Arquivos Brasileiros de Oftalmologia, Volume: 64, Issue: 5, Published: 2001
  • Reverência a companheiros e à atividade didática Editorial

    Bicas, Harley E. A.
  • Prevalence of refractive errors and ocular disorders in preschool and school children of Ibiporã - PR, Brazil (1989 to 1996)

    Schimiti, Rui Barroso; Costa, Vital Paulino; Gregui, Maria José Ferreira; Kara-José, Newton; Temporini, Edméa Rita

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Estabelecer a prevalência de ametropias e afecções oculares em uma população pré-escolar e escolar de Ibiporã, Brasil. Métodos: Entre 1989 e 1996, realizou-se estudo populacional envolvendo crianças de 6 a 12 anos provenientes de escolas públicas e privadas de Ibiporã. Medidas de acuidade visual foram realizadas por professores treinados usando a Tabela de Snellen. Crianças com a acuidade visual <= 0.7 em pelo menos um dos olhos foram encaminhadas para exame oftalmológico completo. Resultados: Foram realizadas 35.935 medidas de acuidade visual em 13.471 crianças. Destas, 1966 crianças (14,59 %) foram encaminhadas para exame oftalmológico completo. Ambliopia foi observada em 237 (1,76%) casos, ao passo que estrabismo foi diagnosticado em 114 (0,84%) casos. Foram também observados 17 (0,12%) casos de catarata, 38 (0,28 %) casos de coriorretinite e 6 (0,04%) casos de ptose palpebral. Entre as 614 crianças diagnosticadas com erros refracionais, 284 (46,25%) tinham hipermetropia ou astigmatismo hipermetrópico, 206 (33,55%) apresentavam miopia ou astigmatismo miópico e 124 (20,19%) apresentavam astigmatismo misto. Conclusão: Este estudo determinou a prevalência local de ambliopia, erros refracionais e afecções oculares envolvendo crianças pré-escolares e escolares.

    Abstract in English:

    Purpose: To establish the prevalence of refractive errors and ocular disorders in preschool and schoolchildren of Ibiporã, Brazil. Methods: A survey of 6 to 12-year-old children from public and private elementary schools was carried out in Ibiporã between 1989 and 1996. Visual acuity measurements were performed by trained teachers using Snellen's chart. Children with visual acuity <0.7 in at least one eye were referred to a complete ophthalmologic examination. Results: 35,936 visual acuity measurements were performed in 13,471 children. 1.966 children (14.59%) were referred to an ophthalmologic examination. Amblyopia was diagnosed in 237 children (1.76%), whereas strabismus was observed in 114 cases (0.84%). Cataract (n=17) (0.12%), chorioretinitis (n=38) (0.28%) and eyelid ptosis (n=6) (0.04%) were also diagnosed. Among the 614 (4.55%) children who were found to have refractive errors, 284 (46.25%) had hyperopia (hyperopia or hyperopic astigmatism), 206 (33.55%) had myopia (myopia or myopic astigmatism) and 124 (20.19%) showed mixed astigmatism. Conclusions: The study determined the local prevalence of amblyopia, refractive errors and eye disorders among preschool and schoolchildren.
  • Deep lamellar keratoplasty with viscodissection of Descemet's membrane Artigos Originais

    Francesconi, Cláudia M.; Forseto, Adriana S.; Nosé, Regina M.; Nosé, Walton

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Avaliar a eficácia da técnica de ceratoplastia lamelar profunda preservando a membrana de Descemet e as células endoteliais do paciente, com a utilização de botão esclero-corneano. Métodos: Foram realizadas 14 ceratoplastias lamelares com viscodissecção da membrana de Descemet do receptor usando sulfato de condroitina 4% e hialuronato de sódio 3%. Dez (10) pacientes apresentavam ceratocone avançado, 3 tinham leucoma por herpes simples e em 1 havia irregularidade corneana pós-ceratotomia radial. O acompanhamento pós-operatório variou de 12 a 48 meses (média 24 ±10,5 meses). Resultados: Após a retirada de todas as suturas a média do equivalente esférico no último exame oftalmológico foi de -2,0 ± 3,6 dioptrias (D) (-10,3 D a +4,74 D). O astigmatismo final variou de -6,0 DC a -0,75 DC com média de -3,3 ± 1,9 DC. Dos 14 pacientes 12 apresentaram na visita final acuidade visual com correção de 20/40 ou melhor. Todos os pacientes ganharam linha de visão pela tabela de Snellen. Não houve presença de edema corneano, descompensação endotelial ou rejeição. Nenhuma opacidade ou depósito na interface foi observado. Dois pacientes apresentaram dobras na membrana de Descemet com baixa da acuidade visual. Conclusão: Apesar das dificuldades técnicas relacionadas à ceratoplastia lamelar e viscodissecção da membrana de Descemet, acreditamos que este seja um procedimento de escolha em pacientes cuja população de células endoteliais esteja preservada. Esta técnica resulta em melhor acuidade visual final quando comparada ao transplante lamelar tradicional e menor reação imunológica quando comparada a ceratoplastia penetrante. Independentemente da qualidade do tecido doador, conseguimos córneas transparentes como resultado, pois o endotélio do receptor foi preservado.

    Abstract in English:

    Objective: To evaluate the effect of the deep lamellar keratoplasty technique in preserving Descemet's membrane and the patient's endothelial cells, using corneoscleral donor button. Methods: 14 lamellar keratoplasties were performed with viscodissection of the receptor's Descemet's membrane using 4% chondroitin sulphate and 3% sodium hyaluronate. Ten (10) patients presented advanced keratoconus, 3 had herpes simplex leucoma and 1 had corneal irregularity due to a previous radial keratotomy. Postoperative follow-up varied from 12 to 48 months (average 24 ± 10.5 months). Results: After all sutures had been removed, the spherical equivalent on the last ophthalmic examination was -2.0 ± 3.6 diopters (D) (-10,3 D to +4,74 D). Final astigmatism varied from -6,0 CD to -0,75 CD with an average of -3,3 ± 1,9 CD. Twelve of 14 patients presented a best spectacle corrected visual acuity of 20/40 or better on the last examination. All patients gained Snellen lines. Postoperatively there was no corneal edema, endothelial decompensation, rejection, interface opacity nor deposits. Two patients developed Descemet's folds accounting for low visual acuity. Conclusion: In spite of technical difficulties related to lamellar keratoplasty and viscodissection of Descemet's membrane, we believe that this is a procedure of choice in patients whose endothelial cells population is preserved. This technique results in better final visual acuity when compared to the traditional lamellar transplant, and less immunologic reaction when compared to penetrating keratoplasty. Because the receptor's endothelium was preserved, surgeries resulted in transparent corneas, regardless of the donor's tissue quality.
  • Retinal nerve fiber layer measurements in patients with migraine with aura Artigos Originais

    Medeiros, Felipe Andrade; Dantas, Neuman C.; Ginguerra, Maria Antonieta; Susanna Jr., Remo

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Avaliar as possíveis alterações na camada de fibras nervosas da retina (CFNR) em pacientes com enxaqueca com aura, detectada por meio da polarimetria de varredura a laser. Métodos: Vinte pacientes com enxaqueca com aura e vinte indivíduos normais foram estudados. Os critérios de inclusão para os dois grupos compreenderam: idade de pelo menos 18 anos; ausência de história de doenças oculares, exceto erro refracional ou estrabismo; e ausência de história familiar de hipertensão ocular ou glaucoma. Foram excluídos pacientes com erro refracional maior que 5 DE e/ou 2 DC; acuidade visual corrigida menor que 20/40; pressão intra-ocular maior que 21 mmHg; discos ópticos anômalos ou com escavação maior que 0,5 ou assimetria de escavação maior que 0,2; ou com presença de doenças retinianas concomitantes. Os pacientes foram submetidos a exame de campo visual (Humphrey 30-2) e análise da CFNR com a polarimetria a laser (GDx - Nerve Fiber Analyzer). Um olho de cada paciente foi randomizado para análise estatística. Resultados: Nenhum dos pacientes do grupo controle apresentou defeitos de campo visual. Nove olhos (45%) dos pacientes com enxaqueca tiveram anormalidades de campo visual além de 95% do intervalo de confiança do normal, como indicado pelos índices MD, CPSD ou GHT. Os valores de retardo no setor superior da CFNR dos pacientes com enxaqueca foram significativamente menor que no grupo controle (p=0,005). Não houve diferença significativa entre os valores de retardo dos dois grupos nas medidas globais e nos setores inferior, nasal e temporal. Conclusão: As medidas de retardo obtidas com a polarimetria a laser foram significativamente menores na porção superior da CFNR dos pacientes com enxaqueca com aura, sugerindo possível dano isquêmico às fibras nervosas, relacionadas à enxaqueca.

    Abstract in English:

    Purpose: To evaluate the possible alterations of the retinal nerve fiber layer (RNFL), as detected by scanning laser polarimetry (SLP), that may occur in patients with migraine with aura. Methods: Twenty patients with migraine with aura and twenty normal subjects were studied. Inclusion criteria for the two groups included age of at least 18 years, no history of any ocular disease except refractive error or strabismus, and no family history of ocular hypertension or glaucoma. Potential subjects underwent a comprehensive eye examination. Exclusion criteria included refractive error greater than 5 DS and/or 2 DC, best-corrected visual acuity less than 20/40, intraocular pressure greater than 21 mmHg, abnormal optic discs, cup-to-disc ratio (C/D) greater than 0.5 or asymmetry between C/D of the two eyes greater than 0.2, or any other concomitant retinal pathology. The patients were submitted to a Humphrey Field (30-2) examination and RNFL analysis using the GDx Nerve Fiber Analyzer. One eye from each patient was randomly selected for statistical analysis. Results: None of our controls had any visual field defects. Nine eyes (45%) from migraine patients had visual-field abnormalities beyond 95% normal confidence limits, as indicated by MD, CPSD or GHT. The retardation values of the superior nerve fiber layer of migraine patients were significantly lower than values in normal patients (p=0.005). No significant differences were observed in global, inferior, temporal and nasal measurements between the two groups. Conclusions: In this study, the RNFL measurements were significantly lower in the superior retina of migraine patients, indicating that these patients might have migraine-related ischemic damage of nerve fibers.
  • Ocular health promotion at school: the teacher's perception of refractive errors in the eye Artigos Originais

    Armond, Jane de Eston; Temporini, Edméa Rita; Alves, Milton Ruiz

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Identificar percepções de professores do sistema público de ensino, em relação aos erros de refração manifestados na idade escolar, a fim de subsidiar programas de treinamento para docentes, visando à detecção e posterior assistência a problemas oftálmicos de escolares. Métodos: Estudo transversal em população de professores de primeira série do ensino fundamental, de todas as escolas públicas da região sul do município de São Paulo. Aplicou-se questionário estruturado com base em estudo exploratório. Resultados: Foi obtida uma população de 545 sujeitos, distribuídos em 120 escolas. A população apresentou média de idade de 37,8 anos e média de tempo de magistério de 13,2 anos. A maioria (67,4%) não recebeu orientação sobre saúde ocular nos últimos três anos. Os professores distinguiram mais corretamente os sinais de miopia (70,8%) do que os de hipermetropia (42,9%) e astigmatismo (40,9%). Proporção significativa (48,5%) apontou sinais e comportamentos indicativos da presença de miopia no escolar; 40,9% apontaram dificuldades na leitura e na escrita, para a criança hipermétrope sem correção óptica. Na criança astigmata as manifestações mais mencionadas foram "vista embaçada" (45,4%) e desinteresse por atividades que exigem esforço visual (40,9%). Os professores classificaram todos os erros de refração como agravos muito graves. Conclusão: Foram evidenciados conhecimentos distorcidos e/ou insuficientes entre professores do ensino fundamental, a respeito de erros de refração manifestados na idade escolar.

    Abstract in English:

    Purpose: Identification of the perception that teachers belonging to the public education system have concerning the refractive errors in the eye occurring at school age in order to subside training programs for teachers aiming at the detection of, and subsequent assistance to, ophthalmic problems in schoolchildren. Methods: A transversal study carried out with a population of first-degree elementary school teachers, covering all public schools of the southern region of São Paulo, Brazil. A structured questionnaire based on an exploratory story was handed out. Results: The population comprised 545 subjects distributed among 120 elementary schools. The average age of the population was 37.8 years, with an average length of teaching time of 13.2 years. The majority of them (67.4%) did not receive orientation on ocular health in the last three years. The teachers distinguished more accurately the symptoms of myopia (70.8%) than those of hyperopia (42.9%) and astigmatism (40.9%). A significant number (48.5%) of them pointed out signals and behaviors indicative of the presence myopia in schoolchildren; 40.9% indicated difficulties in reading and writing in hyperope children without optical correction. "Blurred vision" (45.4%) and disinterest for activities demanding visual effort (40.9%) were the most indicated manifestations in astigmatic children. All refractive errors in the eye were classified as very serious disorders by the teachers. Conclusion: Distorted and/or insufficient knowledge was disclosed among elementary school teachers, about refractive errors occuring at school age.
  • Canaliculus obstruction etiology Artigos Originais

    Bison, Simone; Scarpi, Marinho Jorge; Soccol, Ovídio; Tongu, Maira Tiyomi Sacata

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: São raros os artigos encontrados na literatura nacional sobre a etiologia da obstrução alta das vias lacrimais de drenagem. O objetivo deste estudo foi, portanto, analisar as diversas etiologias encontradas no nosso meio. Métodos: Foram estudadas 63 vias lacrimais (59 pacientes examinados) com diagnóstico de obstrução alta feito, na maioria dos casos, apenas por meio da propedêutica clínica que incluiu a inspecção, a biomicroscopia, os testes de Jones I e II e a cateterização dos canalículos lacrimais. O estudo foi realizado nos Departamentos de Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina e do Hospital Central da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, no período compreendido entre 1991 e 1997. Resultados: As etiologias mais freqüentes foram a dacriocistite crônica e pós-dacriocistorrinostomia que, em conjunto, foram responsáveis por 53,9% dos casos. Em seguida apareceram os traumatismos, nos quais houve 4 agressões, 5 acidentes automobilísticos e uma mordida de cão. As agenesias contribuíram com 9,5% e menos freqüentes foram a canaliculopatia estenosante, os procedimentos cirúrgicos e radioterápicos no canto medial e as obstruções idiopáticas. Conclusões: Baseando-se nos dados encontrados, pode-se inferir que a etiologia da obstrução alta das vias lacrimais de drenagem em nosso meio não difere da referida na literatura internacional.

    Abstract in English:

    Purpose: There are few Brazilian studies about canaliculus obstruction etiology. To analyze the various etiologies of the obstruction was the goal in the present study. Methods: The study was carried out on 63 lacrimal apparatus of 59 patients who were submitted to external examination, biomicroscopy, Jones' I and II tests and canaliculus measurement. Results: The most important etiologies were chronic dacryocystitis and failure of dacryocystorhinostomy (53.9%) followed by traumatisms caused by aggression, car accidents and a dog bite. Agenesis contributed with 9.5% and less frequent were canaliculus inflammations and infections, surgeries, radiotherapy and idiopathic obstructions. Conclusions: There is no diference between the findings of this study and those re-ported in the international literature.
  • Comparison between surgery and unilateral and bilateral injections of botulinum toxin to treat strabismus Artigos Originais

    Villas Boas, Maria de Lourdes M. M.; Almeida, Henderson Celestino de

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Comparar a eficácia de 3 formas de tratamento para estrabismos de pequeno e médio ângulos: cirurgia, aplicações unilaterais e bilaterais de toxina botulínica. Métodos: Foram estudados 97 pacientes, divididos em três grupos. No grupo I foi feito um estudo prospectivo no qual 44 pacientes receberam injeção unilateral da toxina botulínica tipo A; no grupo II, 24 pacientes receberam injeção bilateral da toxina, e no grupo III foi feito estudo retrospectivo de 29 pacientes previamente operados de estrabismo. A eficácia dos tratamentos foi estudada segundo o percentual de correção do desvio ocular e segundo o índice de sucesso terapêutico, definido como um desvio residual de até 10 DP (dioptrias prismáticas). Resultados: Os percentuais de correção dos desvios horizontais, para longe, no 3º mês, foram: grupo I = 50,9%; grupo II = 55,8% e grupo III = 77,0%. Para perto, foram: 48,6%, 49,2% e 72,8%, respectivamente. Os índices de sucesso terapêutico foram: grupo I = 57,1%; grupo II = 68,4% e grupo III = 72,4%. Conclusão: Concluiu-se não ter havido diferença estatisticamente significativa entre os percentuais de correção do desvio ocular e o índice de sucesso terapêutico entre os três grupos estudados.

    Abstract in English:

    Purpose: To compare the efficacy of three types of treatment for strabismus: surgery, unilateral and bilateral botulinum toxin injections. Methods: To compose groups I and II, a prospective study was carried out observing the pretreatment measurement of the deviation, repeated after 7, 30 and 90 days after the injection. To compose group III, a retrospective study was carried out. Results: The percentage of horizontal deviation correction for distance, in 3 months, was: group I = 50.9%; group II = 55.8%, and group III = 77.0%; for near, 48.6%, 49.2% and 72.8% respectively.The therapeutic success rate, defined as residual deviation of 10 PD (prism diopter) or less, was: group I = 57.1%; group II = 68.4% and group III = 72.4%.Conclusions: There were no statisticaly significant differences between the percentage of deviation correction and success rate between the three types of treatment studied.
  • Diode laser in the treatment of retinopathy of prematurity Artigos Originais

    Liarth, Josilene de Carvalho Soares; Gonçalves, João Orlando Ribeiro; Gonçalves, Ednaldo Atem; Meneses, Eridê Sousa; Soares, Fábio Martins

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Determinar a eficácia do laser de diodo e suas complicações no tratamento da retinopatia da prematuridade, estágio 3 limiar. Métodos: De 348 crianças pré-termo examinadas na Clínica Oftalmológica do Hospital Getúlio Vargas e Instituto de Olhos do Piauí, em Teresina, Piauí, no período de julho/89 a março/99, 152 (43,7%) apresentaram retinopatia da prematuridade. As crianças com retinopatia da prematuridade no estágio 3 limiar foram submetidas a laserablação retiniana com laser de diodo indireto, no centro cirúrgico, sob anestesia geral. Resultados: Vinte crianças (38 olhos) foram submetidas a laserablação retiniana. Doze pacientes (80,0%) tiveram regressão da retinopatia e três (20,0%) evoluíram para o estágio 5. Cinco crianças não retornaram para controle, sendo excluídas do estudo quanto aos resultados do laser. Não foram observadas complicações oculares. Cinco crianças apresentaram apnéia relacionada à anestesia. Conclusões: Neste grupo de crianças, o laser de diodo foi eficaz em 80,0% dos pacientes tratados. As complicações encontradas (cinco casos de apnéia) se relacionaram possivelmente à anestesia geral.

    Abstract in English:

    Purpose: To determine the efficacy of the diode laser and its complications in treating retinopathy of prematurity, at stage 3, threshold. Methods: One hundred and fifty-two children, out of 348 premature infants examined at the Ophthalmologic Clinic of the Getúlio Vargas Hospital and Instituto de Olhos do Piauí, in Teresina - Piauí, from July '89 to March '99, had retinopathy of prematurity. Those with retinopathy of prematurity at stage 3, threshold, were submitted to application of diode indirect laser to the retina. Results: Twenty children (38 eyes) received diode laser. Twelve patients showed regression of retinopathy and three children developed stage 5. No ocular complications were observed. Five children had respiratory failure due to anesthesia. Conclusions: The diode laser treatment was successful in 80.0% of the patients. The complications were possibly related to the general anesthesia.
  • Comparison between topical use of ketotifen and olopatadine in the treatment of allergic conjunctivitis Artigos Originais

    Höfling-Lima, Ana Luisa; Andrade, Alfredo J. M.; Marback, Patrícia M. F.; Farah, Michel Eid; Mascaro, Vera

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Avaliar e comparar a eficácia e tolerância do uso tópico do fumarato de cetotifeno a 0,05% e cloridrato de olopatadina a 0,1% no tratamento de pacientes com conjuntivite alérgica. Método: Foi realizado estudo clínico mascarado, randomizado comparando a eficácia, segurança e os efeitos colaterais com o uso da solução oftálmica de fumarato de cetotifeno a 0,05% e cloridrato de olopatadina a 0,1% no alívio dos sintomas e sinais em pacientes com conjuntivite alérgica. Trinta e quatro pacientes obedecendo aos critérios de inclusão do protocolo receberam um frasco com a droga mascarada e instilaram uma gota duas vezes por dia em cada olho durante 30 dias. Os sintomas e sinais dos pacientes foram avaliados em uma visita pré-tratamento e cinco com tratamento (1º dia, 2º dia, 7º dia, 14º dia e 30º dia). Resultados: A gravidade da conjuntivite alérgica foi semelhante nos dois grupos do estudo. Tanto cetotifeno como a olopatadina foram equivalentes e eficazes na diminuição dos sintomas de prurido, ardor e lacrimejamento. Quanto aos sinais, a hiperemia em conjuntiva bulbar foi atenuada nos dois grupos. Na avaliação das reações adversas observou-se ardor após a administração de ambos colírios e a ocorrência de prurido no grupo do cetotifeno. Não foi observada nenhuma reação de hipersensibilidade das drogas estudadas. Conclusões: Este estudo evidencia que a solução oftálmica de fumarato de cetotifeno a 0,05% e o cloridrato de olopatadina a 0,1% quando instilados duas vezes ao dia durante 30 dias, são eficazes e seguros no alívio dos principais sintomas das conjuntivites alérgicas.

    Abstract in English:

    Purpose: To evaluate and compare the efficacy and tolerance to the topical use of 0.05% ketotifen fumarate and 0.1% olopatadine hydrochloride in the treatment of patients with allergic conjunctivitis. Methods: A masked, randomized clinical study was performed in order to compare the efficacy, safety and side effects of the use of 0.05% ketotifen fumarate and 0.1% olopatadine hydrochloride ophthalmic solutions for the alleviation of symptoms and signs in patients with allergic conjunctivitis. Thirty-four patients, fulfilling the inclusion criteria of the protocol were divided into two groups and received a flask with the masked drug, instilling one drop twice daily in each eye for 30 days. Signs and symptoms of these patients were evaluated on a visit before treatment and on five visits during the treatment (days 1, 2, 7, 14 and 30). Results: Severity of allergic conjunctivitis was the same in both studied groups. Both ketotifen and olopatadine were equivalent and efficient regarding decrease in itching, burning and lacrimation symptoms. Bulbar conjunctival hyperemia was attenuated in both groups. Evaluation of adverse reactions showed the occurrence of burning on administration of both drugs and ketotifen led to occurrence of itching. No hypersensitivity reaction to the studied drugs was observed. Conclusions: This study evidences that 0.05% ketotifen fumarate and 0.1% olopatadine hydrochloride ophthalmic solutions, when instilled twice daily for 30 days, were efficient and safe regarding alleviation of the main symptoms and signs of allergic conjunctivitis.
  • Ultrasound findings in clinical suspected endophthalmitis Artigos Originais

    Adan, Consuelo Bueno Diniz; Blay, Doris; Yu, Maria Cecília Zorat; Freitas, Denise de; Allemann, Norma

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Apresentar os achados ultra-sonográficos em olhos com suspeita clínica de endoftalmite. Métodos: Estudo prospectivo (agosto/97 a abril/99) de olhos com suspeita clínica de endoftalmite infecciosa. Utilizou-se ultra-sonografia ocular (sonda de 10 MHz, modos A e B) com técnica de contato direto (UltraScan®, Alcon). Resultados microbiológicos da punção da câmara anterior e/ou vítreo, quando presentes, foram anexados à ficha ultra-sonográfica, por ocasião do estudo dos casos. Resultados: Foram estudados 25 olhos (pacientes entre 2 e 79 anos). A fonte de infecção foi exógena em 23 e endógena em 2. Das exógenas, 12 pacientes tinham história de cirurgia prévia (7 pós-cirurgia de catarata com implante de LIO, 4 pós-cirurgia de glaucoma, 1 pós-transplante de córnea), 6 referiam história de trauma perfurante, 4 apresentavam úlcera de córnea e 1 fora submetido a sutura de córnea e extração do cristalino após trauma penetrante. Dos casos de etiologia metastática, 1 paciente era diabético e 1 era imunodeprimido. A presença de ecos membranáceos e/ou puntiformes foi a alteração ultra-sonográfica comum a todos os pacientes. Em 2 casos, os ecos tênues e simétricos em relação ao olho normal contralateral possibilitaram afastar a hipótese de comprometimento vítreo. O grau de acometimento do vítreo pareceu ser proporcional à densidade dos ecos membranáceos. A condensação dos ecos, a mobilidade em bloco e a presença de cavitações ou vacúolos denotaram severidade do quadro. Outras alterações ultra-sonográficas comuns foram: espessamento global da coróide (12 casos), descolamento de coróide (8 casos) e retina (5 casos), impregnação da membrana hialóide (4 casos) e comprometimento orbitário (1 caso). Não foi possível correlacionar os achados ultra-sonográficos aos agentes etiológicos. Conclusão: A ultra-sonografia, um método não-invasivo e de fácil acesso, demonstrou ter valor nos casos com suspeita clínica de endoftalmite, principalmente quanto ao grau de comprometimento do segmento posterior.

    Abstract in English:

    Purpose: To determine ultrasonographic findings in patients with clinical diagnosis of endophthalmitis, a severe purulent inflammatory reaction confined to the interior of the eye. Methods: Ultrasound examination was performed (10MHz transducer, UltraScan® ALCON), during the period of 1997 to 1999. Results: We analyzed 25 eyes with a clinical diagnosis of endophthalmitis (23 exogenous, 2 endogenous). Twelve (12/23) were post-surgery (7 post-cataract surgery, 4 post-glaucoma surgery and 1 post-keratoplasty). Six followed penetrating trauma and 4 were after corneal ulcer. One patient had corneal suture and cataract surgery after penetrating trauma. Two of them presented low-reflectivity echoes, similar to the normal vitreous, and endophthalmitis was ruled out at that time. Twenty-three cases presented (at different degrees) vitreous involvement with low-mobility dense membranes, vitreous organization and vitreous cavitation. Diffuse choroidal thickening (12 cases), choroidal and/or retinal detachment (8 and 5 cases) and orbital abscess (1 case) were found. Conclusions: Ultrasound examination is important to help in clinical suspected endophthalmitis in order to determine the involvement of the posterior segment.
  • Conditions of contact lens fitting and sale by optician stores São Paulo state Artigos Originais

    Kara José, Andrea Cotait; Cunha, Kátia Gargiulo da; Malta, João Baptista Nigro Santiago; Gomes, Ana Carolina Marcelo; De Novelli, Fernando José

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Avaliar as condições de adaptação e venda de lentes de contato (LC) em óticas de quatro cidades do Estado de São Paulo, Brasil. Métodos: Realizou-se estudo por meio de respostas a um questionário aplicado por quatro estudantes de Medicina em óticas situadas em várias cidades do Estado de São Paulo. Foram obtidos dados sobre a necessidade da apresentação de receita médica para a compra das LC, os tipos de LC vendidas/adaptadas, o profissional que orienta a venda e/ou adaptação, os equipamentos usados no teste de tolerância, a conduta do cliente diante de complicações quando da adaptação da LC ou durante o uso, orientação quanto a possíveis sinais e sintomas de perigo, as doenças que contra-indiquem o uso e a higiene do usuário, as horas de uso e a possibilidade de pernoite. Resultados: Das 198 óticas pesquisadas, 121 (61,11%) vendem LC. Não foi necessária receita médica para a compra das lentes em 112 óticas (92,56%), sendo que nessas, a graduação era determinada pela medida dos óculos em 69 (61,61%) casos e por relato verbal em 28 (25,00%) casos. Quanto aos equipamentos, 102 (91,07%) óticas possuíam lensômetro; 41 (36,61%) possuíam ceratômetro e 14 (12,50%), lâmpada de fenda. Lentes descartáveis hidrofílicas foram encontradas para venda/adaptação em 66 (54,55%) óticas; lentes hidrofílicas de uso prolongado ou diário em 68 (56,20%) e lentes rígidas, em 54 (44,63%). Em 103 (85,12%) óticas, foram feitos testes de tolerância, sendo os responsáveis pelo atendimento e pela monitorização dos testes os profissionais autodenominados contatólogos em 78 (64,46%) dessas óticas, balconista em 20 (16,53%), óptico em 12 (9,92%) e oftalmologistas em 9 (7,44%). Quanto às complicações na adaptação, em 66 (54,55%) óticas, afirmou-se que elas só ocorreriam, se evidenciadas no teste de tolerância; em 35 (28,93%), aconselhou-se tratamento com oftalmologista e em 20 (16,53%), sugeriu-se o retorno à ótica para indicação de tratamento. Em apenas 15 (13,39%), o profissional orientou quanto à possível sintomatologia de perigo e em 13 (11,61%), preocupou-se com doenças que contra-indicassem o uso de LC. Em 105 (93,75%) óticas, a orientação foi insuficiente em relação à higiene com as LC, às horas de uso e à possibilidade de pernoite. Conclusão: Das 198 óticas pesquisadas, 61,11% vendem lentes de contato, sendo que em 92,56% não foram solicitadas receitas médicas; 14,88% não fizeram qualquer tipo de teste de tolerância e as óticas restantes (85,12%) fizeram testes normalmente insuficientes para detecção de alterações induzidas por LC. Não houve preocupação com contra-indicações, sinais e sintomas de perigo nem avaliação de possíveis complicações pela presença das LC e conduta em caso de sua ocorrência, além dos cuidados mínimos de higiene durante o teste de tolerância. O profissional responsável pela adaptação (autodenominado contatólogo, balconista, ótico; ou oftalmologista) não forneceu orientação adequada sobre o uso e, em muitos casos, não deu orientação em relação à higiene.

    Abstract in English:

    Purpose: To evaluate contact lens (CL) adaptation and sales in optician stores of 4 cities in São Paulo State, Brazil. Methods: A study was performed in view of the answers to a questionnaire applied by four medical students to optician stores selling contact lenses in four cities of the state of São Paulo. The researchers evaluated the need of medical prescriptions for contact lens sales, the specialist in charge of selling and/or adapting contact lenses, the types of lenses sold/adapted, the equipment used in the contact lens tolerance test, the patient's behavior facing contact lens complications during adaptation or during its use; the information given about possible signs and symptoms of risk and the patient's hygiene, as well as the number of hours of contact lens wear and their wearing during sleep. Results: Of the 198 investigated optician stores, 121 (61.11%) sell contact lenses. In 112 (92.56%) of the stores, medical prescription was not required for the purchase of lenses. In these stores, the contact lens degrees were determined by measuring glass lenses in 69 (61.61%) of the cases and by verbal report in 28 (25.00%) cases. Concerning equipment, 102 (91.07%) of the stores had lensometers, 41 (36.61%) had keratometers and 14 (12.50%) had slit lamp. Soft disposable contact lenses were displayed for sale/adaptation in 66 (54.55%) of the stores, so were soft extended and daily use contact lenses in 68 (56.20%) stores and hard contact lenses, in 54 (44.63%) stores. In 103 (85.12%) stores, tolerance test was done, and the responsible persons for seeing the patient and for monitoring were professionals who called them selves contact lens fitters in 78 (64.46%) of these stores, the shop assistant in 20 (16.53%), the optician in 12 (9.92%) and the ophthalmologist in 9 (7.44%). As to complications due to contact lens adaptation, 66 (54.55%) stores mentioned that they would happen only if they happened on the tolerance test; in 35 (28.93%) stores, an ophthalmologist was advised for treatment and in 20 (16.53%) stores, a return was suggested for information on treatment. Only in 15 (13.39%) stores, professionals warned about possible risk symptoms and in 13 (11.61%) stores, they were concerned about diseases, which contraindicate contact lens wear. In 105 (93.75%) of the stores, professionals did not pay full attention to contact lens hygiene, wearing hours and lens wearing during sleep. Conclusion: Of the 198 investigated stores, 61.11% sell contact lenses, and 92.56% did not require medical prescription; 14.88% did not perform any kind of tolerance test and the remaining 85.12% performed tests which are normally not sufficient to detect alterations induced by contact lenses. There was no concern about contraindications, risk signs and symptoms, evaluation of possible complications resulting from contact lens wear. Neither was there concern about the least hygiene care during the tolerance test. Professionals, who call themselves contact lens fitters, shop assistants, opticians and ophthalmologists, which were responsible for adaptation give no appropriate instructions about contact lens wear and, in many cases, none about contact lens hygiene.
  • Amniotic membrane in the treatment of post-trabeculectomy complications Artigos Originais

    Gomes, José Álvaro Pereira; Fernandes, Luiz Henrique Schurig; Komagome, Ciro Massayuki; Höfling-Lima, Ana Luísa; Prata Jr., João Antônio

    Abstract in Portuguese:

    Métodos: Quatro olhos de 4 pacientes que apresentavam complicações pós-trabeculectomia com mitomicina-A (vazamento de humor aquoso com teste de Seidel +, 3 olhos, e bolha hiperfiltrante, 1 olho) foram submetidos à cirurgia para reconstrução da bolha filtrante com uso de membrana amniótica. Resultados: A média do tempo de seguimento foi de 5,75 meses (variação de 2 a 9 meses). Conseguiu-se resolução do quadro em todos os casos, sendo que em 1 caso necessitou-se de aplicação de cola e lente de contato para resolução do quadro. Em média, a epitelização ocorreu em 14,75 dias (variação de 8 a 21 dias). A acuidade visual melhorou em apenas 1 paciente e manteve-se inalterada nos outros 3 casos. Após as cirurgias, a pressão intra-ocular manteve-se sob controle com uso de medicação antiglaucomatosa tópica em todos os pacientes. Conclusão: O uso de membrana amniótica constitui uma opção viável para o tratamento do vazamento do humor aquoso e bolha hiperfiltrante pós-trabeculectomia resistentes ao tratamento convencional. Mais casos são necessários para melhor avaliar e refinar a técnica operatória.

    Abstract in English:

    Methods: Four eyes of 4 patients presenting post-trabeculectomy with mitomycin-A complications (leaking blebs, 3 eyes, and inadvertent filtering bleb, 1 eye) underwent bleb reconstruction with amniotic membrane. Results: Mean follow-up time was 5.75 months (range, 2 to 9 months). Complete resolution was achieved in all cases. In one case it was necessary to add cyanoacrylate tissue adhesive and place a therapeutic contact lens. The epithelialization occurred within 14.75 days (range, 8 to 21 days). Visual acuity improved in 1 patient and did not change in the other 3 cases. Intraocular pressure remained under control in all patients with the additional use of topical antiglaucomatous medication. Conclusions: The use of amniotic membrane seems to represent a viable option for the treatment of post-trabeculectomy leaking and inadvertent filtering blebs that were resistant to conventional therapy. More cases are necessary for further analysis and to refine the technique.
  • Evaluation of changes due to aging in normal lens Artigos Originais

    Grandberg, Lucila; Forseto, Adriana dos Santos; Souza, Renate Ferreira de; Nosé, Regina Menon; Nosé, Walton

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Avaliar alterações do cristalino relacionadas à idade, em olhos normais, analisando-se sua densidade e espessura, além da profundidade da câmara anterior (PCA). Métodos: Foram estudados 120 olhos de 60 pacientes hígidos por meio do sistema Scheimpflug. Os pacientes foram distribuídos em 6 grupos: Grupo I, 10 a 19 anos; Grupo II, 20 a 29 anos; Grupo III, 30 a 39 anos; Grupo IV, 40 a 49 anos; Grupo V, 50 a 59 anos ; e Grupo VI, 60 a 69 anos. Foram analisadas as seguintes variáveis: profundidade da câmara anterior, densidade do cristalino (DC) e espessura do cristalino (EC). Para avaliação da densidade, o cristalino foi dividido em 5 áreas: cápsula anterior, córtex anterior, núcleo, córtex posterior e cápsula posterior. Estas variáveis foram correlacionadas com a idade. Resultados: A profundidade da câmara anterior diminuiu, ao passo que a espessura do cristalino aumentou com o envelhecimento. A densidade do cristalino aumentou com a idade em todas as áreas estudadas, exceto na cápsula posterior, onde ocorreu diminuição nos valores. Quando correlacionadas idade e densidade do cristalino observou-se forte correlação positiva nas seguintes áreas: cápsula anterior (r = 0,78; p<0,001), córtex anterior (r = 0,87; p<0,001), núcleo (r = 0,88; p<0,001) e córtex posterior (r = 0,70; p<0,001). A correlação entre idade e DC na área capsular posterior foi negativa (r = -0,62; p<0,001). Encontrou-se correlação significante entre idade e EC (r = 0,73; p<0,001). Os coeficientes de correlação para PCA e EC (r = -0,60; p<0,001) e PCA e idade (r = -0,34; p<0,001) foram negativos. Conclusões: Este estudo mostrou, por meio do sistema Scheimpflug, as alterações da profundidade da câmara anterior, densidade do cristalino e espessura do cristalino decorrentes do envelhecimento. Deve-se ter atenção com estas mudanças relacionadas à idade na realização de estudos envolvendo drogas anticataratogênicas, drogas tóxicas ao cristalino e pacientes com catarata.

    Abstract in English:

    Purpose: To evaluate the changes due to aging in normal human lens density and thickness, and in anterior chamber depth. Methods: Using Scheimpflug image processing, 120 eyes of 60 patients were examined. The patients were divided into 6 groups, namely, Group I, 10 to 19 years old; Group II, 20 to 29 years old; Group III, 30 to 39 years old; Group IV, 40 to 49 years old; Group V, 50 to 59 years old; and Group VI, 60 to 69 years old. Anterior chamber depth, density and thickness of lens were analyzed. The densitometry was performed dividing the lens into five areas: anterior capsular (area 1), anterior cortical (area 2), nuclear (area 3), posterior cortical (area 4) and posterior capsular (area 5). These were correlated with age. Results: The anterior chamber depth decreased and the lens thickness increased with age. The lens density also increased with age, except in area 5, where values decreased. There was a strong positive correlation between increasing age and the density in all lens areas (area 1: r = 0.78, p<0.001; area 2: r = 0.87, p<0.001; area 3: r = 0.88, p<0.001; and area 4: r = 0.70, p<0.001) except in the posterior capsular area, where correlation was negative (area 5: r = -0.62; p<0.001). In addition, there was a significant correlation between increasing age and lens thickness (r = 0.73; p<0.001). Correlation between age and anterior chamber depth (r= -0.34; p<0.001) was negative. The correlation coefficient for lens thickness and anterior chamber depth was also negative (r = -0.60; p<0.001). Conclusions: This study shows changes due to aging in human lens density and thickness as well as in anterior chamber depth using Scheimpflug system. These findings should be considered when studying anticataractogenic drugs, cataractogenic potential of drugs and cataract patients.
  • Retrospective study of penetrating keratoplasty at the Santa Casa of Porto Alegre Artigos Originais

    Fabris, Caroline; Corrêa, Zélia Maria S.; Marcon, Alexandre S.; Castro, Terla Nunes de; Marcon, Ítalo Mundialino; Pawlowski, Cristiane

    Abstract in Portuguese:

    Objetivos: Traçar o perfil clínico e social dos pacientes submetidos a transplante de córnea e avaliar as principais indicações desses transplantes, tempo de espera para doação e os índices de sucesso, rejeição e falência dos transplantes penetrantes de córnea. Métodos: Foram analisados retrospectivamente os prontuários de 87 pacientes submetidos a transplante penetrante de córnea no Serviço de Oftalmologia da Santa Casa de Porto Alegre entre janeiro de 1990 e dezembro de 1998, totalizando 91 olhos. Destes, 56 pacientes foram chamados para avaliação clínica do enxerto durante o levantamento de dados para este estudo. Resultados: Considerando-se os 91 transplantes (87 pacientes), 53 (60,9%) foram realizados em pacientes do sexo masculino e 34 (39%), do sexo feminino. A idade variou de 3 a 89 anos, com média de 42,3 ± 19,8 anos. As principais indicações para transplante de córnea foram ceratocone em 32 (35%) olhos, ceratopatia bolhosa (pós-facectomia, distrofia de Fuchs e outros) em 24 (26,4%), trauma mecânico em 9 (9,9%), causas infecciosas em 9 (9,9%), queimadura química em 2 (2,2%), queimadura térmica em 1 (1,1%) e outras causas em 14 (15,4%) olhos. O tempo médio de espera por doação de córnea foi de 17,3 ± 9,9 meses. Do total de 91 olhos transplantados, 25 (27,5%) apresentaram rejeição e 12 (13,2%) olhos apresentaram falência do transplante. Conclusões: Este estudo mostrou a epidemiologia dos pacientes transplantados. A falta de dados seriados devido à alta precoce e perda de acompanhamento dos pacientes tornou impossível a análise e a comparação dos resultados pós-operatórios com outros estudos.

    Abstract in English:

    Purpose: To describe the clinical and social profile of recipient patients of transplanted corneas, and to evaluate main indications for corneal transplants, waiting time for donor tissue, and percentages of success, rejection and failure of penetrating keratoplasty. Methods: Retrospective chart review of 87 patients submitted to penetrating keratoplasty at the Santa Casa of Porto Alegre, between January, 1990 and December, 1998 totalling 91 eyes. Fifty-six of these patients were called at the time of data analysis, for a clinical evaluation of the graft. Results: Of the 91 keratoplasties in 87 patients, 53 (60.9%) were performed in males and 34 (39%) in females. The age of these patients varied between 3 and 89 years, with an average of 42.3±19.8 years. The main indications for penetrating keratoplasty at this Ophthalmology Department was keratoconus in 32 (35%) eyes, bullous keratopathy (after cataract extraction, Fuchs dystrophy, etc) in 24 (26.4%), mechanical trauma in 9 (9.9%), infection in 9 (9.9%), chemical burn in 2 (2.2%), thermal burn in 1 (1.1%) and other causes in 14 (15.6%) patients. The waiting time for donor tissue was 17.3±9.9 months. Of the 91 studied keratoplasties, 25 (27.5%) presented with rejection and 12 (13.2%) patients presented corneal graft failure. Conclusions: This study showed the epidemiology of patients submitted to penetrating keratoplasties. It was not possible to analyze postoperative results and to compare them with other studies since there were no available data due to premature discharge or loss of follow-up of patients.
  • Reações iniciais do paciente infanto-juvenil ante a indicação de cirurgia de estrabismo Artigos Originais

    Regina, Maria Cristina Oliveira; Carvalho, Keila Monteiro de; Silva, Rodolfo José Rodrigues da

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: O presente trabalho pretendeu identificar as principais reações de crianças em face de cirurgia de estrabismo resultantes de sua imediata e recente indicação em consulta médica. Métodos: Pesquisa - Ação. Resultados: Ansiedade e medo foram os mais importantes sentimentos encontrados. Parecem ser sustentados por conceitos parciais formados sobre cirurgia a partir do estágio de desenvolvimento cognitivo e emocional das crianças. Motivação própria ou pessoal para a cirurgia somente mostrou-se reconhecível entre sujeitos mais velhos: a partir de 9 anos de idade. Crianças com menos idade têm seu desejo/motivação para cirurgia, mesclado, ou até mesmo confundido, com os objetivos dos adultos que as rodeiam, especialmente os pais. Conclusões: O significado especial destes dados nos remete à função simbólica. Ela deve ser considerada para o preparo psicológico das crianças para cirurgia, em ambas as direções: no âmbito cognitivo e emocional/afetivo.

    Abstract in English:

    Purpose: To identify the principal reactions of children facing strabismus surgery information as a result of its immediate and recent indication on medical consultation. Methods: Intervention/Action during Research; interview after surgery indication. Results: Anxiety and fear were the most important feelings encountered. They were sustained by partial concepts formed about surgery due the different levels of cognitive development of the children. The motivation for the surgery itself was only recognized among subjects older than 9 years. Children with less age had their surgery motivation mixed with the adults' purposes, especially parents, around them. Conclusions: The special meaning of this data seems to be that the symbolic function should be considered to psychologically prepare children for the surgery, in both directions: cognitive and emotional representation.
  • Alport syndrome: report of a case of total recovery Relatos De Casos

    Silvestrim, Maria Cristina; Ferreira, Déborah; Cohen, Jacob

    Abstract in Portuguese:

    Os autores relatam um caso de paciente do sexo masculino, 27 anos, com síndrome de Alport. Anteriormente ao tratamento cirúrgico do déficit visual por facoemulsificação e implante de lente intra-ocular, o paciente tinha sido submetido a transplante renal com recuperação total da função do órgão. Acuidade visual do paciente após o tratamento foi de 20/20 em ambos os olhos. Descrevem sucintamente a etiopatogenia, sinais clínicos e critérios diagnósticos da síndrome.

    Abstract in English:

    The authors report the case of a 27-year-old male patient with Alport syndrome. Prior to the surgical treatment of the visual deficit by phacoemulsification of the lens and IOL implantation, the patient had been submitted to renal transplantation with total recovery of renal function. Visual acuity post-surgery was 20/20 in both eyes. The authors present a short description of the etiopathology, clinical signs and diagnostic criteria of the syndrome.
  • Retinopathy associated with the use of didanosine Relatos De Casos

    Muralha, Acácio; Reisner, Márcio L.; Curi, André L. L.

    Abstract in Portuguese:

    Os autores descrevem um caso de paciente adulto infectado com o vírus da imunodeficiência humana (HIV) que apresentou retinopatia tóxica secundária ao uso da didanosina (DDI). A didanosina é inibidor da transcriptase reversa utilizado no tratamento da síndrome da imuno-deficiência adquirida (AIDS). A associação da didanosina com retinopatia é bem estabelecida em crianças, porém é bastante rara em adultos.

    Abstract in English:

    The authors report a case of an adult patient infected with the human immunodeficiency virus (HIV) who presented with retinal toxicity due to didanosine. Didanosine is a reverse transcriptase inhibitor used in AIDS treatment. The association of didanosine and retinal toxicity is well established in children although it is very rare in adults.
  • Congenital VI nerve palsy Relatos De Casos

    Vadas, Marcelo Francisco Gaal; Barcellos, Ronaldo Boaventura

    Abstract in Portuguese:

    Os autores relatam caso de uma criança de 2 anos com hipótese diagnóstica de paresia de VI nervo esquerdo, congênita. O paciente foi submetido a cirurgia no olho esquerdo, com amplo retrocesso do reto medial e grande ressecção do reto lateral, sendo que as características peroperatórias e resultado cirúrgico reforçam a hipótese diagnóstica inicial.

    Abstract in English:

    The authors report a case of a 2-year-old child with a probable diagnosis of congenital left VI nerve palsy. Surgical correction was performed OS: large medial rectus recession and large lateral rectus resection were carried out. Findings during surgery and final outcome support the diagnosis of congenital VI nerve palsy.
  • Would Ancylostoma caninum be one of the agents of diffuse unilateral subacute neuroretinitis (D.U.S.N) in Brazil? Relatos De Casos

    Casella, Antônio Marcelo Barbante; Machado, Roberto Augusto; Tsuro, Andréa; Hato, Maurício; Costa, Rogério; Farah, Michel Eid

    Abstract in Portuguese:

    Os autores apresentam um caso de neurorretinite subaguda difusa unilateral (D.U.S.N) confirmada com a identificação da larva em uma criança de 6 anos associada a quadro de larva migrans cutânea, bem como a análise de outros sete casos de D.U.S.N. e sua associação sorológica à toxocaríase e antecedentes de larva migrans cutânea. Este é o primeiro caso descrito na literatura de D.U.S.N. concomitante a larva migrans cutânea na fase ativa.

    Abstract in English:

    The autors present a confirmed case of diffuse unilateral subacute neuroretinitis (D.U.S.N.) with identification of the worm in a 6-year-old child with symptoms of cutaneous larva migrans, as well as analysis of 7 other cases of D.U.S.N. and association with cutaneous larva migrans or positive sorology for Toxocara canis. This is the first described case in the literature of the association between D.U.S.N. and cutaneous larva migrans in its active form.
  • Congenital myasthenia gravis and external ophthalmoplegia Relatos De Casos

    Moreira, Ana Tereza Ramos; Ruthes, Hilton Iran; Bigolin, Silvane

    Abstract in Portuguese:

    A miastenia gravis é uma doença crônica, caracterizada por fatigabilidade anormal de músculos estriados, podendo acometer grupos musculares isolados ou tornar-se generalizada. Os autores descrevem um caso de miastenia gravis congênita generalizada e oftalmoplegia parcial em um paciente de 10 anos de idade, portador de sintomas sistêmicos motores e de ausência na adução, abdução e elevação em ambos os olhos e com ptose palpebral bilateral, sendo reduzida à função de infraversão. O paciente foi diagnosticado aos dois anos e seis meses, sendo iniciado tratamento com piridostigmina em doses subterapêuticas, sem alteração importante no quadro clínico. Aos quatro anos de idade, procurou esta instituição, sendo ajustada à dose da medicação, seguindo-se melhora significativa dos sintomas motores sistêmicos, melhora parcial da ptose palpebral e sem alteração na oftalmoplegia externa.

    Abstract in English:

    Myasthenia gravis is a chronic disease characterized by abnormal fatigability of striated muscles which may involve isolated muscle groups or become generalized. The authors report a case of generalized congenital myasthenia gravis and partial ophthalmoplegia involving a 10-year-old boy with systemic symptoms of absence of adduction, abduction and elevation in both eyes and with bilateral palpebral ptosis, and reduced infraversion function. The patient was diagnosed at two years and six months of age, when treatment with pyridostigmine was started at subtherapeutic doses, with no significant changes in clinical signs and symptoms. At four years of age, the patient was taken to this institution and the dose of his medication was adjusted, with significant improvement of systemic motor systems, partial improvement of palpebral ptosis, and no change in external ophthalmoplegia.
  • Accommodation Atualização Continuada

    Sá, Luís Carlos F. de; Plutt, Mauro
  • Fitting rigid contact lenses in astigmatic patients Atualização Continuada

    Giovedi Filho, Renato
  • Dando Aulas Carta Ao Editor

    Chamon, Wallace; Schor, Paulo
Conselho Brasileiro de Oftalmologia Rua Casa do Ator, 1117 - cj.21, 04546-004 São Paulo SP Brazil, Tel: 55 11 - 3266-4000, Fax: 55 11- 3171-0953 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abo@cbo.com.br