populações de moscas é importante para a condução de estudos que visem posterior seleção para serem utilizadas em programas de controle biológico.

Os Eucoilidae são os melhores representantes de Cynipoidea na região Neotropical (Nordlander, 1984). Eles constituem o maior grupo de Cynipoidea, com aproximadamente 1.000 espécies descritas, distribuídas em 80 gêneros com ampla distribuição geográfica (Nordlander, 1984). Os Eucoilidae são endoparasitóides coinobiontes de larvas de dípteros ciclorrafos associados à matéria orgânica como fezes, carcaças em decomposição e frutos (Ronquist, 1994). As fêmeas depositam seus ovos no primeiro estádio larval de Diptera e sofrem 3 a 5 mudas antes de puparem dentro do pupário do hospedeiro, consumindo-o pelo lado de fora (Gauld & Bolton, 1988).

Na economia rural alguns são importantes, pois parasitam dípteros fitófagos como Tephritidae, Lonchaiedae, Agromizidae, Drosophilidae e Anthomyiidae. Esse grupo de parasitóides também é coletado em estádios imaturos de membros das famílias Muscidae, Sarcophagidae e Sepsidae (Figg et al., 1983; Blume, 1984; Cervenka & Moon, 1991). Várias espécies de eucoilíneos têm sido apontadas como importantes inimigos naturais de diferentes grupos de dípteros (Wharton et al., 1998). O objetivo desta nota é ampliar o conhecimento das espécies hospedeiras do parasitóide Triplasta atrocoxalis.

A coleta de pupas foi realizada em currais de bovinos na Chácara Vilela, situada no Bairro Village, distante cinco quilômetros do centro de Itumbiara-GO, (18º25’S e 49º13’W), às margens do rio Paranaíba. A chácara possui uma área de aproximadamente 29 hectares, com 50 cabeças de gado bovino. Durante o período chuvoso, o gado é tratado somente com capim e durante a seca é fornecido aos animais alimento à base de ração (Tapuia), resíduo de milho, cana-de-açúcar e capim-napier (Pennisetum purpureum Schum).

Os dejetos presentes nos currais (dois currais) foram recolhidos e amontoados numa área próxima denominada de esterqueira (4m de comprimento e 3m de largura), servindo de substrato para a criação de várias espécies de moscas. O recolhimento das pupas foi realizado quinzenalmente, nos montes de esterco com mais de 15 dias de permanência na esterqueira. Foram retiradas 10 bacias plásticas (40cm de diâmetro e 12cm de altura) de esterco. As pupas foram obtidas pelo método de flutuação de Spiller (1966). As pupas recolhidas foram depositadas em frascos de vidro, separadas por espécies e ali mantidas até a emergência das moscas e/ou dos parasitóides. Os adultos obtidos por esse processo foram contados e identificados.

De 30 placas fecais bovinas foram obtidas 62 pupas de Cyrtoneurina pararescita Couri, das quais 11 emergiram adultas, 50 não produziram nem moscas nem parasitóides e de uma pupa emergiu um parasitóide da espécie Triplasta atrocoxalis Ashmead. Constatou-se parasitismo de 1,6%. Nesse tipo de ambiente, as espécies de Spalangia são mais abundantes que as espécies de Eucoilidae, como foi observado por Almeida (1996).

O grau de especificidade é um dos fatores que mais influenciam a eficiência dos inimigos naturais no controle de espécies-alvo. Provavelmente isso explica o baixo grau de parasitismo apresentado por essa espécie.

Marchiori (1997) constatou em Itumbiara, Goiás, a coleta de C. pararecita parasitada com Spalangia nigroaenea Curtis em fezes bovinas coletadas nas pastagens. A espécie de Triplasta atrocoxalis foi descrita em pupas de Palaeosepsis sp. (Diptera: Sepsidae), na Ilha de Granada e, no Brasil nos estados de Mato Grosso, São Paulo, Goiás e Minas Gerais (Díaz & Gallardo, 1996; Marchiori, 1997). Outras espécies de Eucoilidae que foram coletadas em fezes bovinas no Brasil, segundo Díaz & Gallardo (1996), foram: Kleidotoma nigra (Hartig), Triplasta coxalis Ashmead, Ganaspis fulvocincta, Coneucoela brasiliensis Kieffer e Paraganaspis egeria Díaz & Gallardo

No Brasil, este trabalho representa o primeiro relato dessa espécie de parasitóide utilizando como hospedeiro Cyrtoneurina pararescita.

Palavras-chave: Parasitóides, Hymenoptera, Muscidae, esterco bovino.

ABSTRACT

This work reports, for the first time, the occurrence of Triplasta atrocoxalis (Hymenoptera: Eucoilidae) parasitizing pupae of Cyrtoneurina pararescita (Diptera: Muscidae) in cattle dung in Brazil.

Keywords: Parasitors, Hymenoptera, Muscidae, cattle dung

  • ALMEIDA, M.A.F. Abundância relativa e sazonal de Musca domestica L., 1758 (Diptera: Muscidae) e de seus parasitóides em microhabitats de um curral de gado bovino, em Pirassununga (SP) Campinas: UNICAMP, 1996. 79p. (Dissertaçăo, Mestrado) .
  • BLUME, R.R. Parasites of Diptera associated with bovine droppings on a pasture in East Central Texas. Southw. Entomol, v.11, p.215-222, 1984.
  • CERVENKA, V.J., MOON, R.D. Arthropods associated with fresh cattle dung pats in Minnesota. J. Kansas Entomol. Soc, v.64, p.131-145, 1991.
  • DÍAZ, N., GALLARDO, F. Sobre cinipoideos del Brasil, parasitoides de dipteros estercoleros (Hymenoptera: Cynipoidea). Rev.Soc. Entomol. Argent., v.55, p.127-129, 1996.
  • FIGG, D.E., HALL, R.D., THOMAS, G.D. Insect parasites associated with Diptera developing in bovine dung pats of Central Missouri Pastures. Environ. Entomol, v.12, p.961-966, 1983.
  • GAULD, I.D., BOLTON, B. The Hymenoptera. New York: Oxford University, 1988. 331p.
  • MARCHIORI, C.H. Dípteros muscóideos associados a fezes frescas de gado bovino e seus parasitóides, nos municípios de Uberlândia-MG e Itumbiara-GO Campinas: UNICAMP, 1997. 110p. (Tese, Doutorado).
  • NORDLANDER, G. Vad vet vi om parasitiska Cynipoidea? Entomol. Tid., v.105, p.36-40, 1984.
  • RONQUIST, F. Morphology, phylogeny and evolution of cynipoid wasps Uppsala: Uppsala University, 1994. 29p. (Thesis, PhD).
  • SPILLER, D. House flies In: SMITH, C.N. Insect colonization and mass production New York, Academic, 1966, p.203-225.
  • WHARTON, R.A., OVRUSKY, S.M., GILSTRAP, F.E. Neotropical (Cynipoidea) associated with fruit-infesting Tephritidae, with new records from Argentina, Bolivia and Costa Rica. J. Hym. Res, v.71, p.102-115, 1998.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    14 Ago 2000
  • Data do Fascículo
    Fev 2000

Histórico

  • Recebido
    04 Ago 1999
Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br