Os efeitos do zoledronato na remodelação óssea durante o processo de reparação

OBJETIVO: Verificar os efeitos do zoledronato na remodelação óssea durante a reparação óssea. MÉTODOS: Trinta coelhos foram divididos em dois grupos de quinze animais cada (grupos controle e experimento, respectivamente). Realizou-se osteotomia na diáfise proximal da fíbula de cada animal. No grupo experimento, aplicou-se dose única de 0,04mg/Kg de zoledronato. No grupo controle, a mesma quantidade de água bi-destilada foi administrada. Após uma, duas e quatro semanas, os animais de ambos os grupos foram sacrificados e cortes histológicos da metáfise fibular foram examinados histomorfometricamente. Os parâmetros analisados foram volume tecidual (TV), fração do volume ósseo trabecular (BV/TV) e fração do volume fibroso medular (FbV/TV). RESULTADOS: O volume tecidual aumentou no grupo experimento (237.2mm².10-2) em comparação com o controle (166.62mm².10-2). O volume ósseo Trabecular teve aumento significativo no grupo experimento (60.2%) em relação ao grupo controle (34.8%). A quantidade de fibrose medular diminuiu no grupo experimento (22%) em comparação com o controle (49.4%). CONCLUSÃO: O efeito do zoledronato é caracterizado por acentuado estímulo da formação óssea na área metafisária, resultando em grande quantidade de volume ósseo trabecular e pouca fibrose medular.

Difosfonatos; Osso e ossos; Metabolismo; Osteotomia


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br