Os efeitos do sildenafil na viabilidade de retalhos cutâneos randômicos

OBJETIVO: Avaliar a viabilidade de retalhos cutâneos de ratos à McFarlane após a administração de sildenafil. MÉTODOS: Vinte ratos Wistar foram distribuídos em dois grupos: Controle (confecção do retalho cutâneo dorsal, aplicação subdérmica de solução salina a 0,9%) e Estudo (confecção do retalho cutâneo dorsal, aplicação subdérmica de sildenafil). Sete dias após a operação, os retalhos foram fotografados e representados graficamente, para serem analisados com o programa AutoCad. Três biópsias (cranial, média e caudal) foram coletadas de cada retalho, para análise histológica. RESULTADOS: A análise macroscópica evidenciou que os animais do grupo Estudo apresentaram maiores áreas de necrose (p=0,003) nos retalhos cutâneos dorsais. Além disso, a análise histológica dos terços distais dos retalhos mostrou uma tendência à formação de menos tecido de granulação nos animais que receberam o sildenafil. CONCLUSÃO: O sildenafil subdérmico esteve associado com uma pior viabilidade tecidual dos retalhos cutâneos dorsais de ratos.

Cicatrização de Feridas; Retalhos Cirúrgicos; GMP Cíclico; Óxido Nítrico; Ratos


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br