Efeito da rugosidade de superfície de discos de titânio sobre a proliferação e diferenciação de células de medula óssea humana: estudo experimental

OBJETIVO: Avaliar a proliferação e diferenciação de células derivadas da medula óssea humana sobre superfícies de titânio com diferentes rugosidades de superfície. MÉTODOS: Células obtidas da crista ilíaca de um doador humano adulto foram rotineiramente processadas e cultivadas sobre superfícies de titânio preparadas através de polimento apenas, ou polimento seguido de condicionamento com HF/HNO3 por 15 e 30 minutos, para produzir superfícies com rugosidades variadas, conforme determinado por Microscopia Eletrônica de Varredura e perfilometria. RESULTADOS: Discos de titânio condicionados com ácido por 15 minutos permitiram maior proliferação celular em todos os períodos de cultura. O nível de expressão das proteínas osteopontina e osteocalcina estava aumentado em ambos os grupos condicionados com ácido, indicando que as células estavam comprometidas com o fenótipo osteogênico. CONCLUSÕES: O aumento na rugosidade de superfície acelera a diferenciação de células mesenquimais indiferenciadas em células de linhagem osteogênica, mas não necessariamente favorece a proliferação celular. Uma superfície com rugosidade intermediária de 0,5µm (condicionada com ácido por 15 minutos) favorece tanto as respostas celulares iniciais quanto as finais.

Implante Dentário; Titânio; Proliferação de Células; Células-Tronco


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br