Efeitos da nicotina nos retalhos cutâneos em ratos

Effects of nicotine in skin flaps in rats

Este trabalho teve como objetivo estudar a ação da nicotina sobre os retalhos cutâneos randomizados em ratos. Foram utilizados 33 ratos, Wistar, machos adultos, divididos em três grupos com 11 animais cada. No grupo I, foi utilizada solução fisiológica injetada no subcutâneo 2 vezes ao dia durante quatro semanas no pré e uma no pós; no grupo II, foram utilizados 2 mg/Kg/2 vezes ao dia de nicotina injetada no subcutâneo, durante quatro semanas até o dia da cirurgia e uma semana de pós com solução fisiológica; no grupo III, fez-se o uso da nicotina no pré-operatório e até uma semana de pós-operatório. Foi utilizado um retalho de MCFARLANE, com sacrifício dos animais após uma semana. Foram encontradas as seguintes médias das áreas de necrose: Grupo I, 8,85%; grupo II, 12,15%; grupo III, 14,84%. Existiu uma diferença significativa (p<0,01) entre o grupo I quando comparado aos grupos II e III e houve também uma diferença significativa (p<0,05) entre o grupo II quando comparado ao grupo III. Assim, concluiu-se que a nicotina foi prejudicial ao retalho cutâneo, aumentando a área de necrose, quando se utiliza esta droga no pré-operatório e que a continuidade do uso no período de pós-operatório aumenta esta área.

Nicotina; Retalhos cirúrgicos; Fumo; Ratos; Necrose


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br