Avaliação do Questionário Abreviado de Função Visual do National Eye Institute (NEI VFQ 9) em blefaroptose e dermatocálase

César A. Briceño Molly L. Fuller Elizabeth A. Bradley Christine C. Nelson Sobre os autores

RESUMO

Objetivo:

Avaliar o Questionário Abreviado de Função Visual do National Eye Institute (NEI VFQ 9) como uma ferramenta para avaliar a visão relacionada com a qualidade de vida (QoL) em pacientes com blefaroptose e dermatocálase.

Método:

Estudo de coorte de blefaroptose e dermatocálase pacientes tratados por um único cirurgião (CN) em 2013. O acompanhamento foi de 2-3 meses. Pacientes em um centro de referência acadêmico para a atenção pública ambulatorial com ptose funcional e/ou dermatocálase de pálpebra superior foram avaliados prospectivamente utilizando o NEI-VFQ 9. Quarenta e seis pacientes completaram o estudo: 29 pacientes se submeteram somente à blefaroplastia, 11 apenas à cirurgia de ptose, e 6 pacientes à cirurgia combinada. Foram excluídos pacientes com outra cirurgia simultânea da pálpebra. O teste foi repetido em uma visita pós-operatória. A duração teste foi cronometrada em um subgrupo de pacientes. Escores compostos pré e pós-operatórios foram comparados com o teste T de Student. O desfecho principal foi a pontuação composta. Os autores propõem que a NEI VFQ 9 seria capaz de detectar uma melhora estatisticamente significativa na pontuação composta após a intervenção cirúrgica.

Resultados:

No grupo de blefaroplastia apenas, o NEI VFQ 9 apresentou a média composta de 74,9 e 86,8 no pré e pós-operatório, respectivamente (p<0,0001). Para os pacientes submetidos apenas à cirurgia de ptose, a pontuação média composta foi 72,07 e 86,41, no pré e pós-operatório, respectivamente (p=0,004). No grupo de cirurgias combinadas combinação, a pontuação composta média pré-operatória foi de 75,8, e a pós-operatória foi de 87,2 (p=0,022). Não houve correlação entre o ganho de pontuação composta e a mudança no MRD1. Vinte e cinco pacientes foram cronometrados ao preencher o teste, a média foi de 2,3 minutos.

Conclusões:

O NEI VFQ 9 demonstra consistentemente um aumento na função visual para pacientes submetidos à cirurgia de blefaroptose e dermatocálase, sendo um instrumento de pesquisa mais curto do que daqueles publicados anteriormente.

Descritores:
National Eye Institute (U.S.); Blefaroptose; Pálpebras; Avaliação da deficiência; Qualidade de vida; Acuidade visual

Conselho Brasileiro de Oftalmologia Rua Casa do Ator, 1117 - cj.21, 04546-004 São Paulo SP Brazil, Tel: 55 11 - 3266-4000, Fax: 55 11- 3171-0953 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abo@cbo.com.br