Accessibility / Report Error

Organização e representação do conhecimento: um estudo aplicado aos documentos de gestão da qualidade

Knowledge management and representation: a study of quality management documents

Resumos

Este trabalho apresenta uma proposta de estrutura para organizar o conhecimento sobre materiais e serviços de construção utilizados por empresas de edificações. O trabalho tem início com uma revisão bibliográfica sobre a organização do conhecimento, utilizando o sistema de classificação facetado e as diretivas propostas pela norma ISO, para a classificação da informação na indústria da construção civil. Uma proposta de estrutura foi elaborada e aplicada na organização do conhecimento disponível no sistema de qualidade de uma pequena empresa construtora. A estrutura proposta pode ser considerada como uma estrutura genérica, que deverá ser adaptada por cada empresa interessada em aplicá-la. A ênfase do trabalho está na elaboração da estrutura segundo a classificação facetada, com o estabelecimento dos termos e conceitos relacionados a essa área do conhecimento. A proposta contribui para a reorganização e a otimização do conhecimento em construção civil, que se encontra disperso nas diversas áreas relacionadas à gestão da construção, sobretudo o conhecimento relativo aos materiais e serviços envolvidos no processo da construção.

Gestão da qualidade; Conhecimento; Classificação facetada


This paper proposes a structure for organizing knowledge on construction materials and services used by building companies. The paper begins with a review of the knowledge organization through the use of a faceted classification system, and the ISO standards directives for information classification in the construction industry. The proposed structure may be considered as generic, and must be adapted by a company that is interested in applying it. The paper emphasizes the creation of the structure according to the faceted classification by establishing terms and concepts related to this area of knowledge. The proposal contributes to reorganizing and optimizing knowledge in construction, which is scattered throughout several areas related to construction management, especially knowledge relevant to materials and services involved in the construction process.

Quality management; Knowledge; Faceted classification


ARTIGOS

Organização e representação do conhecimento: um estudo aplicado aos documentos de gestão da qualidade

Knowledge management and representation: a study of quality management documents

Maria Aparecida Steinherz HippertI; Ricardo Manfredi NaveiroII

IDepartamento de Construção Civil, Faculdade de Engenharia. Universidade Federal de Juiz de Fora. Rua José Lourenço Kelmer, s/n, Campus Universitário, Martelo. Juiz de Fora - MG - Brasil. CEP 36036-330. Tel.: (32) 3229-3405. E-mail: aparecida.hippert@ufjf.edu.br

IICOPPE, Programa de Engenharia de Produção Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rua Pedro Calmom, 550, Centro de Tecnologia, sala F-109 Cidade Universitária. Caixa-Postal: 68507. Rio de Janeiro - RJ - Brasil. CEP 21945-970. Tel.: (21) 2590-8817. E-mail: rnaveiro@poli.ufrj.br

RESUMO

ste trabalho apresenta uma proposta de estrutura para organizar o conhecimento sobre materiais e serviços de construção utilizados por empresas de edificações. O trabalho tem início com uma revisão bibliográfica sobre a organização do conhecimento, utilizando o sistema de classificação facetado e as diretivas propostas pela norma ISO, para a classificação da informação na indústria da construção civil. Uma proposta de estrutura foi elaborada e aplicada na organização do conhecimento disponível no sistema de qualidade de uma pequena empresa construtora. A estrutura proposta pode ser considerada como uma estrutura genérica, que deverá ser adaptada por cada empresa interessada em aplicá-la. A ênfase do trabalho está na elaboração da estrutura segundo a classificação facetada, com o estabelecimento dos termos e conceitos relacionados a essa área do conhecimento. A proposta contribui para a reorganização e a otimização do conhecimento em construção civil, que se encontra disperso nas diversas áreas relacionadas à gestão da construção, sobretudo o conhecimento relativo aos materiais e serviços envolvidos no processo da construção.

Palavras-chave: Gestão da qualidade. Conhecimento. Classificação facetada.

ABSTRACT

This paper proposes a structure for organizing knowledge on construction materials and services used by building companies. The paper begins with a review of the knowledge organization through the use of a faceted classification system, and the ISO standards directives for information classification in the construction industry. The proposed structure may be considered as generic, and must be adapted by a company that is interested in applying it. The paper emphasizes the creation of the structure according to the faceted classification by establishing terms and concepts related to this area of knowledge. The proposal contributes to reorganizing and optimizing knowledge in construction, which is scattered throughout several areas related to construction management, especially knowledge relevant to materials and services involved in the construction process.

Keywords: Quality management. Knowledge. Faceted classification.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Agradecimentos

À CAPES - Fundação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, pelo apoio concedido.

Recebido em 11/04/09

Aceito em 27/06/09

  • AMORIM, S. R. L.; CHERIAF, M. Sistema de Indexação e Recuperação de Informação em Construção Baseado em Ontologia. In: ENCONTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA CONSTRUÇÃO CIVIL, 3., 2007, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: ANTAC, 2007. 1 CD-ROM.
  • AMORIM, S. R. R.; PEIXOTO, L. A. CDCON: classificação e terminologia para a construção. In: BONIN, L. C.; AMORIM, S. R. L. (Org.). Coletânea Habitare: inovação tecnológica na construção habitacional. Porto Alegre: ANTAC, 2006. cap. 8, p. 189-219.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 8037: porta de madeira de edificação.Rio de Janeiro, 1983.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 8798: execução e controle de obras em alvenaria estrutural de blocos vazados de concreto. Rio de Janeiro, 1985.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10820: caixilho para edificação: janela. Rio de Janeiro, 1989.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10837: cálculo de alvenaria estrutural de blocos vazados de concreto. Rio de Janeiro, 1989.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10839: execução de obras de arte especiais em concreto armado e concreto protendido. Rio de Janeiro, 1989.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 13531: elaboração de projetos de edificações: atividades técnicas. Rio de Janeiro, 1995.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6122: projeto e execução de fundações. Rio de Janeiro, 1996.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14037: manual de operação, uso e manutenção das edificações: conteúdo e recomendações para elaboração e apresentação. Rio de Janeiro, 1998.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7880: grade de tomada d'água para instalação hidráulica: terminologia. Rio de Janeiro, 2001.
  • ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO. Plano Estratégico para Ciência, Tecnologia e Inovação na Área de Tecnologia do Ambiente Construído com ênfase na Construção Habitacional Disponível em: <http://www.mct.gov.br/Temas/Desenv/ECIB/completo.pdf>. Acesso em: 15 maio 2002.
  • BAILEY, K. D. Typologies and Taxonomies: an introduction to classification techniques. Londres: Sage, 1994. 90 p.
  • BARBOSA, A. P. Classificações Facetadas. Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v. 1, n. 2, p. 73-81, 1972.
  • CAMPOS, M. L. de A. A Organização de Unidades do Conhecimento em Hiperdocumentos: o modelo conceitual como um espaço comunicacional para a realização da autoria. 2001. 186 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2001.
  • CDCON. O Projeto CDCON: desenvolvimento de terminologia e codificação de materiais e serviços para construção. Rio de Janeiro: [s.n.], 2003. 56 p.
  • CEFET. Dicionário da Construção Disponível em: <http://www.cefet-se.com>. Acesso em: 15 maio 2004.
  • CHANDRASEKARAN, B.; JOSEPHSON, J. R.; BENJAMINS, V. R. What Are Ontologies, and Why Do We Need Them? IEEE Intelligent Systems & Their Applications, v. 14, n. 1, p. 20-26, jan./feb. 1999. Disponível em: <http://funnynoodle.com/soonho/meeting/021703/chandra99.pdf>. Acesso em: 27 mar. 2004.
  • CINTRA, M.A.H. Uma proposta de estrutura para organização do conhecimento na pequena empresa de edificações. 2005. 176 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Pordução) - COPPE, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2005.
  • DRUCKER, P. F. Post-Capitalist Society Nova York: Butterwoeth Heineman, 1993.
  • E-CIVIL. Dicionário on-line Disponível em: <http://www.ecivilnet.com/dicionario/>. Acesso em: 20 maio 2004.
  • GONÇAVES, R. F. et al Um Modelo em UML para a Representação Sistêmica de Projetos em AEC.In: ENCONTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA CONSTRUÇÃO CIVIL, 3., 2007, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: ANTAC, 2007. 1 CD-ROM.
  • INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION. ISO/DIS 12006-2: organization of information about construction works, part 2: framework for object-oriented information exchange. Genebra, 1998.
  • PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. PMBOK: project management body of knowledge. Tradução de PMIMG. Belo Horizonte: Project Management Institute, 2000.
  • RABELO, P. F. R.; AMORIM, S. R. L. ONTOARQ: ontologia para arquitetura, engenharia e construção: visualização e gerenciamento na web. In: ENCONTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA CONSTRUÇÃO CIVIL, 3., 2007, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: Antac, 2007.
  • RANGANATHAN, S. R. Phelogema Library Classification Bombaim: Asis Publishing House, 1967.
  • ROMANO, F. V. Modelo de Referência para o Gerenciamento do Processo de Projeto Integrado de Edificações. 2003.Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003.
  • SANTOS, D. R. Padronização de Documentação de Projeto: contribuição para a modelagem do processo de projeto de edificações. 2004. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ, 2004.
  • SCHIMDT, W. L. Microtesauro Engenharia Civil Brasília: CNI/SENAI, 2000.
  • SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINSTRAÇÃO E PATRIMÔNIO. Manual de Obras Públicas: edificações: práticas da SEAP. Brasília, 2001.
  • STEWART, T. A. Capital Intelectual 7. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1998. 237 p.
  • TCPO 2000. Tabelas de Composição de Preços para Orçamentos São Paulo: Pini, 1999.
  • TRISTÃO, A. M. D. et al Sistema de Classificação Facetada: instrumento para organização da informação sobre cerâmica para revestimento. Informação e Sociedade: estudos,João Pessoa, v. 14, n. 2, p. 109-136, jul./dez. 2004.
  • YAZIGI, W. A Técnica de EdificarSão Paulo: Pini, 1998. 93 p.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    05 Set 2013
  • Data do Fascículo
    Mar 2010

Histórico

  • Aceito
    27 Jun 2009
  • Recebido
    11 Abr 2009
Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído - ANTAC Av. Osvaldo Aranha, 93, 3º andar, 90035-190 Porto Alegre/RS Brasil, Tel.: (55 51) 3308-4084, Fax: (55 51) 3308-4054 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: ambienteconstruido@ufrgs.br