• Fatores de impacto, outros índices bibliométricos e desempenhos acadêmicos Editorial

    Bicas, Harley E. A.; Rother, Edna Terezinha; Braga, Maria Elisa Rangel
  • Modelos experimentais de deficiência limbar em coelhos: análise clínica Artigos Originais

    Parente, Daniel Ramos; Silva, Maria Rosa Bet de Moraes; Silva Júnior, Raimundo Gerônimo da; Marques, Mariângela de Alencar

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Comparar em coelhos três modelos experimentais de destruição das células germinativas (CG) do limbo corneano quanto a aspectos clínicos. Métodos: Foram utilizados 54 coelhos, 108 olhos, subdivididos em 3 grupos experimentais: (G1), (G2) e (G3), cada um formado pelos OE de 18 coelhos, submetidos às técnicas experimentais (T1), (T2) e (T3), respectivamente, e um grupo controle, formado pelos 54 olhos contralaterais (OD). Nas três técnicas foi utilizado o n-heptanol. Na T1, o n-heptanol foi aplicado por 5 minutos, para remoção do epitélio límbico. Na T2, além da aplicação do n-heptanol, realizou-se peritomia e remoção da conjuntiva perilímbica até 4 mm do limbo, juntamente com a escarificação do tecido episcleral. Na T3, além dos procedimentos da T2, foi realizada dissecção lamelar do limbo abrangendo aproximadamente 1,5 mm na periferia da córnea e 2 mm na superfície escleral. Em todas as córneas dos animais foram estudados seis parâmetros clínicos: neovascularização, perda da transparência, irregularidade da superfície, reparação epitelial, erosão ou defeito epitelial, granuloma e outras lesões corneanas. Resultados: A neovascularização corneana iniciou-se mais precocemente com a T1 e T2; ocorreu em 100% dos casos com as três técnicas, de forma não homogênea, variando de leve a intensa; permaneceu estável a partir do 28º dia até o final do experimento (56º dia), foi maior nos quadrantes superior e inferior e menor nos quadrantes nasal e temporal. A perda da transparência e a irregularidade da superfície corneana foram menores com a T1 que com a T2 e T3, que foram similares entre si. Houve, nas três técnicas experimentais, latência de três dias para o início da reepitelização, que se completou com a T1 no 7º dia e com a T2 e T3 no 14º dia. Erosão epitelial corneana e granuloma corneano foram encontradas de forma similar nas três técnicas experimentais. Conclusões: A T2 e T3 mostraram-se adequadas como possíveis modelos de ampla remoção das CG límbicas, levando a resultados similares nos diversos parâmetros estudados. A T1 se mostrou adequada como modelo de remoção parcial do epitélio límbico. Ocorreu conjuntivalização e neovascularização nas três técnicas experimentais.

    Abstract in English:

    Purpose: To compare the clinical aspects of three experimental models of limbal stem cell (SC) deficiency in rabbits. Methods: In the present study, 54 rabbits (108 eyes) were divided into 3 experimental groups - (G1), (G2) and (G3). Each group consisted of 18 rabbits. The left eyes were submitted to 3 different experimental techniques - (T1), (T2) and (T3), respectively. A control group was formed with the 54 remaining eyes (RE). In all 3 techniques n-heptanol was used. In T1, the epithelium was removed by applying n-heptanol for 5 minutes. In T2, the n-heptanol application was followed by a 360º conjunctival peritomy at 4 mm beyond the limbus and scraping of the episcleral tissue. In T3, besides the procedure followed in T2, a lamellar dissection towards the limbus was performed, including 1.5 mm of the peripheral cornea and 2 mm of the scleral surface. Six clinical parameters of the corneas were studied: neovascularization, opacity, surface irregularity, epithelial wound healing, epithelial erosion, presence of granuloma and other injuries. Results: Corneal neovascularization started earlier in G1 and G2. It occurred heterogeneously, ranging from mild to intense, in 100% of the cases. It remained stable from the 28th day up to the end of the experiment (56th day). It was more intense in the upper and lower corneal quadrants and less intense in the nasal and temporal quadrants. Corneal opacity and irregularity of the corneal surface were less intense in G1 than in G2 and G3, which were similar. Reepithelialization started after a 3-day latency period in all the animals submitted to the three experimental techniques and was complete on day 7 in G1 and day 14 in G2 and G3. The rate of occurrence of corneal epithelial erosion and corneal stromal granuloma were similar in the 3 groups. Conclusions: T2 and T3 seemed to be suitable experimental models for total limbal stem cell deficiency and most of the parameters showed similar results. T1 was found to be an appropriate model for the partial-thickness removal of limbal SC. Conjunctivalization and neovascularization occurred in all experimental models.
  • Transplante autólogo de limbo conjuntival e de limbo córneo-conjuntival no tratamento das queimaduras químicas oculares em coelhos Artigos Originais

    Rymer, Samuel; Burnier, Miguel; Marinho, Diane; Kwitko, Sérgio; Belfort Jr., Rubens; Rohe, Daniela

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Analisar e comparar a recuperação da córnea após queimadura química ocular, em olhos de coelhos tratados com transplante autólogo de limbo conjuntival e limbo córneo-conjuntival. Métodos: Um total de 35 coelhos foi submetido a uma queimadura química unilateral da córnea e limbo, com solução de hidróxido de sódio (NaOH) 1 mol -1. Após 30 dias da queimadura, foram constituídos 3 grupos. Os coelhos do Grupo 1(12) não foram operados e foram utilizados como controle. Os coelhos do Grupo 2 (12) foram submetidos a um transplante autólogo, utilizando limbo conjuntival do olho contralateral. Os coelhos do Grupo 3 (11) foram submetidos a um transplante autólogo, utilizando limbo córneo-conjuntival do olho contralateral. Foram estudados os seguintes itens: indução e regressão da neovascularização corneana, tempo de reepitelização corneana, alteração da transparência corneana e estudo do fenótipo corneano, empregando-se métodos de rotina hematoxilina-eosina (HE), método do ácido periódico - Schiff (PAS) e reação da peroxidase-antiperoxidase (PAP), utilizando anticorpos monoclonais. Resultados: Não houve diferenças estatisticamente significantes, nas variáveis estudadas, quando comparados os dois grupos operados. Houve diferenças estatisticamente significantes, em todas variáveis estudadas, quando comparados os grupos operados com o grupo controle. Notou-se diminuição gradativa do número de células caliciformes, reconhecidas pelo PAS e aumento gradativo do número de células epiteliais corneanas, reconhecidas pelo anticorpo monoclonal AE5, configurando-se, aos 90 dias de pós-operatório, um fenótipo predominantemente epitelial corneano na superfície corneana, independentemente da técnica cirúrgica utilizada. O grupo controle mostrou extensa necrose do epitélio corneano em todos os casos. Conclusões: Os transplantes autólogos de limbo conjuntival e de limbo córneo-conjuntival produziram os mesmos resultados clínicos e fenotípicos epiteliais em um modelo experimental de queimadura química em olhos de coelhos, configurando-se, aos 90 dias de pós-operatório, um fenótipo predominantemente epitelial corneano. O grupo controle mostrou defeitos epiteliais persistentes, aumento da neovascularização corneana, diminuição da transparência e fenótipo da superfície corneana tipicamente conjuntival.

    Abstract in English:

    Purpose: To compare corneal recovery after ocular chemical burn in rabbit eyes treated with conjunctival limbus or keratoconjunctival limbus autografts. Methods: Thirty-five rabbits underwent a unilateral ocular chemical burn, including the cornea and the limbus, applying a NaOH 1 mol -1 solution. After 30 days, a conjunctival limbus autograft from the contralateral eye was performed in Group 2 (12 eyes); a keratoconjunctival limbus autograft from the contralateral eye was performed in Group 3 (11 eyes) and no surgeries were carried out in the control group (Group 1). Statistical analysis regarding induction and regression of corneal neovascularization, time for corneal re-epithelialization, rate of corneal transparency was performed. The corneal surface phenotype was also analyzed by monoclonal antibodies (AE-5). Results: After 90 days of follow-up, improvement of corneal transparency, decreased corneal neovascularization and corneal re-ephitelialization were significantly associated with limbal transplantation, carried out in Groups 2 and 3. The control group (Group 1) showed epithelial necrosis in all cases. Corneal surfaces of the operated eyes (Groups 2 and 3) showed a gradual decrease of goblet cells, a gradual increase of corneal epithelial cells, and postoperative stabilization after 30 days. Conclusions: Conjunctival limbus and keratoconjunctival limbus autografts produced the same clinical and epithelial phenotype results in an experimental model of chemical burns in rabbit eyes.
  • Genetic aspects of strabismus

    Ferreira, Rosane da Cruz; Oelrich, Faye; Bateman, Bronwyn

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Avaliar aspectos genéticos em estrabismo. Métodos: Foram realizados exames oftalmológicos e ortópticos prospectivamente em 110 propósitos estrábicos e 478 familiares. Foram usados 3 diferentes critérios no diagnóstico de estrabismo: diagnóstico primário (dx1) foi definido como qualquer desvio horizontal ou vertical manifesto, diagnóstico secundário (dx2) incluiu esoforias (> 7 dioptrias prismáticas) ou exoforia (< 9 dioptrias prismáticas) e diagnóstico terciário (dx3), que incluiu amplitudes de fusão anormal, relação convergência acomodativa/acomodação (CA/A) elevada, estereopsia anormal, síndrome de monofixação, e teste das 4 dioptrias prismáticas e teste de Maddox anormais. A análise dos resultados foi por meio da avaliação dos pedigrees segundo o tipo de união. Resultados: As hipóteses de herança autossômicas dominantes ou recessivas sem casos esporádicos foram rejeitadas. Baseado no dx1, 25% das famílias tiveram mais de um indivíduo afetado e houve transmissão vertical em 13%; adicionando o dx2, foi encontrado que 36% das famílias tinham mais de um membro afetado e houve transmissão vertical em 21%; e adicionando dx3, 73% das famílias tinham mais de um membro afetado e houve transmissão vertical em 51% delas. Conclusão: Existem evidências que apontam para um padrão compatível com herança autossômica dominante na maioria das famílias.

    Abstract in English:

    Purpose: To evaluate the genetic aspects of strabismus. Methods: Ophthalmic and orthoptic evaluations were performed prospectively on 110 strabismic probands and 478 relatives. We used 3 different criteria in the diagnosis of strabismus: primary diagnosis (dx1) defined as any manifest horizontal or vertical deviation, a secondary diagnosis (dx2) including esophoria (>7 prism diopters) or exophoria (>9 prism diopters), and a tertiary diagnosis (dx3) including abnormal fusional amplitudes, accommodative convergence/accommodation (AC/A) ratio, and/or stereopsis; monofixation syndrome; 4 prism diopters base out; and/or abnormal Maddox test responses. Analyses were carried out within mating types. Results: Hypotheses of autosomal dominant or recessive inheritance with no sporadics were rejected. Based on the dx1, 25% of the families had more than one individual affected and there was vertical transmission in 13%; adding dx2 there were 36% of the families with more than one affected and 21% had vertical transmission; and adding dx3, there were 73% with more than one affected and 51% with vertical transmission. Conclusions: There is evidence for a pattern consistent with an autosomal dominant form of strabismus in most families.
  • Estudo comparativo entre técnicas para fixação de placa metálica em esclera de coelhos Artigos Originais

    Abreu, Sandra Lucia Dias Ramos de; Bicas, Harley E. A.

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Comparação entre dois diferentes métodos para fixação escleral de placa metálica em coelhos, utilizando-se adesivo de cianoacrilato e fio de sutura Mersilene<FONT FACE=Symbol>ã</FONT> 6.0. Métodos: Vinte e sete coelhos adultos foram operados sob anestesia geral e seus olhos foram examinados quanto à reação inflamatória ocular no 8º, 23º e 38º dia de pós-operatórios. Foi estudada a aderência da placa à esclera por meio das forças de tração tangencial e perpendicular. Resultados: Sinais clínicos de reação inflamatória estiveram presentes até o 23º dia em todos os olhos e foram levemente mais intensos nos olhos que usaram cianoacrilato. Exame microscópico mostrou reações até o 38º dia em todos os olhos. Diferentes forças de tração foram aplicadas nas placas e variavam de 20 a 80 gf. Forças de tração de 80 gf não produziram descolamento em todas as placas até o 38º dia. Conclusões: A fixação da placa metálica na esclera em coelhos pode ser obtida com a utilização do fio de sutura ou do adesivo de cianoacrilato.

    Abstract in English:

    Purpose: To study two different methods of metal plate fixation: cyanoacrylate adhesive and Mersilene<FONT FACE=Symbol>Ó</FONT> 6.0 sutures. Methods: 27 adult rabbits were operated under general anesthesia and the eyes were later examined in order to determine the amount of inflammation. This was done on the 8th, 23rd and 38th day. The adherence of the plate to the sclera was also studied under different perpendicular and tangential traction forces. A comparison was made with a control group. Results: Clinical signs of inflammatory reaction were found in all eyes in up to the 23rd day and were slightly more intense in the eyes where cyanoacrylate was used. Microscopical signs of inflammation persisted up to 38th day. Different traction forces were applied to the plates and varied from 20 to 80 gf. The latter were unable to detach the plate from the sclera in all eyes at the end of the 38 days. Conclusions: The fixation of metal plates on the scleral surface is a feasible method and can be performed using suture fixation or cyanoacrylate glue.
  • Topografia da córnea após perfuração ocular Artigos Originais

    Jankov, Mirko; Reggi, José Ricardo de Abreu; Lui Netto, Adamo; Naufal, Sandra Cayres; Dantas, Paulo Elias Corrêa; Dantas, Maria Cristina Nishiwaki

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Estudar a topografia de córnea após perfurações oculares grau 1. Métodos: Por meio de estudo clínico transversal controlado, foram realizados exames de topografia computadorizada de córnea (topógrafo EyeTech CT-2000) em ambos os olhos em 21 pacientes que haviam sido atendidos e submetidos à correção cirúrgica de perfuração corneana em um dos olhos pela equipe do Pronto Socorro do Departamento de Oftalmologia da Santa Casa de São Paulo no período de janeiro a dezembro de 1998. Os olhos contralaterais formaram o grupo controle. Resultados: Quinze pacientes (71%) apresentaram lesões menores que 4 mm. O astigmatismo topográfico no grupo de olhos perfurados foi 2,66 ± 2,64 D, e 0,52 ± 0,25 D no grupo controle. Ao comparar distribuição dos pacientes com astigmatismo topográfico maior ou menor que 2,00 D nas categorias do tamanho médio e da configuração da lesão, observaram-se diferenças estatisticamente significativas (p=0,04 e p=0,02 respectivamente). A localização não mostrou diferença estatisticamente significativa (p=1,00). Não houve diferença estatisticamente significativa (p=0,98) entre o poder dióptrico corneal de olhos perfurados e do grupo controle. A distribuição, quanto ao padrão topográfico corneal, foi semelhante no grupo de olhos perfurados, grupo controle, bem como na literatura. Melhor acuidade visual corrigida melhor ou igual a 0,5 foi encontrado em 81% dos pacientes. Conclusões: O astigmatismo topográfico resultante de lesão de córnea foi maior que o do grupo controle, porém não houve mudança qualitativa do padrão topográfico destes olhos, excluindo os casos de topografia irregular. Confirma-se a correlação do astigmatismo topográfico com o tamanho da lesão, reafirmando-se o tamanho crítico de 4 mm. Perfurações grau 1 têm bom prognóstico visual, ao passo que pior prognóstico é esperado para padrões topográficos irregulares ou lesões maiores que 4 mm.

    Abstract in English:

    Purpose: To analyze the corneal topography after grade I ocular perforating injuries. Methods: Twenty-one patients, attended and operated at the Department of Ophthalmology of Santa Casa de Sao Paulo during the year 1998, were included into this controlled clinical transversal study. Computerized corneal topography was performed using the EyeTech CT-2000 Corneal Topographer. Fellow eyes formed the control group. Results: Fifteen patients (71%) had wounds less than 4 mm. The mean corneal topographic astigmatism was 2.66 ± 2.64 D in the group of perforated eyes, and 0.52 ± 0.25 D in the control group. Statistically significant differences were found comparing the distribution of the patients with topographic corneal astigmatism higher or lower than 2.00 D in the categories of medium corneal wound size (p=0.04) and wound conformation (p=0.02). Localization showed no statistical difference (p=1.00). No statistically significant difference (p=0.98) was found comparing the mean corneal power in the group of perforated eyes with the control group. The final distribution of the topographic corneal pattern showed similarity between the group of perforated eyes and the control group, as well as that of the literature data. Best-corrected visual acuity better or equal to 0.5 was found in 81% of the patients. Conclusions: The topographic astigmatism resulting from corneal laceration was larger than that in the control group, although there was no qualitative change concerning topographic pattern in these eyes, having excluded the cases with irregular topography. Correlation between the final astigmatism and the wound size was found, confirming the critical size of 4 mm. Grade I ocular perforating injuries show good visual outcome, which is not the case with irregular topography or wounds larger than 4 mm.
  • Tratamento cirúrgico da catarata pediátrica Artigos Originais

    Katina, Jacqueline H.; Lyra, João Marcelo de Almeida Gusmão; Souza, Charles Demo; Trindade, Fernando Cançado

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Descrever as diferentes abordagens dos casos cirúrgicos de catarata pediátrica (CP) em pacientes do Serviço de Córnea e Catarata do Hospital São Geraldo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), no período de junho de 1998 a novembro de 2000. Métodos: Foram estudados prospectivamente 37 olhos de 31 crianças. Trinta e cinco olhos (94,6%) apresentavam catarata congênita e dois olhos (5,4%) catarata traumática. A abordagem cirúrgica variou de acordo com a idade dos pacientes, que foram divididos nos seguintes grupos: Grupo I (abaixo de 1 ano de idade): facectomia por aspiração manual, sem implantação de lente intra-ocular (LIO) com capsulotomia posterior primária, nos primeiros 2 olhos; capsulorrexe posterior primária (CPP) nos demais, e vitrectomia anterior (VA) via límbica em todos. Grupo II: (entre 1 e 5 anos de idade): facectomia por aspiração manual, com implantação de LIO com CPP e VA via límbica. Grupo III: (entre 1 e 5 anos de idade): facectomia por aspiração manual, com implantação de LIO, capsulotomia posterior primária e VA via pars-plana. Grupo IV: (acima de 5 anos de idade): facectomia por aspiração manual, com implantação de LIO sem capsulotomia/CPP e VA. Para confecção da capsulorrexe anterior e posterior (quando indicada), também foi utilizado aparelho de radiofreqüência. A capsulotomia posterior primária era realizada com vitreófago do aparelho de facoemulsificação Universal -- Alcon. Resultados: LIO foi implantada em 31 olhos (83,8%), sendo que 28 (90,3%) dentro do saco capsular e 3 (9,7%) no sulco ciliar. O seguimento pós-operatório variou entre 2 e 27 meses. No grupo IV, houve opacificação secundária da cápsula posterior em 53,8 % dos casos (7 olhos), sendo estes submetidos a capsulotomia com YAG-laser. Conclusão: O uso da radiofreqüência na realização da capsulorrexe anterior e CPP, assim como a VA melhoraram o resultado cirúrgico da CP.

    Abstract in English:

    Purpose: Cases of pediatric cataract were assessed at the Department of Cornea and Cataract of the São Geraldo Eye Hospital, Federal University of Minas Gerais, from June 1998 to November 2000. Methods: Thirty-seven eyes of 31 patients were prospectively analyzed. Thirty-five eyes (94.6%) had congenital cataract and 2 eyes (5.4%) had traumatic cataract. The surgical approach depended on the age of the patients. Patients were classified into the following groups: Group I: (under 1 year of age): manual aspiration of the crystalline lens, with no intraocular lens (IOL) implantation with primary posterior capsulotomy in two eyes; and primary posterior capsulorhexis (PPC) in four eyes and anterior vitrectomy (AV) through limbus in all cases. Group II: (from 1 to 5 years of age): manual aspiration of the crystalline lens with IOL implantation with PPC and AV through limbus. Group III: (from 1 to 5 years of age): manual aspiration of the crystalline lens with IOL implantation with posterior primary capsulotomy and AV through pars-plana. Group IV: (over 5 years of age): manual aspiration of the crystalline lens with IOL implantation without capsulotomy/PPC and AV. In some cases anterior and posterior capsulorhexis were performed utilizing radiofrequency. The primary posterior capsulotomy was performed utilizing the vitreofagus of the Universal -- Alcon phacoemulsificator. Results: IOL implantation was performed in 31 eyes (83.8%): 28 (90.3%) in-the-bag implantation and 3 (9.7%) in the ciliary sulcus. The follow-up period varied from 2 to 27 months. In group IV, 53.8% (7 eyes), had secondary capsular opacification, which underwent YAG laser capsulotomy. Conclusion: Use of the radiofrequency for anterior capsulorhexis and PPC as well as the AV improved the surgical outcome of pediatric cataract.
  • Braquiterapia com Cobalto 60 para o tratamento do melanoma da úvea: análise dos fatores prognósticos para melhor resposta local Artigos Originais

    Chojniak, Martha Motono; Erwenne, Clelia Maria

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Determinar fatores prognósticos para resposta tumoral local ao tratamento do melanoma uveal por braquiterapia com cobalto 60, segundo parâmetros clínicos e próprios deste método. Métodos: Avaliamos os índices de controle tumoral, complicações, doença metastática e sobrevida global em 69 portadores de melanoma uveal tratados por braquiterapia com cobalto 60 de novembro de 1988 a outubro de 1994, no Hospital do Câncer - A.C.Camargo de São Paulo. Confrontamos estes índices com diferentes características tumorais e da técnica de braquiterapia para determinação dos melhores fatores prognósticos. Resultados: Após o tratamento, 79,9% das lesões demonstraram diminuição da altura, 66,7% do diâmetro basal, e 37,2% da acuidade visual. Foram realizadas 16 (23,2%) enucleações, em média 21,1meses após o tratamento, 10 (62,5%) por falha no controle tumoral e 6 (37,5%) devido a complicações. O índice de doença metastática foi de 11,6% e o de sobrevida para 5 anos de 89,1%. O índice de complicação foi 76,8% e o de conservação do globo ocular foi 76,8%. Fatores prognósticos para maior índice de conservação associado a menor índice de complicações foram: tratamento de lesões com até 5mm de altura e 10 mm de diâmetro basal; dose apical maior que 12.000 cGy; taxa de dose apical maior que 45 cGy/h; dose basal menor que 25.000 cGy; taxa de dose basal menor que 120 cGy/h e atividade da placa menor que 2 mCi. O tempo de seguimento médio foi de 44,3 meses (10,1-114,3 m). Conclusão: Tamanho tumoral, atividade da placa, dose e taxa de dose devem ser cuidadosamente estudados no planejamento braquiterápico, para otimização do método.

    Abstract in English:

    Purpose: To determine prognostic factors for local control of uveal melanoma treated by brachytherapy with cobalt 60. Methods: We evaluated indexes of local tumor control, complications, metastatic disease and global survival in 69 uveal melanoma patients treated with brachytherapy with cobalt 60 from November 1988 to October 1994, at the Hospital do Câncer - A. C. Camargo, São Paulo. We confronted these indexes with different tumoral characteristics and brachytherapy techniques for the determination of the best prognostic factors. Results: After treatment decrease in height was observed in 55 (79.9%) lesions, in basal diameter in 46 (66.7%), and in visual acuity in 26 (37.2%). 16 (23.2%) eyes were later enucleated due to failure of tumor control in 10 (62.5%) or complications in 6 (37.5%); enucleations were performed on an average 21.1 months after treatment. The mean follow-up time was 44.3 months (10.1-114.3 months). Metastatic disease occurred in 8 (11.6%) patients and the overall five year survival was 89.1%. Complications occurred in 53 (76.8%) patients and eyeball conservation was accomplished in 53 (76.8%). Prognostic factors associated with eyeball conservation and lower complication indexes were: lesion thickness less than 5 mm; basal diameter less than 10 mm; apex doses higher than 12,000 cGy; apex dose tax higher than 45 cGy/h; basal dose lower than 25,000 cGy; basal dose rate lower than 120 cGy/h; and plaque activity lower than 2 mCi. Conclusion: Tumor size, plaque activity, basal and apex doses and dose rate should be carefully observed in brachytherapy for uveal melanomas in other to optimize its results.
  • Hipertensão e retinopatia hipertensiva Artigos Originais

    Sakata, Kenji; Sakata, Viviane; Barreto Jr., Jackson; Bottós, Kátia M.; Bottós, Juliana M.; Duarte Filho, Newton P.; Busatto, Daniele

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Avaliar a prevalência de retinopatia hipertensiva (RH) em pacientes hipertensos (controlados e não controlados) e normotensos na população acima dos 40 anos do município de Piraquara. Correlacionar os casos de alteração retiniana com o sexo, a raça e a idade do paciente. Métodos: Durante 1998 e 2000, foram examinados no Projeto Glaucoma da Universidade Federal do Paraná 1.954 pacientes. Destes, excluíram-se aqueles abaixo de 40 anos e os diabéticos, sendo que a população considerada para este estudo foi de 1.741 pacientes. O protocolo do projeto consiste de anamnese direcionada, aferição da pressão arterial (PA), glicemia por tiras reativas, PIO e fundoscopia direta e indireta. As alterações fundoscópicas pertinentes a retinopatia hipertensiva foram estudadas segundo a classificação de Gans e correlacionadas conforme mencionado anteriormente. Resultados: Dos 1.741 pacientes analisados, 669 (38,43%) são hipertensos, 645 (37,05%) normotensos e 427 (24,53%) suspeitos de hipertensão arterial sistêmica (HAS). Foram encontrados 211 (12,12%) pacientes com sinais de RH, sendo 136 (64,46%) do sexo feminino e 75 (35,54%) do sexo masculino; 134 (63,98%) de 40 a 60 anos e 77 (36,02%) com idade superior a 60 anos; predominando as raças branca (75,83%) e negra (11,37%). Do total de pacientes com RH, 154 (73%) eram hipertensos, 17 (2,64%) normotensos e 40 (9,37%) suspeitos de HAS. Dentre os hipertensos com PA controlada, 12,2% apresentavam sinais de retinopatia. Já dentre os hipertensos com PA não controlada, 25,3% apresentavam sinais da patologia. Conclusão: A prevalência de RH foi maior nos hipertensos comparativamente aos normotensos e suspeitos de HAS (p<0,001, OR=5,32). Os pacientes negros (p<0,05 e OR= 1,67), os hipertensos com PA não controlada (p<0,01, OR=2,44) e os acima de 60 anos (p<0,001, OR=1,85) apresentaram maiores chances de desenvolverem RH.

    Abstract in English:

    Purpose: To investigate the relationship between hypertensive retinopathy (HR) and systemic hypertension (controled or not), gender, age and race. Methods: 1,954 patients who live in Piraquara, aged over 40 years were examined between 1998 and 2000, during a glaucoma, hypertension and diabetes screening program. Diabetics were excluded. Questionnaire, blood pressure, glycemia and IOP measurement, direct and indirect fundoscopy were performed for all 1,741 patients. Gans classification was used to study the retinal changes. Results: Considering 1,741 patients, 669 (38.43%) were hypertensive, 645 (37.05%) normotensive and 427 (24.53%) suspected of having hypertension. HR was found in 211 patients (12.12%). 136 (64.46%) were female and 75 (35.54%) male; 135 (63.98%) aged between 40-60 years and 76 (36.02%) aged over 60 years; 75.83% were white and 11.37% black; 154 (73%) were hypertensive, 17 (2.64%) normotensive and 40 (9.37%) hypertension suspects. 12.2% and 25.3% of the hypertensive patients under treatment or not, respectively, had signs of HR. Conclusion: The prevalence of HR was predominant in hypertensive patients comparing to normotensive and hypertension suspects (p<0.001, OR=5.32). Hypertensive patients without blood pressure control (p<0.01, OR=2.44), aged over 60 years (p<0.001, OR=1.85) and/or black ones (p<0.05 e OR= 1.67) are at increased risk to develop HR.
  • Eletrorretinograma: considerações a respeito dos limites de normalidade e comparação entre valores normais de dois diferentes laboratórios Artigos Originais

    Paranhos, Flávio Rocha Lima; Paranhos Jr., Augusto; Nehemy, Márcio Bittar

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Comparar os valores dos limites de normalidade da amplitude e tempo de culminação do eletrorretinograma (ERG) de 2 laboratórios diferentes. Métodos: Dados normativos do ERG disponibilizados pelo fabricante de aparelhos de eletrofisiologia com o programa UTAS (LKC Technologies), que incluíam 110 indivíduos normais de 22 a 79 anos de idade, foram comparados com valores normais de nosso laboratório publicados anteriormente, referentes a 42 indivíduos normais com idades variando de 6 a 72 anos, cujo exame foi realizado em um dos modelos LKC (EPIC 2000). O método de registro do ERG foi o de estimulação simples ("single flash") e seguiu as recomendações da ISCEV (International Society of Clinical Electrophysiology of Vision). Resultados: Todos os parâmetros do ERG, tanto de amplitude quanto de tempo de culminação, com exceção da amplitude dos potenciais oscilatórios (p = 0,0779) e do tempo de culminação da onda-b da resposta máxima combinada (p = 0,7771), foram significativamente (p < 0,0001) diferentes. Conclusão: Cada laboratório de eletrofisiologia deve ter seus próprios parâmetros de normalidade, os quais podem ser resultado do intervalo de confiança de 95% da média de sua amostra de normais, ou os percentis 2,5 e 97,5. No primeiro caso os limites serão bastante estreitos, aumentando a sensibilidade do teste, ocorrendo o inverso no segundo.

    Abstract in English:

    Purpose: To compare the limits of normality of the electroretinogram (ERG) amplitude and implicit time of two different laboratories. Methods: Normative ERG data from LKC Technologies, which uses UTAS software were compared to normative data from our laboratory using LKC equipment (EPIC 2000). The former included 110 normal subjects with ages ranging from 22 to 79 years and the latter included 42 normal subjects ranging from 6 to 72 years of age. Single flash ERG using ISCEV (International Society of Clinical Electrophysiology of Vision) recommended routine with ERG-jet contact lens electrodes were performed in both laboratories. Results: All ERG amplitude parameters, as well as all implicit times were significantly different (p< 0.0001) between both laboratories with the exception of the oscillatory potentials' amplitudes (p = 0.0779) and the b-wave implicit times of the maximal combined response (p = 0.7771). Conclusions: Each electrophysiology laboratory should have its own normal limit standardization, which can be determined either by the 95% confidence interval of its normal data sample, or the 2.5 and 97.5 percentiles. The former is narrower and therefore more sensitive, the latter has a much broader range and therefore is significantly less sensitive.
  • Estudo do raspado de conjuntiva e margem palpebral de pacientes tratados de retinoblastoma: etapa I - Microflora aeróbica Artigos Originais

    Santos, Maria Carmen Menezes; Santos, Gilda da Cunha; Vozza, João Antônio; Medeiros, Nivaldo; Erwenne, Clélia Maria

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: A queixa de secreção ocular é muito freqüente entre os pacientes tratados de retinoblastoma submetidos à enucleação e radioterapia. A falta de dados sobre a microflora em pacientes nessas condições foi o que motivou este estudo. Métodos: Foram examinadas 114 órbitas de 58 pacientes. Este trabalho apresenta os resultados das culturas para bactérias aeróbicas e fungos, de conjuntiva e margem palpebral em 4 condições, com e sem enucleação, com e sem radioterapia. Procedeu-se à identificação dos microrganismos de acordo com o Protocolo do National Committee for Clinical Laboratory Standards e os esfregaços para citologia foram submetidos às colorações de Gram e Leishman. Resultados: A presença de microrganismos foi mais freqüente nas cavidades anoftálmicas irradiadas, tanto na conjuntiva (54,5%) quanto na margem palpebral (63,6%), porém sem diferença estatisticamente significante. Além disso, em órbitas com bulbo ocular, a radiação, na fase tardia, representou um fator limitante da presença de microrganismos na conjuntiva e na margem palpebral, mas sem diferença estatisticamente significante. O Staphylococcus coagulase negativa foi o microrganismo mais freqüente na conjuntiva e margem palpebral de todos os grupos. Houve crescimento de fungo, Candida tropicalis, em apenas um caso. Conclusões: Sugere-se o uso de colírios antibióticos em pacientes tratados de retinoblastoma, portadores de cavidade anoftálmica, irradiada ou não.

    Abstract in English:

    Purpose: Conjunctival discharge is a common complaint among patients treated for retinoblastoma who underwent enucleation and radiotherapy. Lack of data about the microflora in those patients motivated this study. Methods: One hundred and fourteen orbits of 58 patients were examined. The authors present the results of aerobic bacterial and fungal culture of conjunctival and eyelid margin smears, as well as conjunctival cytology, in 4 different conditions: with and without enucleation, with and without radiation. Microorganisms were identified according to the National Committee for Clinical Laboratory Standards, using Gram and Leishman staining. Results: Microorganisms were more frequent in irradiated anophthalmic sockets, both in the conjunctiva (54.5%) and eyelid margin (63.6%); however the difference was not statistically significant. On the other hand, in orbits with ocular bulbi, the radiation, in the late phase, represented a limiting factor for the presence of microorganims in the conjunctiva and eyelid margin, but without a statistically significant difference. The coagulase-negative Staphylococcus was the most frequent microorganism in the conjunctiva and eyelid margin in all groups. There was fungus growth, Candida tropicalis, in only one case. Conclusions: Topical antibiotics in patients treated for retinoblastoma who underwent enucleation, with or without radiotherapy, are suggested.
  • Urgência Oftalmológica: corpo estranho ocular ainda como principal causa Artigos Originais

    Araújo, Ângelo Augusto da Silva; Almeida, Davison Vieira; Araújo, Vitalina Martins de; Góes, Max Rollemberg

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Os distúrbios traumáticos constituem a grande maioria das urgências oftalmológicas. O conhecimento prévio dos fatores de risco epidemiológicos possibilita trabalhos de medicina preventiva, dentre outros. Este estudo avalia os motivos que conduzem os pacientes a procurarem um serviço de emergência oftalmológica. Métodos: Foram cadastrados, em um "software" exclusivo, os prontuários dos pacientes atendidos entre os dias 01/01/2000 e 20/10/2000 no Hospital Governador João Alves Filho, Aracaju / SE - Brasil. Selecionaram-se 859 pacientes, de acordo com critérios previamente estabelecidos, analisando as seguintes variáveis: sexo, idade, dia da semana, mês, diagnóstico e conduta médica adotada. Resultados: O sexo masculino representou 72% no total de atendimentos; o diagnóstico de trauma foi encontrado em 52% dos casos, sendo que 59,5% correspondiam ao corpo estranho ocular; as consultas nos dias úteis superaram em 62,5% as dos dias não-úteis. Conclusão: O sexo masculino demonstrou maior vulnerabilidade ao trauma, visto que a faixa etária mais acometida foi a economicamente ativa. A etiologia mais freqüente foi corpo estranho ocular e o atendimento em dias úteis foi maior do que nos dias não-úteis.

    Abstract in English:

    Purpose: The traumatic diseases constitute the great majority of ophthalmic emergencies. Previous knowledge of epidemiologic risk factors makes possible studies on preventive medicine, among others. This study has the aim to evaluate the reasons which lead to look for an ophthalmologic emergency unit. Methods: The data of patients attended at the "Hospital Governador João Alves Filho", Aracaju, SE -- Brazil, between January 1, 2000 and October 20, 2000, were registered according to their charts, using an exclusive software. 859 patients were selected according to previously established criteria and the following variables were analyzed: sex, age, day of the week, month, diagnosis and chosen medical treatment. Results: Males represented 72% of all cases; trauma diagnosis was established in 52% of the cases, 59.9% of them being ocular foreign bodies; cases on working days surpassed by 62.5% those on weekends. Conclusion: Males showed a greater vulnerability to trauma, since the more affected age range was that of the economically active. The most frequent etiology was ocular foreign body and the number of cases on working days was higher than that on weekends.
  • Efeito de drogas utilizadas no tratamento de hipertensão arterial sistêmica sobre a pressão intra-ocular: estudo experimental no cão Artigos Originais

    Hashimoto, Mitsuo; Silva, Maria Rosa Bet de Moraes; Teixeira Neto, Francisco José

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Estudar os efeitos de duas drogas utilizadas no tratamento de hipertensão arterial sistêmica (captopril e propranolol) sobre a pressão intra-ocular (PIO) e pressão de perfusão (PP) em cães anestesiados. Métodos: Foram estudados 24 cães, divididos em 3 grupos de 8. No primeiro grupo (GI), foi administrado captopril (um inibidor da enzima conversora de angiotensina) na dose de 1,5 mg/kg por via endovenosa. No segundo grupo (GII), foi administrado propranolol (um beta-bloqueador) na dose de 1,5 mg/kg por via endovenosa. O terceiro grupo (GIII) foi o grupo controle. A PIO e a pressão arterial média (PAm) foram medidas por manometria. A pressão de perfusão (PP) foi calculada pela diferença entre a PAm e a PIO. A freqüência cardíaca (FC) foi monitorada com oxímetro de pulso. Os parâmetros foram estudados em 6 momentos (0, 10, 30, 60, 90 e 120 minutos). Resultados: Houve redução estatisticamente significativa da PIO (p<0,05) nos grupos em que foram administrados captopril e propranolol, sem diferença entre as drogas. Com captopril, houve redução da PAm e da PP aos 10 e 30 minutos. Com propranolol, não houve redução da PAm ou da PP. Conclusão: Houve redução da PIO com uso do captopril e também do propranolol. Entretanto, a redução acentuada da PAm e da PP causadas pelo captopril, podem ser indesejáveis para a irrigação do nervo óptico.

    Abstract in English:

    Purpose: To study the effects of two drugs (captopril and propranolol) used in the treatment of systemic hypertension, on the intraocular pressure (IOP) of anesthetized dogs. Methods: 24 dogs, divided into 3 groups of 8 each. In the first group, 1.5 mg/kg IV of captopril (an angiotensin converting enzyme inhibitor) was administered. In the second group, 1.5 mg/kg IV of propranolol (a beta-blocker) was administered. The third group was the control. IOP and blood pressure (BP) were measured by manometry. The perfusion pressure was calculated by the difference between BP and IOP (BP-IOP). The parameters were studied at 6 moments (0, 10, 30, 60, 90 and 120 minutes). Results: There was significant reduction of IOP (p<0.05) with captopril and propranolol, without difference between the drugs. With captopril the BP and PP decreased markedly at 10 and 30 minutes. With propranolol there was no reduction of BP or PP. Conclusions: Captopril and propranolol reduced IOP. However, the marked reduction of BP, and consequently of PP caused by captopril may be undesirable for irrigation of the optic nerve.
  • Influence of patient race on the outcome of photorefractive keratectomy for myopia correction

    Cresta, Fernando Betty; MA, Steven; LaBree, Lauree D.; McDonnell, Peter J.

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Avaliar o efeito do fator racial nos resultados clínicos após cirurgia de excimer laser para correção da miopia e astigmatismo miópico. Métodos: Um total de 116 olhos de pacientes caucasianos, 16 olhos de pacientes asiáticos e 16 olhos de pacientes hispânicos submetidos a PRK foram avaliados retrospectivamente. Os procedimentos foram realizados pelo mesmo cirurgião usando um excimer laser (VISX) de 193 nm com 160 mJ/cm² de fluência e 6,5 Hz de taxa de repetição no Doheny Eye Institute. Durante 6 meses de pós-operatório, mudanças na acuidade visual sem correção (AVSC), refração e acuidade visual com correção (AVCC) foram avaliadas. Comparações pareadas entre as raças foram realizadas segundo a idade, grau esférico e cilíndrico usando testes t (amostras independentes), ao passo que AVSC e AVCC foram comparadas usando o teste exato de Fisher. O nível aceitável de significância para todos os testes foi de alfa= 0,05/3 = 0,0167. Resultados: As únicas diferenças encontradas foram no grupo asiático versus caucasiano com relação a acuidade visual corrigida de 20/15 (p=0,01) e no grupo asiático versus hispânico com relação a média do cilindro (p=0,04) no 3º mês pós-operatório. A comparação da média dos cilindros mostrou diferença estatisticamente significante no grupo asiático versus hispânico no 6º mês de pós-operatório (p=0,04). Após 6 meses do procedimento, 72,7% dos olhos dos pacientes asiáticos, 85,7% dos olhos dos pacientes hispânicos e 87,1% dos olhos dos pacientes caucasianos apresentaram acuidade visual sem correção de 20/40 ou melhor e a média do grau esférico e cilíndrico foi de (± SD): -- 0,55 (± 0,88) e 0,97 (± 0,79); --0,75 (± 1,24) e 0,40 (± 0,45); -- 1.21 (± 2,55) e 0,75 (± 0,89), respectivamente. Conclusão: Neste estudo não houve diferenças estatisticamente significantes entre os 3 grupos raciais relacionadas ao resultado visual final após ceratectomia fotorrefrativa. Estes resultados preliminares sugerem que os resultados clínicos do PRK não são significativamente afetados pela raça dos pacientes. Populações maiores e estudos com um acompanhamento mais prolongado são necessários para se determinar definitivamente se diferenças raciais existem.

    Abstract in English:

    Purpose: To examine the effect of patient race on clinical outcomes following excimer laser surgery for myopia and myopic astigmatism. Methods: A total of 116 eyes from Caucasian patients, 16 eyes from Asian patients and 16 eyes from Hispanic patients who underwent PRK were evaluated retrospectively. PRK procedures were performed by the same surgeon using a 193 nm argon- fluoride excimer laser (VISX) with 160 mJ/cm² fluence and a 6.5 Hz repetition rate at the Doheny Eye Institute. During 6 months of follow-up, changes in the uncorrected visual acuity (UCVA), refraction and spectacle-corrected visual acuity (SCVA) were evaluated. Pairwise comparisons between races were performed for age, sphere and cylinder using independent sample t tests, while UCVA and SCVA were compared using Fisher's exact tests. The accepted level of significance for all tests was alpha = 0.05/3 = 0.0167. Results: The only differences found were between the Asian versus Caucasian groups related to the spectacle-corrected visual acuity of 20/15 (p=0.01) and in the Asian versus Hispanic groups related to the mean cylinder (p=0.04) at 3 months postoperatively. The comparison of the mean cylinder showed a statistically significant difference between the Asian versus Hispanic groups at 6 months postoperatively (p=0.04). After 6 months, 72.7% of the eyes in the Asian group, 85.7% of the eyes in the Hispanic group and 87.1% of the eyes in the Caucasian group had uncorrected visual acuity of 20/40 or better and the mean sphere and cylinder (±SD) were: --0.55 (± 0.88) and 0.97 (± 0.79); --0.75 (± 1.24) and 0.40 (± 0.45); --1.21 (± 2.55) and 0.75 (± 0.89), respectively. Conclusion: In this study, there were no statistically significant differences between the three race groups related to the final visual outcome following photorefractive keratectomy. These preliminary results suggest that the clinical outcomes of PRK are not significantly affected by patient race. Larger populations and longer-term studies are needed to definitely determine whether racial differences exist.
  • Estudo da morfologia endotelial em usuários de lentes de contato acrílicas Artigos Originais

    Schaefer, Tânia Mara; Abib, Fernando Cesar; Barreto Junior, Jackson

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Demonstrar o risco dos usuários de lentes de contato acrílicas de desenvolverem polimegatismo, o que pode ser interpretado como indicativo de estresse endotelial. Métodos: Dados coletados de exames de microscopia especular realizados nos últimos 6 anos por um único examinador. Grupo estudo composto de 43 usuários de lentes de contato acrílicas; grupo controle formado por 34 ocorrências a partir da média etária do grupo estudo. Os exames foram realizados com microscópio especular de contato e análise semi-automatizada do mosaico endotelial. Resultados: Evidenciaram-se 29 (67,5%) usuários do sexo feminino e 14 (32,5%) do sexo masculino. A média etária no grupo estudo foi de 37,86±9,81 anos, no grupo controle 37,08±6,59 anos. O tempo médio de uso das lentes de contato foi de 17±7,5 anos. No grupo estudo 53,5% das ocorrências apresentaram polimegatismo, já no controle apenas 11,76%. Comparando-se os grupos encontrou-se odds ratio de 8,63 (2,33 < OR < 34,90) e valor calculado, não corrigido, do qui-quadrado de 14,52 para p<0,01. Dos 23 usuários com sofrimento endotelial, a forma leve foi encontrada em 6 (34,78%) casos, a moderada em 10 (43,47%) e a grave em 7 (21,74%). Conclusão: Determinou-se risco de desenvolver estresse endotelial 8 vezes maior para os usuários de lentes de contato acrílicas quando comparados com população de não usuários em mesma faixa etária.

    Abstract in English:

    Purpose: To demonstrate the risk of developing polymegathism in PMMA contact lens users which can be suggestive of endothelial stress. Methods: Data were obtained from patients who underwent corneal specular microscopy in the last 6 years by the same examiner. Patients were separated in two groups: one of 43 PMMA contact lens users and a control group of 34 patients with a mean age similar to the study group. A contact specular microscope was used and a semiautomated analysis of endothelium mosaic was made. Results: There were 29 (67.5%) females and 14 (32.5%) males in the study group. The mean age of the study group was 37.86±9.81 and 37.08±6.59 of the control group. The mean time of the lens use was 17±7.5 years. The study group had 53.5% polymegathism and only 11.76% in the control group. The odds ratio found was 8.63 (2.33 < OR < 34.90) and the estimated and uncorrected chi-square was 14.52 with a p<0.01. Among the 23 cases with polymegathism from the study group, 6 (34.78%) had minimal stress, 10 (43.47%) had moderate stress and 7 (21.74%) had marked stress. Conclusion: A 8 times higher risk was determined for hard contact lens users to develop endothelial stress compared to the control group of the same age.
  • Nucleodissecção & facoemulsificação Artigos Originais

    Freitas, Marcelo Siqueira de

    Abstract in Portuguese:

    O autor descreve uma técnica para dissecar o núcleo cataratoso em duas porções: uma externa, ou camada externa, e outra interna, ou núcleo interno. A camada externa é segmentada com a ponteira do facoemulsificador e o gancho de Sinskey ou um "chopper" e o núcleo interno luxado e emulsificado sempre em primeiro lugar. A emulsificação da camada externa originou dois modelos cirúrgicos, um para cataratas maduras e outro para cataratas moderadamente duras. Nas cataratas maduras, emulsificamos cada divisão da camada externa anterior e depois a porção posterior, deslocada para câmara anterior. Nas cataratas moderadamente duras, é possível separar um conjunto de lamelas formadas por fibras duras, tanto anteriores como posteriores das lamelas superficiais que permanecem protegendo a cápsula posterior. As lamelas duras são emulsificadas no espaço que surge depois da emulsificação do núcleo interno, que denominamos de espaço intranuclear. A nucleodissecção assim como os modelos cirúrgicos referidos mostraram-se de grande utilidade e são usados na nossa rotina cirúrgica.

    Abstract in English:

    The author describes a technique for dissection of the nucleus of the cataract into two parts: an external one or external layer, and an internal one or internal nucleus. The anterior portion of the external layer is divided into segmentes like a "pizza" with the phaco tip and a Sinskey hook or a "chopper" and the internal nucleus is dislocated and emulsified. The emulsification of the external layer gives rise to two different surgical models, one for mature and the other for moderately hard cataracts. In the case of mature cataracts we emulsify each segment of the anterior external layer and then the posterior portion, which has already been moved to the anterior chamber. In the case of moderately hard cataracts it is possible to separate a set of layers made of hard anterior and posterior fibers, emulsify them, and leave the superficial layers which continue to protect the posterior capsule. The hard layers are emulsified in the space, which is created by the emulsification of the internal nucleus, which we call the intranuclear space.
  • Descrição de nova distrofia macular associada à síndrome dos cabelos anágenos frouxos Artigos Originais

    Sato, Mário Teruo; Marzagão, Rodrigo; Graff, Christine; Arana, Jaime; Moreira, Ana Tereza Ramos; Pagnan, Nina Amália Brancia; Ribeiro, Enilze Maria de Souza Fonseca; Moreira Júnior, Carlos Augusto

    Abstract in Portuguese:

    Objetivos: Descrever os achados oftalmológicos, dermatológicos e de microscopia óptica (MO) e microscopia eletrônica de varredura (MEV) de nova distrofia macular associada à síndrome dos cabelos anágenos frouxos (SCAF). Métodos: Uma família de sete pacientes, quatro deles afetados, foi examinada. Os pacientes foram submetidos ao exame oftalmológico completo, teste de cores (Ishihara e Farnsworth D-15), ecografia, angiografia, exames laboratoriais e dermatológico, teste do suor, microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura dos fios de cabelo. Resultados: Em duas irmãs afetadas encontramos no fundo de olho dispersões pigmentares em pólo posterior da retina, com estafiloma da mácula. Em dois irmãos foram encontradas as mesmas dispersões pigmentares em pólo posterior, com maior pigmentação e coloração amarelada em área macular e sem estafiloma. A avaliação na microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura dos indivíduos afetados confirmou a SCAF. Em uma mulher e em um homem não afetados todos os exames foram normais, exceto que na MO e MEV encontramos algumas semelhanças com os indivíduos afetados. Quanto ao modo de herança, o heredograma é compatível com herança autossômica recessiva com expressão parcial no heterozigoto. Conclusões: Há somente um relato na literatura internacional da associação de SCAF e coloboma ocular. Neste trabalho descrevemos os achados de nova distrofia macular associada à síndrome dos cabelos anágenos frouxos, distrofia cujos achados fundoscópicos são diferentes entre homens e mulheres. Por se tratar do primeiro relato na literatura, os achados descritos sugerem fortemente que esta associação pode ser parte de uma nova entidade nosológica.

    Abstract in English:

    Purpose: To describe the ophthalmological, dermatological, light microscopy (LM) and scanning electron microscopy (SEM) findings of a new macular dystrophy associated with the loose anagen hair syndrome (LAHS). Methods: A family of seven patients, four of them affected, was examined. The patients underwent a complete ophthalmological examination, color test (Ishihara and Farnsworth D-15), ecography, angiography, laboratory and dermatological tests, sweat test, light microscopy and scanning electron microscopy of the hair. Results: In two affected sisters we found on eye fundoscopy pigmentary dispersions in the posterior pole of the retina, with macular staphyloma. In two brothers, the same pigmentary dispersions in the posterior pole was found, with more pigmentation and a yellow coloring in the macular area and without staphyloma. The light microscopy and scanning electron microscopy evaluation of the affected individuals confirmed loose anagen hair syndrome. In a not affected woman and man all examinations were normal, except the light microscopy and scanning electron microscopy that showed some similarities with the affected individuals. As for the way of inheritance, the pedigree is compatible with autosomal recessive inheritance with partial expression of the heterozygote. Conclusions: There is only one report in the international literature of loose anagen hair syndrome association with ocular coloboma. In this study we describe the findings of a new macular dystrophy associated with the loose anagen hair syndrome, a dystrophy whose fundoscopy findings are different between men and women. Since it is the first report in the literature, the described findings strongly suggest that this association can be part of a new nosological entity.
  • Termoterapia transpupilar como opção terapêutica para hemangioma circunscrito de coróide: relato de caso Relatos de Casos

    Roizenblatt, Jaime; Rosa, Alexandre Antonio Marques

    Abstract in Portuguese:

    Os autores descrevem um caso de hemangioma circunscrito de coróide, com descolamento de retina associado, tratado por meio de termoterapia transpupilar com laser de diodo. Os parâmetros utilizados foram: 900 mW, mira de 4,2 mm, tempo de 3 minutos, lente QuadrAspheric (Volk<FONT FACE=Symbol>â</FONT>) com fator de magnificação de 1,97. Um mês após o tratamento ocorreu redução significativa do hemangioma, com recuperação integral da visão deste olho. São feitas considerações a respeito do método, o qual mostra-se promissor no tratamento destes tumores vasculares.

    Abstract in English:

    The authors describe a case of a circumscribed choroidal hemangioma with secondary retinal detachment treated with transpupillary thermotherapy using diode laser. The settings were: 900 mW power, 4.2 mm spot, for 3 minutes, QuadrAspheric<FONT FACE=Symbol>Ò</FONT> lens (Volk<FONT FACE=Symbol>â</FONT>) with a magnification factor of 1.97. One month later, there was a significant shrinkage of the hemangioma with full recovery of vision in this eye. The authors discuss some aspects of this method, which seems promising in treatment of this vascular tumors.
  • Nevo palpebral dividido - "kissing nevus": relato clínico-patológico e tratamento cirúrgico de três casos Relatos de Casos

    Marback, Eduardo Ferrari; Nossa, Lívia Maria Bittencourt; Maciel, Carlos Freitas; Marback, Roberto Lorens

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo: Relatar aspectos clínico-patológicos e tratamento cirúrgico em três casos de nevo palpebral dividido -"kissing nevus". Métodos: Revisão dos prontuários de três pacientes portadores de nevo palpebral dividido. Análise dos aspectos clínico-patológicos, das técnicas cirúrgicas e resultados do tratamento. Resultados: A cura das lesões com bom resultado estético e funcional foi conseguida em todos os casos. Conclusões: A exérese do nevo palpebral dividido, em mais de um tempo cirúrgico utilizando deslizamento de retalhos cutâneos palpebrais e, em um caso, transplante de pele da pálpebra superior contralateral foi curativa nos três casos estudados.

    Abstract in English:

    Purpose: To describe the clinical and pathological aspects, surgical treatment and results of three cases of divided nevus -"kissing nevus"- of the eyelid. Methods: Review of the clinicopathological data and surgical techniques used to treat these patients. Results: Cure of the lesions with good esthetic and functional results were obtained in all cases. Conclusions: Surgical excision of the divided nevus of the eyelid in more than one surgical session using flaps from the adjacent skin, and in one case, a free skin graft from the contralateral superior lid, was curative in the studied three cases.
  • Neuro-Oftalmologia: sistema sensorial -- Parte II Revisão 1997 -- 1999 Atualização Continuada

    Lana-Peixoto, Marco Aurélio

    Abstract in Portuguese:

    Esta é a segunda parte de uma revisão da literatura do sistema visual sensorial. O autor seleciona artigos publicados na literatura entre os anos de 1997 e 1999 relacionados a neurorretinites, neuropatia óptica compressiva, tumores do nervo óptico, pseudotumor cerebral, neuropatias ópticas hereditárias, hipoplasia do nervo óptico, drusas do disco óptico, neuropatia óptica tóxica, neuropatia óptica traumática, outras neuropatias ópticas e doenças retinianas, doenças do quiasma óptico e do trato óptico, assim como alterações geniculares e retrogeniculares, incluindo os distúrbios visuais corticais. Os artigos são apresentados e comentados quanto às suas conclusões, alcance e relações com o conhecimento previamente estabelecido.

    Abstract in English:

    This is the second part of a review of papers on the visual afferent system published from 1997 to 1999. In this part the author presents the most important contributions made to areas such as neuroretinitis, optic nerve tumors, idiopathic intracranial hypertension, hereditary optic neuropathies, optic disc drusen, optic nerve hypoplasia, traumatic and toxic optic neuropathy as well as geniculate and retrogeniculate visual disorders. Selected papers are considered in relation to their results and previously established concepts.
Conselho Brasileiro de Oftalmologia Rua Casa do Ator, 1117 - cj.21, 04546-004 São Paulo SP Brazil, Tel: 55 11 - 3266-4000, Fax: 55 11- 3171-0953 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abo@cbo.com.br