Neovascularização coroidiana associada à oftalmia simpática: relato de caso

Paciente com oftalmia simpática (OS) desenvolveu neovascularização coroidiana (NVC) na região macular do olho simpatizado. A biomicroscopia do segmento posterior do olho afetado revelou uma pequena lesão branco-amarelada, discretamente elevada, localizada na região temporal à fóvea. Uma banda fibrosa ligava o disco óptico à lesão foveal. À angiografia fluoresceínica, a lesão revelou hiperfluorescência progressiva, com impregnação e extravazamento tardio do corante, achados esses característicos de uma cicatriz fibrovascular. Apesar de intenso tratamento com medicação imunossupressora, a acuidade visual final do paciente foi de 20/400. Embora raramente associada à oftalmia simpática a neovascularização coroidiana pode ocorrer e comprometer o prognóstico visual de um olho já debilitado. A melhor opção para o tratamento da neovascularização coroidiana em casos de oftalmia simpática ainda não está determinada.

Oftalmia simpática; Neovascularização coroidal; Drogas imunossupressoras; Cicatrização de feridas


Conselho Brasileiro de Oftalmologia Rua Casa do Ator, 1117 - cj.21, 04546-004 São Paulo SP Brazil, Tel: 55 11 - 3266-4000, Fax: 55 11- 3171-0953 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abo@cbo.com.br