Mortalidade por nematódeos filarióides em passeriformes da espécie Oryzoborus maximiliani no Brasil

Descreve-se a ocorrência de filariose em passeriformes da espécie Oryzoborus maximiliani (bicudo) mantidos em cativeiro. Os sinais clínicos incluiram insuficiência respiratória e prostração, evoluindo para decúbito lateral e morte. Todos os indivíduos capturados adoeceram e morreram em poucos dias. As lesões mais significativas foram encontradas nos pulmões, que estavam acinzentados na região adjacente ao saco aéreo abdominal. Impressões do pulmão observadas ao microscópio em 100 aumentos permitiram a visualização de grande número de formas alongadas típicas de nematódeo. Considerando suas dimensões e os relatos da literatura consultada, especulou-se a possibilidade de filariose. As condições de estresse de captura e cativeiro podem ser determinantes do quadro agudo observado, o que permite sugerir esta suspeita em casos semelhantes. Considera-se importante, entretanto, a possibilidade de a manifestação clínica na forma crônica ou assintomática poder ser mais comum que a aguda.

Bicudo, filaria; Oryzoborus; maximiliani; passeriformes


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br