Estudo experimental da eficácia da sulfadiazina de prata a 1% no tratamento da ceratite por Fusarium Solani+ + Trabalho em parte financiado pelo CNPq.

Experimental study of silver sulphadiazine 1% in the treatment of Fusarium Solani keratitis

Luciene Barbosa de Sousa Marinho Jorge Scarpi Olga Fischman Gompertz Vitor Hugo Travassos da Rosa Moacyr P. Rigueiro Sobre os autores

RESUMO

Foi realizado estudo experimental com 21 coelhos para avaliar a eficácia da sulfadiazina de prata a 1 % no tratamento da ceratite por Fusarium solani. Os animais foram divididos em três grupos tratados com sulfadiazina de prata a 1 % (grupo S); com veículo (grupo V) e sem tratamento (grupo C). Todos os animais apresentaram cura clínica, com tempo médio igual à 17 dias no grupo C; 17 dias no grupo V e 20 dias no grupo S. A secreção ocular esteve presente por um período médio de 8 dias no grupo C; 7 dias no grupo V e 5 dias no grupo S. A conjuntivite esteve presente em todos os animais desaparecendo em 13 dias no grupo C; 14 no "V"e 12 no "S".

Observou-se melhora da doença epitelial em 5 dias, 4 e 3 dias, respectivamente, nos grupos C, V e S. A formação de abscesso ocorreu em todos os animais, tendo desaparecido mais precocemente no grupo S. A vascularização corneana foi maior nos animais tratados com sulfadiazina de prata. Não houve diferença estatisticamente significante entre os achados. O estudo histopatológico mostrou processo inflamatório crônico, vascularização e fibrose localizada. Conclui-se que a sulfadiazina de prata a 1 %, usada topicamente mostrou-se ineficaz no tratamento das ceratites por F. solani em coelhos.

Palavras-chave:
Ceratite; Sulfadiazina de prata; Fungo

Conselho Brasileiro de Oftalmologia Rua Casa do Ator, 1117 - cj.21, 04546-004 São Paulo SP Brazil, Tel: 55 11 - 3266-4000, Fax: 55 11- 3171-0953 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abo@cbo.com.br