Efeitos da soluçao de fenol, glicerina e ácido acético em figado de cobaias

OBJETIVO: Investigar a ação histolítica da solução composta de fenol, glicerina e ácido acético para os casos de metástases hepáticas não ressecáveis. MÉTODOS: Foram utilizadas 32 cobaias, distribuídas, por sorteio, em quatro grupos: experimental (24 horas e quatro semanas) e controle (24 horas e quatro semanas); todos os animais foram submetidos a laparotomia mediana e realizada a injeção da solução E (grupo experimental) ou solução fisiológica (grupo controle). Foram estudadas as alterações bioquímicas e anatomopatológicas (fígado) com 24 horas e quatro semanas de evolução. RESULTADOS: Verificou-se que a solução E produz necrose delimitada à área infiltrada apos 24 horas e que ao final de quatro semanas ocorreu regeneração do tecido hepático com formação de discreta área de fibrose. Não foram observadas quaisquer alterações bioquímicas tanto no grupo experimental como controle. CONCLUSÃO: Frente aos resultados obtidos, é válido considerar-se a possibilidade do emprego da solução proposta, nos casos de metástases hepáticas não ressecáveis.

Acido acético; Fenol; Glicerol; Fígado; Cobaias


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br