Repercussões respiratórias do pneumoperitônio induzido em suínos

Respiratory repercussion of pneumoperitoneum induced in pigs

Objetivo: Estudar, na faixa tida como segura, as repercussões respiratórias de diferentes pressões de pneumoperitônio, com dióxido de carbono, induzido em suínos. Métodos: Foram utilizados 14 suínos machos, da raça Landrace, pesando entre cinco e sete quilos, com 30 a 45 dias de idade. A amostra foi subdividida igualitariamente em Grupo A (pneumoperitônio com 10mmHg durante 60 minutos) e Grupo B (pneumoperitônio com 15mmHg durante 60 minutos). Após a indução anestésica, os animais foram intubados, sendo monitorado o volume corrente (VC) e a saturação periférica de oxigênio (SpO2). Resultados: Não houve diferença estatística nos valores do VC e SpO2 antes, durante e após a indução do pneumoperitônio. Conclusão: O pneumoperitônio, nos níveis pressóricos de 10 a 15mmHg, não causou alteração significativa nos padrões respiratórios de suínos, durante o período de tempo estudado.

Pneumoperitônio; Respiração; Complicações intraoperatórias; Laparoscopia cirúrgica; Suínos


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br