Icterícia na cicatrização por segunda intenção em ratos

OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi monitorar o processo de cicatrização, por segunda intenção em ratos com icterícia. MÉTODOS: O estudo foi dividido em 2 etapas. Na primeira, icterícia obstrutiva foi induzida em 68 ratos machos para investigação das mudanças bioquímicas e para determinação do momento ideal para o estudo da cicatrização. Na segunda etapa, 54 ratos foram divididos em dois grupos: controle (normal) e experimental (ictérico).Setenta e duas horas após a indução da icterícia, uma lesão padrão foi produzida na região dorsal dos animais com a remoção da pele e da tela subcutânea. A contração da ferida foi mensurada no 3.º, 7.º, 10.º e 14.º dia e monitorada com programa computadorizado. Após a eutanasia, os tecidos da área de cicatrização foram submetidos a análise histopatológioca. RESULTADOS: As alterações bioquímicas mais marcantes foram detectadas entre o 3.º e o 5.º dia. A redução da área da ferida foi menor no grupo ictérico nos 4 tempos estudados (p3=0.0366, p7=0.0054, p10=0.0000. p14=0.0000) e a concentração de colágeno foi menor nas feridas destes animais (p=0.0000). CONCLUSÃO: A icterícia diminui a concentração de colágeno, a maturação e a contração das feridas deixadas para cicatrizar por segunda intenção, em ratos.

Cicatrização de feridas; Icterícia


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br