Técnica para obtenção do aparelho geniturinário e dosagem do PSA (Prostate Specific Antigen) no hamster sírio, Mesocricetus auratus

Technique for collecting blood for PSA (Prostate Specific Antigen) dosing and genitourinary system obtaining in syrian hamster, Mesocricetus auratus

Objetivo: Expor a técnica utilizada na colheita de sangue para dosagem do PSA ( Prostate Specific Antigen ) e retirada do aparelho geniturinário no hamster sírio, Mesocricetus auratus, e correlacionar os achados do PSA com as alterações histológicas dos anexos sexuais desse roedor. Métodos: Foram usados no experimento trinta (n= 30) Hamsters: dez (n=10) animais considerados jovens com idade média no momento da morte de 47,5 dias e vinte (n=20) animais considerados adultos com idade superior à um ano. Após serem anestesiados com cloridrato de quetamina e diazepam, foi colhido diretamente da veia cava, em nível de abdome superior, cerca de 1,5mL a 2,0mL de sangue para dosagem do PSA totalpelo método ELISA, com antígeno humano. Morriam após colheita do sangue. Constatado a morte do animal, fazia-se a laparotomia retirando-se em monobloco todo aparelho geniturinário para estudo histológico dos anexos sexuais. Correlacionou-se o PSA com as alterações histológicas encontradas. Resultados: Os animais após serem anestesiados com cloridrato de quetamina e diazepam intraperitonealmente, obteve-se um excelente plano anestésico, que possibilitou colher via trans-dérmica da veia cava inferior em abdome superior sangue para dosagem do PSA. O animal morria após colheita do sangue. Fazia-se a laparotomia, com retirada em monobloco do aparelho geniturinário para estudo histológico e comparação das alterações encontradas nos anexos sexuais com o PSA dosado. Entre os Hamsters Jovens a média do PSA encontrado foi de 0,252ng/mL. Desvio Padrão (DP) = 0,36. Entre os Hamsters adultos esta média foi de 0,325 ng/mL, DP= 0,12 . Quando comparou-se as médias do PSA entre os dois grupos de jovens e adultos obteve-se p= 0,0427. Dentre os Hamsters jovens, três apresentaram PSA não detectado. A análise histológica mostrou que, entre os animais jovens, não foi identificada qualquer alteração das estruturas microscópicas da próstata, vesículas seminais e testículos. Observou-se nos Hamsters adultos (n=20), setenta por cento de alterações nos anexos sexuais a saber: um caso (5%) de processo supurativo das vesículas seminais, um caso (5%) de processo inflamatório isolado das vesículas seminais, um caso (5%) de Processo inflamatório das vesículas seminais, HBP e prostatite concomitante e um caso (5%) de infarto testicular e prostatite. Onze animais (55%), dos Hamsters adultos, apresentaram HBP (Hiperplasia Benigna da Próstata). Conclusão: A técnica cirúrgica descrita mostrou-se eficiente para a obtenção dos orgãos e estruturas do aparelho geniturinário, estudo histológico desses orgãos e dosagem do PSA no Hamster Sírio, Mesocricetus auratus.

Hamster Sírio; Mesocricetus; Antígeno Prostático Específico; Vesículas Seminais; Testículos


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br