Estudo prospectivo e randomizado da fundoplicatura total e mobilização do fundo gástrico com ou sem secção dos vasos gástricos curtos: resultados de avaliação clínica em curto prazo

José Francisco de Mattos Farah José Carlos Del Grande Alberto Goldenberg Júlio César Martinez Renato Arione Lupinacci Jacques Matone Sobre os autores

OBJETIVO: Comparar os resultados imediatos e curto prazo segundo a secção ou não dos vasos gástricos curtos. MÉTODOS: Estudo prospectivo randomizado com 90 pacientes selecionados em dois grupos: 46 (grupo A) sem secção e 44 (Grupo B) com secção dos vasos gástricos curtos, seguidos de hiatoplastia e fundoplicatura total por laparoscopia. Analisaram-se os resultados até um ano de pós-operatório. RESULTADOS: Os dois grupos eram homogêneos quanto aos critérios demográficos e aos relacionados á doença do refluxo gastroesofágico. Não houve diferença quanto á morbidade ou tempo de internação, porém o tempo cirúrgico foi maior no Grupo B (80,2 minutos contra 94,1 minutos, p=0,021). Disfagia transitória foi mais freqüente no Grupo A (46,6% versus 23,2%,p=0,012), porém na avaliação final de primeiro ano do pós-operatório não existindo diferença quanto á disfagia persistente, reoperação ou recidiva. CONCLUSÃO: Não houve melhora quando da secção rotineira para a mobilização do fundo gástrico para a realização da fundoplicatura total por laparoscopia.

Fundoplicatura; Refluxo gastroesofágico; Cirurgia; Ensaios clínicos


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br