Características fermentativas de silagens de capim-elefante emurchecido ou com adição de farelo de cacau

Fermentation characteristics of silage of elephantgrass wilted or with addition of cocoa meal

O experimento foi realizado para avaliar as características fermentativas da silagem de capim-elefante emurchecido ou adicionado de diferentes níveis de farelo de cacau. O capim-elefante utilizado foi colhido aos 50 dias de rebrota após o corte de uniformização e submetido aos seguintes tratamentos na ensilagem: capim-elefante emurchecido ao sol por oito horas e capim-elefante sem emurchecimento adicionado de 0, 7, 14, 21 e 28% de farelo de cacau (% da matéria natural). Foram utilizadas quatro repetições por tratamento. O material foi acondicionado em silos de PVC com 0,15m de diâmetro e 0,3m de altura, adotando-se compactação de 500kg/m³. O pH reduziu e os carboidratos solúveis (CHO S) aumentaram de forma linear (P<0,05) com a adição de farelo de cacau. O teor de N-NH3 aumentou com a adição de farelo de cacau na ensilagem, contudo, os teores dos ácidos orgânicos não diferiram entre a silagem com farelo de cacau e aquela com capim-elefante emurchecido. A inclusão de 0, 7, 14, 21 e 28% de farelo de cacau provocou aumentos de 2,23; 2,48; 3,14; 3,49 e 3,47% no teor de ácido lático, respectivamente. A qualidade fermentativa da silagem de capim-elefante melhorou com a adição de farelo de cacau.

forrageira; Pennisetum purpureum; subproduto; Theobroma cacao; fermentação; ácido orgânico


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br