Achados clínicos, análise histopatológica e tratamento cirúrgico de cisto livre no vítreo posterior: relato de caso

Os autores apresentam relato de um caso de paciente de 44 anos, com história de dificuldade visual no olho esquerdo há 5 anos. A paciente referia a sensação de um círculo flutuando em sua visão. Os sintomas pioraram nos últimos dois anos, prejudicando suas atividades. Não havia história pessoal prévia de trauma ou de doença ocular inflamatória ou infecciosa. A avaliação clínica incluiu o exame físico, exames de laboratório, ultra-sonografia abdominal, radiografia de tórax e tomografia de crânio e o exame oftalmológico consistiu em medida de acuidade visual, testes de mobilidade, biomicroscopia, tonometria e oftalmoscopia indireta. Investigação complementar foi realizada com ultra-sonografia ocular (modo A e B). A terapêutica escolhida para exérese do cisto foi a vitrectomia via pars plana, que transcorreu sem complicações. A análise anatomopatológica revelou cisto do vítreo, pigmentado, de presumível etiologia congênita, compatível com coristoma cístico do sistema hialóide primitivo. A evolução benigna, os achados clínicos e a análise anatomopatológica reafirmam a hipótese diagnóstica de coristoma cístico do sistema hialóide primitivo. A intervenção cirúrgica (vitrectomia pars plana) obteve sucesso no tratamento da paciente, que retornou apresentando acuidade visual de 20/20 em ambos os olhos, sem outras queixas.

Corpo vítreo; Coristoma; Vitrectomia


Conselho Brasileiro de Oftalmologia Rua Casa do Ator, 1117 - cj.21, 04546-004 São Paulo SP Brazil, Tel: 55 11 - 3266-4000, Fax: 55 11- 3171-0953 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abo@cbo.com.br