Efeito da temperatura de descongelação na integridade de espermatozoides criopreservados de cães

The effect of the thawing temperature on the integrity of canine cryopreserved sperm

C.S. Moura A.K.S. Nunes B.S. Silva C.A. Peixoto A.R. Silva S.V. Silva M.M.P. Guerra Sobre os autores

Avaliou-se a influência da temperatura de descongelação na integridade de espermatozoides criopreservados de cães. Foram utilizados reprodutores das raças Basset Hound (n=3) e Rottweiler (n=3), submetidos a colheitas de sêmen por manipulação peniana. As amostras de sêmen foram descongeladas a 37ºC/1min (G1) ou 70ºC/6s (G2) e avaliadas quanto à motilidade progressiva, vigor e integridade do acrossoma após 0, 30 e 60 minutos de incubação (37ºC), e ultraestrutura espermática imediatamente após a descongelação. Em todos os tempos de incubação, a motilidade progressiva dos espermatozoides descongelados a 70ºC por 6s (74,6%) foi mais alta (P<0,05) que a dos descongelados a 37ºC por 1min (64,6%). O vigor espermático não diferiu (P>0,05) entre os grupos, e o porcentual de gametas com acrossomas íntegros foi maior (P<0,05) nos espermatozoides do G1 do que no G2. Lesões ultraestruturais foram identificadas nos espermatozoides descongelados de ambos os grupos, em maior quantidade nos gametas do G2. Conclui-se que amostras congeladas de sêmen de cães devam ser descongeladas a 37ºC por 1min.

canino; criopreservação; danos espermáticos; ultraestrutura


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br