Uso da citologia de impressão para a detecção de células de neoplasia escamosa da superfície ocular insuspeita em pterígios

Jeison de Nadai Barros Marcia Serva Lowen Milton Nunes de Moraes-Filho Maria Cristina Martins Sobre os autores

Objetivo:

Avaliar a concordância entre a citologia de impressão (CI) e os achados histopatológicos de lesões epiteliais clinicamente diagnosticadas como pterígio, no que tange a detecção de células de neoplasia escamosa da superfície ocular (NESO) insuspeita associada.

Métodos:

Trinta e dois pacientes brasileiros foram incluídos e a CI foi obtida de todos os pterígios antes da excisão. O exame histopatológico foi realizado por dois patologistas oculares experientes em consenso de opinião e considerado o padrão-ouro para o diagnóstico. A acurácia da CI foi avaliada pela sensibilidade e especificidade com intervalo de confiança de 95%

Resultados:

Das 32 lesões estudadas, o exame histopatológico confirmou o diagnóstico de pterígio sem atipia em 19 casos (60%) e mostrou células de NESO insuspeita associada em 13 espécimes (40%). A CI demonstrou um resultado falso-positivo e um falso-negativo para atipia. A análise estatística mostrou uma sensibilidade estimada de 92%, especificidade de 94%, valor preditivo positivo de 92% e valor preditivo negativo de 94%.

Conclusão:

A CI apresentou alta concordância com o estudo histopatológico na detecção de células epiteliais atípicas de NESO insuspeita em pterígios do Brasil.

Pterígio; Conjuntiva; Córnea; Limbo da córnea; Superfície ocular; Neoplasias oculares; Técnicas citológicas


Conselho Brasileiro de Oftalmologia Rua Casa do Ator, 1117 - cj.21, 04546-004 São Paulo SP Brazil, Tel: 55 11 - 3266-4000, Fax: 55 11- 3171-0953 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abo@cbo.com.br
Accessibility / Report Error