Comparação entre a hidroxiapatita porosa de coral e o enxerto ósseo autógeno em coelhos

Comparison between coralline porus hidroxyapatite and osseous xenograft in rabbits

O objetivo da pesquisa é a utilização da hidroxiapatita porosa de coral, como um xenoenxerto ósseo. Utilizou-se onze coelhos da raça Nova Zelândia, nos quais fez-se defeito padrão nas metáfises femorais distais. Nesses locais praticou-se o implante de hidroxiapatita porosa de coral ou enxerto ósseo autógeno. Fez-se estudo clínico, macroscópico, exames radiológicos e histológicos em intervalos de duas, quatro e doze semanas. Os resultados comparativos foram similares enter dois tipos de implantes. Concluiu-se que a hidroxiapatita porosa de coral é um substituto adequado para enxertos ósseos autógenos em coelhos.

Osso; Hidroxiapatita; Transplante homógeno; Transplante heterógeno; Coelho


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br