Estudo de uma nova técnica para criação cirúrgica de um defeito semelhante a meningomielocele em fetos de coelhos

A different technique to create of a myelomeningocele-like defect in the fetal rabbit

OBJETIVO: Avaliar a sobrevida fetal usando uma nova técnica cirúrgica para criação de um defeito semelhante a meningomielocele em fetos de coelho. MÉTODOS: Foram utilizadas seis coelhas da linhagem Nova Zelândia que tiveram um defeito espinhal criado em seus fetos no 23° dia de gestação. O defeito foi criado em 19 fetos e a tentativa de correção foi feita em 15 casos (grupo I), 4 fetos permaneceram sem correção (grupo II). No 30° dia de gestação, os fetos foram submetidos a avaliação anátomo-patológica. RESULTADOS: No 30° dia a meningomielocele estava presente em todos os fetos sobreviventes. A sobrevida total foi de 73,68% (14/19), 11 fetos sobreviveram no grupo I, e 3 no grupo II. CONCLUSÃO: A técnica modificada apresenta sobrevida fetal satisfatória, no modelo experimental de criação de defeito espinhal em fetos.

Cirurgia fetal; Meningomielocele; Disrafismo espinhal; Coelho; Pré-natal; Modelos animais de doenças


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br