Estudo do efeito da colostomia proximal terminal na cicatrização de anastomoses colo-cólicas em ratos

Effect of proximal terminal colostomy on the healing of colonic anastomosis in rats

OBJETIVO: Estudar os efeitos da colostomia proximal terminal na cicatrização de anastomoses colo-cólicas em ratos. MÉTODOS: 36 ratas foram divididas em 2 grupos: grupo controle (C) com 12 animais submetidos à ressecção cólica segmentar seguida de anastomose colo-cólica primária, e grupo colostomizado (CZ) com 24 animais submetidos ao mesmo procedimento do grupo C complementado com uma colostomia proximal. A cicatrização anastomótica foi avaliada em dois períodos distintos, 2º e 7º dias de pós-operatório (PO), em relação à deiscência anastomótica, aderências, epitelização mucosa, pressão de ruptura e variáveis histológicas. Os resultados foram submetidos a estudo estatístico considerando-se como significante valores de p<0,05. RESULTADOS: A deiscência, principal variável analisada nessa pesquisa, não ocorreu em ambos os grupos estudados. As aderências foram significantemente mais intensas no grupo C no 7º PO. Nos dois grupos, a ruptura intestinal sempre ocorreu ao nível da anastomose no 2º PO; no 7º PO, a maior parte das rupturas aconteceram na alça cólica fora da zona anastomótica (100% do grupo C e 70% do grupo CZ). A análise das demais variáveis demonstrou equivalência entre os dois grupos. CONCLUSÃO: Os resultados dessa pesquisa não demonstraram diferença significante entre anastomoses colo-cólicas em ratos associados ou não à colostomia proximal.

Colostomia; Cólon


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br