Uma abordagem de inspiração humanizadora para o projeto de habitação coletiva mais sustentável

A humanizing approach towards more sustainable multifamily housing design

Raquel Regina Martini Paula Barros Sílvia Aparecida Mikami Gonçalves Pina Sobre os autores

Resumos

Este trabalho apresenta abordagem para o processo de projeto que relaciona conceitos humanizadores à qualidade ambiental do projeto de habitação coletiva. A concepção de um habitar mais humano e sustentável suscita engajamento teórico interdisciplinar como contribuição para o ato de projetar. Padrões selecionados, entre os identificados por Christopher Alexander e equipe em 1977, foram interpretados como parâmetros projetuais passíveis de serem abrangidos por conceitos humanizadores, cuja relevância foi verificada por meio da análise de um conjunto de projetos premiados. Tais conceitos requerem a compatibilização efetiva entre as diferentes possibilidades sugeridas individualmente pelos parâmetros projetuais e são igualmente fundamentais para a qualidade do projeto em seu todo. O caráter sintético e aberto da abordagem, somado às especificidades programáticas e locais, permite e recomenda outras contribuições para a consolidação de base humanizadora para o processo de projeto, fomentando o aprimoramento das soluções habitacionais coletivas mais sustentáveis.

Habitação coletiva; Processo de projeto; Humanização; Sustentabilidade


This study presents a design approach that relates humanizing concepts to the environmental quality of multifamily housing. The conception of a more humane and sustainable dwelling suggests interdisciplinary theoretical engagement as a contribution to the design process. Selected patterns among those identified by Christopher Alexander and colleagues in 1977 were interpreted as design parameters that can be comprised by humanizing concepts, whose relevance was verified through the analysis of a comprehensive set of award-winning designs. These concepts require effective compatibility among the different possibilities suggested by the design parameters, and are equally fundamental for design quality as a whole. The synthetic and open character of the approach, combined with programming and site specificities allow for and recommend further contributions towards the consolidation of a humanizing knowledge base for the design process that fosters the improvement of more sustainable multifamily housing solutions.

Multifamily housing; Design process; Humanization; Sustainability


Uma abordagem de inspiração humanizadora para o projeto de habitação coletiva mais sustentável

A humanizing approach towards more sustainable multifamily housing design

Raquel Regina Martini Paula BarrosI; Sílvia Aparecida Mikami Gonçalves PinaII

I Departamento de Arquitetura e Construção, Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Universidade Estadual de Campinas, Avenida Albert Einstein, 951, Cidade Universitária Zeferino Vaz, Barão Geraldo, Campinas - SP - Brasil, CEP: 13083-852, Tel.: (19) 35212392, Fax: (19) 35212411, E-mail: rpaulabarros@gmail.com

II Departamento de Arquitetura e Construção, Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Universidade Estadual de Campinas, E-mail: smikami@fec.unicamp.br,

RESUMO

Este trabalho apresenta abordagem para o processo de projeto que relaciona conceitos humanizadores à qualidade ambiental do projeto de habitação coletiva. A concepção de um habitar mais humano e sustentável suscita engajamento teórico interdisciplinar como contribuição para o ato de projetar. Padrões selecionados, entre os identificados por Christopher Alexander e equipe em 1977, foram interpretados como parâmetros projetuais passíveis de serem abrangidos por conceitos humanizadores, cuja relevância foi verificada por meio da análise de um conjunto de projetos premiados. Tais conceitos requerem a compatibilização efetiva entre as diferentes possibilidades sugeridas individualmente pelos parâmetros projetuais e são igualmente fundamentais para a qualidade do projeto em seu todo. O caráter sintético e aberto da abordagem, somado às especificidades programáticas e locais, permite e recomenda outras contribuições para a consolidação de base humanizadora para o processo de projeto, fomentando o aprimoramento das soluções habitacionais coletivas mais sustentáveis.

Palavras-chave: Habitação coletiva. Processo de projeto. Humanização. Sustentabilidade.

ABSTRACT

This study presents a design approach that relates humanizing concepts to the environmental quality of multifamily housing. The conception of a more humane and sustainable dwelling suggests interdisciplinary theoretical engagement as a contribution to the design process. Selected patterns among those identified by Christopher Alexander and colleagues in 1977 were interpreted as design parameters that can be comprised by humanizing concepts, whose relevance was verified through the analysis of a comprehensive set of award-winning designs. These concepts require effective compatibility among the different possibilities suggested by the design parameters, and are equally fundamental for design quality as a whole. The synthetic and open character of the approach, combined with programming and site specificities allow for and recommend further contributions towards the consolidation of a humanizing knowledge base for the design process that fosters the improvement of more sustainable multifamily housing solutions.

Keywords: Multifamily housing. Design process. Humanization. Sustainability.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Recebido em 17/04/2010

Aceito em 20/07/2010

  • ALEXANDER, C. A City is Not a Tree. Design, London, n. 206, p. 44-55, Feb. 1966.
  • ALEXANDER, C. Sustainability and Morphogenesis: the birth of a living world. Berkeley: Center for Environmental Structure, 2004. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2009.
  • ALEXANDER, C. et al. A Pattern Language: towns, buildings, construction. New York: Oxford University Press, 1977.
  • BARROS, R. R. M. P. Habitação Coletiva: a inclusão de conceitos humanizadores no processo de projeto. 2008. 398 f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) - Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008. Disponível em: <http://libdigi.unicamp.br/document/?code=000434038>. Acesso em: 06 mar. 2009.
  • BARROS, R. R. M. P.; PINA, S. A. M. G. Uma Abordagem de Inspiração Humanizadora para a Qualificação Espacial do Projeto de Habitação Coletiva. In: ENCONTRO NACIONAL E ENCONTRO LATINO-AMERICANO SOBRE EDIFICAÇÕES E COMUNIDADES SUSTENTÁVEIS, 5., 2009, Recife. Anais..., Porto Alegre: ANTAC, 2009a. 1 CD-ROM.
  • BARROS, R. R. M. P.; PINA, S. A. M. G. Uma Reflexão sobre Assentamentos Humanos Mais Sustentáveis: o projeto urbano Bairro Novo. In: ENCONTRO NACIONAL E ENCONTRO LATINO-AMERICANO SOBRE EDIFICAÇÕES E COMUNIDADES SUSTENTÁVEIS, 5., 2009, Recife. Anais..., Porto Alegre: ANTAC, 2009b. 1 CD-ROM.
  • BLOOMER, K.; MOORE, C. Body, Memory and Architecture New Haven: Yale University Press, 1978.
  • CARMONA, M. Housing Design Quality: through policy, guidance and review. New York: Spon, 2001.
  • COELHO, A. B. Habitação Humanizada: TPI 46. Lisboa: LNEC, 2007.
  • DOVEY, K. The Pattern Language and its Enemies. Design Studies, Oxford, v. 11, n. 1, p. 3-9, Jan. 1990.
  • FERNANDES, A. Construção Compartilhada. Arquitetura e Urbanismo, São Paulo, v. 172, jul. 2008. Disponível em: <http://www.revistaau.com.br/arquitetura-urbanismo/172/artigo95912-1.asp>. Acesso em: 20 abr. 2009.
  • FONSECA, N. A. et al Habitação popular: contraponto à massificação. Arquitetura e Urbanismo, São Paulo, n. 30, p. 48-62, jun./jul. 1990.
  • GRAUMANN, C. The Phenomenological Approach to People-Environment Studies. In: BECHTEL, R.; CHURCHMAN, A. Handbook of Environmental Psychology. New York: John Wiley & Sons, 2000. p. 95-113.
  • GROAT, L.; WANG, D. Architectural Research Methods New York: John Wiley & Sons, 2002.
  • HALL, E. The Hidden Dimension New York: Doubleday, 1966.
  • HESCHONG, L. Thermal Delight in Architecture 12. ed. Cambridge: MIT, 2002.
  • JACOBS, J. The Life and Death of Great American Cities New York: Random House, 1961.
  • KOWALTOWSKI, D. C. C. K. Humanization in Architecture: analysis of themes through high school building problems. 1980. 152 f. Tese (Doutorado em Arquitetura) - College of Environmental Design, University of California Berkeley, 1980.
  • KOWALTOWSKI, D. C. C. K. et al. Quality of Life and Sustainability Issues as Seen by the Population of Low-Income Housing in the Region of Campinas, Brazil. Habitat International, Oxford, v. 30, n. 4, p. 1100-1114, 2006.
  • LYLE, J.T. Regenerative Design for Sustainable Development New York: John Wyley & Sons, 1994.
  • LYNCH, K. The Image of the City Cambridge: MIT, 1960.
  • MARICATO, E. Habitação: uma utopia possível. Projeto, São Paulo, v. 134, p. 69-90, ago./set. 1990.
  • MILLENNIUM ECOSYSTEM ASSESSMENT. Global Assessment Reports: current state & trends. Washington, DC: Island, 2006. v. 1.
  • NORBERG-SCHULZ, C. Heidegger's Thinking on Architecture. Perspecta, New Haven, v. 20, p. 61-68, 1983.
  • NORBERG-SCHULZ, C. The Phenomenon of Place. Architectural Association Quarterly, Oxford, v. 8, n. 4, p. 3-10, 1976.
  • PADOVANO, B. R. Concurso: criatividade de sobra. Projeto, São Paulo, v. 174, p. 70-73, maio 1994.
  • PROTZEN, J. The Poverty of the Pattern Language. Design Methods and Theories, San Luis Obispo, v. 12, n. 3/4, p. 191-194, Sept./Dec. 1978.
  • RAPOPORT, A. House, Form and Culture Englewood Cliffs: Prentice Hall, 1969.
  • ROWE, P. Modernity and Housing Cambridge: MIT, 1995.
  • SALINGAROS, N. The Structure of Pattern Languages. Architectural Research Quarterly, Cambridge, v. 4, n. 2, p. 149-161, 2000.
  • SALINGAROS, N. et al. Habitação Social na América Latina: uma metodologia para utilizar processos de auto-organização. In: CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE HABITAÇÃO SOCIAL, 1., 2006, Florianópolis. Anais... Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2006. 1 CD-ROM.
  • SATTLER, M. A. Habitações de Baixo Custo Mais Sustentáveis: a casa alvorada e o centro experimental de tecnologias habitacionais sustentáveis. Porto Alegre: ANTAC, 2007. (Coleção Habitare, 8). Disponível em: . Acesso em: 20 dez. 2008.
  • SAUNDERS, W. S. A Pattern Language (book review). Harvard Design Magazine, Cambridge, n. 16, p. 1-7, Winter/Spring 2002. Disponível em: <http://www.gsd.harvard.edu/research/publications/hdm/back/16books_saunders.html>. Acesso em: 20 dez. 2008.
  • SCHNEIDER, T.; TILL, J. Flexible Housing: opportunities and limits. Architectural Research Quarterly, Cambridge, v. 9, n. 2, p. 157-166, 2005.
  • SHERWOOD, R. Modern Housing Prototypes 6. ed. Cambridge: Harvard University Press, 1994.
  • SOMMER, R. Personal Space New Jersey: Prentice-Hall, 1969.
  • VITRUVIUS. Concurso Bairro Novo São Paulo, 2000. Disponível em: <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/04.044/2398>. Acesso em: 27 jan. 2009.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    01 Out 2013
  • Data do Fascículo
    Set 2010

Histórico

  • Recebido
    17 Abr 2010
  • Aceito
    20 Jul 2010
Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído - ANTAC Av. Osvaldo Aranha, 93, 3º andar, 90035-190 Porto Alegre/RS Brasil, Tel.: (55 51) 3308-4084, Fax: (55 51) 3308-4054 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: ambienteconstruido@ufrgs.br