Estudo comparativo das áreas de defeitos osteocondrais produzidas nos côndilos femorais de coelhos tratados com gel de biopolímero de cana

OBJETIVO: Mensurar as áreas cicatrizadas dos defeitos osteocondrais produzidos em côndilos femorais de coelhos preenchidos com gel de biopolímero da cana-de-açúcar e comparar com o grupo controle nos períodos de 90, 120 e 180 dias. MÉTODOS: Foram estudados, 16 coelhos da raça Nova Zelândia com seis a sete meses de idade, entre 2,0 e 2,5 kg de peso. Foram feitos, com trefina, defeitos de 3,2 x 4 mm nos côndilos femorais dos joelhos direito e esquerdo. Como grupo de estudo foram utilizados os defeitos dos côndilos medial e lateral dos joelhos direito que foram preenchidos com gel de biopolímero da cana-de-açucar. Como grupo controle foram utilizados os defeitos dos côndilos medial e lateral dos joelhos esquerdos que foram deixados abertos para cicatrização natural. Os defeitos foram analisados nos períodos de 90, 120 e 180 dias após a cirurgia. Após a eutanásia, os joelhos foram retirados e fixados em solução de Bouin para posterior documentação fotográfica com maquina digital Nikon Coopix® 5400. As áreas cicatrizadas foram mensuradas nos grupos estudo e controle, através das imagens obtidas com o programa Image-J®. A análise estatística foi feita aplicando-se o teste não paramétrico Mann-Whitney. RESULTADOS: Não houve diferenças significantes entre as médias das áreas cicatrizadas nos grupos estudo e controle nos períodos de 90, 120 e 180 dias após a cirurgia. CONCLUSÃO: A dimensão das áreas cicatrizadas dos defeitos tratados com o gel do biopolímero da cana-de-açúcar, grupo de estudo foi semelhante as do grupo controle, cicatrizadas naturalmente.

Cartilagem; Anatomia; Histologia; Saccharum; Biopolímeros; Coelhos


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br